Como a Psicologia Positiva pode impactar a sua vida pessoal
2 minutos de leitura
25 de setembro de 2017

Como a Psicologia Positiva pode impactar a sua vida pessoal e profissional?  

 

Antes de entendermos sobre a importância da psicologia positiva é primordial lembrarmos que vivemos em uma sociedade que está cada vez mais em busca do sucesso profissional e temos que conviver com males que espreitam o nosso dia a dia, como o stress, por exemplo. Já não é surpresa para ninguém, mas a depressão se tornou a doença do século. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença afeta 4,4% da população mundial.

O Brasil tem maior prevalência de depressão na América Latina. Ainda de acordo com a OMS, 5,8% dos brasileiros foram diagnosticados com a doença. Mas afinal de contas, o que fazer para não se tornar mais um número desta pesquisa?

A Psicologia Positiva (PP) pode auxiliar a reduzir o sofrimento humano, aumentar e promover mais felicidade na vida das pessoas. Ao contrário da Psicologia Tradicional, esse campo se concentra nas coisas boas para reparar o que não vai bem. O seu objetivo é identificar o que realmente te faz feliz por meio de uma metodologia científica para desfrutar de mais bem-estar. Lembrando que felicidade é algo possível.

Trazer mais alegria para o seu dia por meio da Psicologia Positiva é mais fácil do que você imagina. Não somos máquinas que separam a vida pessoal da profissional sem levar nenhum resquício de emoções negativas. Além disso, se você está feliz consigo tudo ao seu redor se torna melhor, inclusive o seu ambiente de trabalho. Então, está na hora de inserir a Psicologia Positiva no seu cotidiano.

Como produzir um alto desempenho no trabalho com a Psicologia Positiva?

Existem três passos para alcançar a tão almejada felicidade e aumentar o seu desempenho profissional. O primeiro é a vida aprazível, que é nada mais nada menos que você ter aquele número essencial de três emoções positivas para uma que não é tão positiva assim.

O segundo passo é ter uma vida engajada, isso significa dizer que é necessário buscar experiências de flow. O último termo diz respeito a uma dimensão mental em que o corpo e a mente fluem de uma forma totalmente harmoniosa.

Você pode conseguir chegar no estado de flow cuidando bem de um cliente, estudando sobre vendas, fazendo um texto, praticando uma atividade física, lendo um bom livro, pintando, compondo uma música, tocando violão.

O importante é se concentrar na atividade e quando perceber já passou horas e você nem notou.

Já o terceiro ponto é ter uma vida significativa, que consiste em viver com um grande propósito maior, que beneficie a comunidade ou a natureza, por exemplo.

Esses três caminhos, que envolvem engajamento, experiências de fluxo e significado, devem estar alinhados para o alcance de uma vida plena, que sintetiza os aspectos da vida pessoal e profissional.


Artigos relacionados

Professora do IPOG fala sobre participação no Congresso Mundial de Psicologia Positiva De 13 a 16 de julho foi realizado o 5º Congresso Mundial de Psicologia Positiva em Montreal, no Canadá. Este é o maior evento no mundo sobre o tema onde várias referências internacionais como Martin Seligman, Mihaly Csikszentmihalyi, Kim Cameron e vários outro...
Talentos: um caminho para a produtividade As organizações passam por sucessivos desafios de mudanças para atenderem e se adaptarem às novas exigências mercadológicas. Não basta dispor dos melhores recursos, estrutura ou da mais avançada tecnologia, se as mesmas não forem sustentadas por uma gestão de ...
Case Elevare: a trajetória de Renata Falco, ex-aluna IPOG que inovou no mercado de Recursos Humanos Nos últimos dias 13 e 14 de abril, Goiânia foi palco do XVII Congresso Goiano de Gestão de Pessoas (GoianaRH), um dos maiores eventos na área de Recursos Humanos do Estado. Centenas de profissionais e estudantes compareceram para atualizar seus conhecimentos s...

Sobre Hélder Kamei

Especialista e professor do curso de MBA Executivo em Desenvolvimento Humano e Psicologia Positiva do IPOG

Comentários