Farmacêuticas empreendedoras: conheça a história de uma parceria profissional que se iniciou com a pós-graduação
7 minutos de leitura
31 de maio de 2018

Farmacêuticas empreendedoras: conheça a história de uma parceria profissional que se iniciou com a pós-graduação

Assuntos regulatórios

As mulheres têm ganhado maior representatividade e força no mundo dos negócios. Estão cada vez mais empreendedoras, criadoras de novas riquezas e oportunidades, contribuindo positivamente para diversos setores da economia do país.  E hoje você vai conhecer a história inspiradora de duas amigas farmacêuticas que iniciaram a parceria profissional no empreendedorismo farmacêutico durante o curso de pós-graduação em Assuntos Regulatórios no IPOG.

Perfil profissional:

Cristiani Gisele Fachini, Farmacêutica Bioquímica, especialista em Assuntos Regulatórios pelo IPOG, já atuou em vários segmentos do setor farmacêutico, como Drogarias, Distribuidora, Importadora, Industria, Logística e Transporte, atuando em companhias como Dorsay Monange, Drogão, Profarma, Mary Cohr Paris e Grupo Sequóia.

Por ter atuado em diferentes ramos, a farmacêutica teve a oportunidade de adquirir um vasto conhecimento, o que possibilitou abrir a própria empresa de consultoria, a Docpharma Assessoria e Consultoria fundada em 2014, onde atua como CEO da empresa ao lado da sócia Dra. Aline Caçador Braga de Moura, diretora de negócios.

Aline Caçador Braga de Moura é farmacêutica, especialista em Assuntos Regulatórios pelo IPOG, sócia e diretora de negócios da Docpharma e Responsável Técnica de duas empresas da área de distribuição.

“Desde pequena eu queria ser farmacêutica, eu adorava ler bulas de medicamentos, cosméticos e sempre achei que atuaria e faria carreira na indústria, mas acabei atuando em diversas empresas e percebi que o mundo farmacêutico ia muito além da indústria e me encantei com cada oportunidade em cada área onde atuei”, conta Cristiani Fachini.

Empreendedorismo Farmacêutico

Cristiani Fachini sempre teve muita sede de conhecimento e de novas oportunidades de atuação. No decorrer dos anos, surgiu o desejo de abrir o seu próprio negócio. Cristiani relata que em todas as empresas que trabalhou teve a oportunidade de atuar com a parte regulatória. “Desde o início percebi que era o que eu gostava de fazer e as oportunidades ao longo dos anos foram me preparando para construir meu próprio negócio”, esclarece Cristiani Fachini.

Enquanto trabalhava em regime CLT em uma grande empresa, utilizava o seu tempo livre para prestar consultoria na área de assuntos regulatórios para outras empresas. A demanda foi aumentando e então dedicou-se ao empreendedorismo, deixando o seu trabalho fixo para fundar de fato a Docpharma.

“Eu sempre tive vontade de ter a minha própria empresa, eu sou muito detalhista e percebi ao lidar com algumas empresas de consultoria que o mercado estava carente de um modelo de negócio mais transparente, mais presente junto ao cliente e que pudesse mostrar que não é difícil obter a certificação da ANVISA, basta seguir as legislações e contar com um profissional capacitado no entendimento das mesmas”, argumenta a fundadora da Docpharma.

O que a Docpharma faz?

A Docpharma Assessoria e Consultoria, sediada em Osasco, atua no mercado de assuntos regulatórios em todo território nacional na prestação de serviços nos segmentos ligados às áreas de Medicamentos, Cosméticos, Saneantes, Correlatos, Químicos e Alimentos, com o objetivo de adequar e certificar as empresas às legislações específicas vigentes, segundo as Normas de Boas Práticas preconizadas pela Anvisa / Ministério da Saúde e demais órgãos, preparando-as para atuar no mercado nacional.

Destaca-se pelo atendimento personalizado aos clientes, porque realiza prévio diagnóstico situacional para então propor as melhores soluções. Seus profissionais são reconhecidos pela integridade, competência e habilidade em transformar seus conhecimentos em soluções empresariais para seus clientes, e estão capacitados a prestar serviços de alta qualidade, tendo obtido altos índices de satisfação no mercado.

“Os primeiros clientes foram indicações de pessoas que eu já conhecia e que conheciam meu trabalho, em um curto espaço de tempo, mas com muita dedicação e horas de trabalho, começaram a surgir novos clientes e começamos a ganhar mercado”, comenta Cristiani Fachini.

Início de uma parceria de sucesso

Aline Caçador e Cristiani Fachini se conheceram em 2006 quando trabalhavam em uma rede de drogarias. “Eu sai da empresa em 2007 e acabamos nos afastando um pouco, alguns anos depois a Aline se formou farmacêutica e passamos novamente a manter contato, assim que ela se formou e já conhecendo o perfil dela que é muito parecido com o meu, surgiu a vontade de trabalhar novamente com ela, tentamos, quase consegui traze-la para trabalhar comigo na empresa onde eu atuava, mas não deu certo. Só que eu não desisti! ”, conta Cristiani.

Em 2016 as farmacêuticas iniciaram a pós-graduação em Assuntos Regulatórios no IPOG – Unidade São Paulo e se aproximaram ainda mais. “A empresa começou a crescer e eu precisava de pessoas de confiança ao meu lado, por isso em 2017 eu trouxe a Aline para trilhar o caminho junto comigo”, relembra Cristiani Fachini.

A farmacêutica Aline Caçador se tornou sócia e Diretora de Negócios da Docpharma. “Ela é meu braço direito e esquerdo, a melhor sócia que eu poderia ter encontrado, ela é minha parceira no trabalho e na vida pessoal. Comemoramos cada cliente fechado, seja ele pequeno ou grande, cada processo finalizado, cada reconhecimento por parte dos nossos clientes, cada evento realizado, cada aniversário de fundação”, afirma Cristiani Fachini.

Mesmo diante das dificuldades de ser empreendedor em um país com tantos impostos, administrar os colaboradores também é um desafio. E para conseguir se sobressair com as dificuldades do dia a dia, as empreendedoras tem o “Respeito com os funcionários” como um dos valores principais da empresa.

“Cada pessoa tem o seu ponto de vista e o importante é manter o respeito e chegar a um senso comum e se unir como equipe. Estou mais do que satisfeita com as minhas escolhas, com cada funcionário que faz parte da empresa e com os que fizeram e também com a minha Sócia, sou muita grata a todos pela confiança em mim e no meu sonho”, relata Cristiani Fachini.

A importância da área de Assuntos Regulatórios

A área de Assuntos Regulatórios  é responsável pela gestão regulatória de processos de registro e pós-registro de medicamentos, cosméticos, saneantes e domissanitários, alimentos, produtos veterinários, produtos para saúde e patentes e propaganda junto às agências reguladoras, como Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), por exemplo.

“A área de assuntos regulatórios é, sempre foi e acredito que sempre será uma área promissora, pois vivemos em um país que ainda precisa de muitas regulamentações e atualizações das legislações vigentes, sendo assim existe um vasto mercado de trabalho para ser explorado”, afirma Cristiani Fachini.

A especialista Cristiani Fachini afirma também que a área regulatória é de extrema importância para auxiliar o setor regulado e os órgãos reguladores na aplicação das legislações vigentes, discussões e na criação das novas regulamentações. O maior desafio é revisar as Leis, Portarias, RDCs, Decretos, que na sua maioria são antigos e já não condizem mais com a realidade do mercado.

“O maior desafio nessa área é se manter no mercado de trabalho de uma forma ética sem enganar ninguém e sempre buscar se atualizar, pois o mercado de trabalho não é moleza, você tem que estar sempre à frente do seu cliente”, reforça Aline Caçador.

Orientações para profissionais que desejam atuar em Assuntos Regulatórios

De acordo com as especialistas em Assuntos Regulatórios, o profissional que pretende atuar nessa área deve buscar constante atualização, participar de grupos de trabalho junto aos órgãos reguladores para se antecipar e discutir sobre os temas regulatórios. “Para quem já atua na área e para quem pretende atuar é necessária muita leitura, cursos dos mais diversos, especializações, networking e principalmente o envolvimento com os órgãos reguladores”, aconselha Cristiani Fachini.

Aline Caçador enfatiza também que a carência de profissionais especializados na área a motivou em seguir essa profissão. “É uma área promissora que tem lugar para todos, porém o profissional tem que ter o perfil que o setor exige, estar sempre atualizado com as legislações vigentes e não gostar de rotinas”, ressalta Aline Caçador.

Pós-graduação em Assuntos Regulatórios no IPOG

Para as empresárias, os profissionais especializados estão mais aptos a realizar os processos, auxiliar as empresas em que trabalham a se adequar em busca de novas certificações e mantendo as já existentes e participar das discussões sobre as revisões das legislações, estando capacitados tanto pelo conhecimento quanto pela vivência do dia a dia a opinar nas consultas públicas.

“As pessoas que buscam se especializar sempre vão estar na frente daqueles profissionais que preferem reclamar do que buscar conhecimento. Então quanto mais profissionais especializados mais competitivo se torna o mercado de trabalho”, orienta Aline Caçador.

As empresárias enfatizam que cursar a pós-graduação no IPOG foi importantíssimo para obter o título de especialista na área de Assuntos Regulatórios em uma instituição de qualidade, se atualizar com as novidades do mercado e realizar networking com grandes profissionais.

“O networking com os amigos de classe, que na sua maioria já atuam na área, juntamente com os professores que trabalham diretamente com os órgãos reguladores, auxilia muito no dia a dia, pois formamos um grupo que está constantemente tirando dúvidas e discutindo cases, esse é um grande diferencial e acredito que um grande ganho para todos da turma”, conta Cristiani Fachini.

As especialistas afirmam que os profissionais com essa especialização ganham mais conhecimento e aumento da sua rede de contato, o mercado ganha em produtividade e qualidade na informação e processos, essenciais para as empresas se destacarem. “Além disso estamos falando de ganho para a população, uma vez que a área de assuntos regulatórios está voltada aos produtos e serviços sanitariamente regulados, implicando diretamente na saúde da população”, reforça Cristiani Fachini.

Cristiani e Aline Caçador se sentem realizadas e estão criando valor para o mundo por meio do empreendedorismo. Essa história é muito inspiradora e o IPOG se orgulha muito por fazer parte e dessa parceria de sucesso.

Aluno IPOG, aproveite também esse espaço para divulgar e inspirar milhares de pessoas com o seu sucesso profissional. Deixe seu e-mail nos comentários que entraremos em contato com você!

Se você também tem interesse em buscar mais conhecimento e colocá-lo em prática o quanto antes, conheça a pós-graduação em Assuntos Regulatórios do IPOG.


Artigos relacionados

Saiba como o curso de pós-graduação contribuiu para o sucesso profissional de Felipe Inecco no merca... O mercado farmacêutico é referência no desenvolvimento econômico global. E no Brasil, mesmo diante das oscilações da economia, o setor movimentou em 2016 cerca de 69 bilhões de reais segundo o levantamento feito pelo IMS Health. Além disso, a expectativa da As...

Sobre Cristiani Gisele Fachini e Aline Caçador Braga

Cristiani Gisele Fachini - Graduada em Farmácia Bioquímica, pela Universidade Bandeirante de São Paulo, Pós-Graduada em Assuntos Regulatórios pelo IPOG. Aline Caçador Braga de Moura - Farmacêutica, especialista em Assuntos Regulatórios pelo IPOG, sócia e diretora de negócios da Docpharma e Responsável Técnica de duas empresas da área de distribuição.

Comentários