4 minutos de leitura
21 de julho de 2017

Presença e erros das empresas nas redes sociais

erros das empresas nas redes sociais

As redes sociais fazem parte da vida de bilhões de pessoas mundo a fora, despertando a atenção diária de seu público, pelas mais diferentes formas de absorver informações e contatos, a partir do desenvolvimento dos smartphones, tablets e disposivos móveis conectados à internet. Só para se ter uma ideia da abrangência das redes sociais na vida das pessoas, recentemente o Facebook atingiu a marca de 1 bilhão de usuários. Mas você sabe quais são os principais erros das empresas nas redes sociais? 

Independentemente de seu porte, é fundamental que estejam presentes e atuantes em um meio tão rico e repleto de interação como o virtual. O que muitas delas não entenderam ainda é a maneira correta de se apresentarem nas redes para fazer a diferença no processo de cativar seu público.

Como tirar proveito das redes sociais?

Como o próprio nome diz, rede social existe para socializar. É feita por pessoas que se comunicam, interagem, conversam, comentam e compartilham conhecimento e informações. Portanto, a empresa que se faz presente nas redes sociais apenas institucionalmente, utilizando-as quase como uma extensão para suas propagandas, não captou a essência das redes sociais.

Essa é uma oportunidade perfeita para as empresas abrirem seus canais de comunicação direta com seu público, humanizando-se. Se antes ela só vendia produtos e serviços, agora ela pode literalmente falar com seu público e tirar vários fatores positivos dessa interação, como elucidar dúvidas, elogiar e interagir com seu público.

Aprendendo a arte de influenciar com os blogueiros

Você já se perguntou por que há tantos blogueiros hoje em dia em plena ascensão nas redes sociais? Seus perfis possuem milhares de pessoas interessadas em acompanhar o dia a dia de suas postagens, seus comentários e experiências divulgadas. Pois bem, os blogueiros são pessoas com habilidade e credibilidade para influenciar o comportamento de seu público, sem que a propaganda seja algo explícito em suas postagens.

Qual a fórmula do sucesso? Primeiramente, os blogueiros se tornaram referência em alguma área como, por exemplo, a decoração, gastronômia, viagem, fitness, turismo, entre outras. A partir do momento que se colocam como especialistas em alguma das áreas buscam promover uma frequência diária de postagens que comprove a sua dedicação ao assunto, sempre conectados às respostas dos seus seguidores.

Muitas vezes, essas postagens carregam inúmeros ícones propagandísticos, como a menção sutil da marca de um tênis de corrida que a blogueira atleta faz ao dar bom dia aos seus seguidores após fazer sua corrida matinal. Veja bem: a mensagem original é de interação com o bom dia, mas ao mencionar a marca do seu acessório de corrida, ela já deu a deixa para quem quiser ter um dia tão bem sucedido quanto o dela, que pode fazer uso de um tenis tão bacana quanto o seu.

Neste exemplo acima percebemos como é possível estar presente nas redes sociais, ser visto, se tornar referência, mas sem perder o propósito da rede que é o de interagir com as pessoas.

Em quais redes sociais minha empresa deve estar presente?

Selecionamos as mais influentes e com maior número de usuários para a sua avaliação.

  1. Facebook: Tem o maior número de usuários no mundo todo. Portanto, a presença da sua empresa por aqui se faz mais do que necessária. Lembre-se de que as empresas devem se registrar como página e não como usuário comum, para que tenham oportunidade de interagir de maneira diferente. Páginas são seguidas, por exemplo, e não fazem amizade com os usuários. Essa é uma diferença fundamental e que vai auxiliar bastante na sua interação com seu público.
  2. Twitter: Registra hoje por volta de 200 milhões de usuários. Esse microblog pode auxiliar a difundir rapidamente pensamentos e opiniões rápidas e fáceis de serem assimiladas. Pode ser utilizado também como um dos principais canais para filtrar reclamações. Vale a pena ser levado em consideração.
  3. Instagram: Essa rede de compartilhamento de imagens é fundamental para quem investe em elementos visuais e fotos conceituais que auxiliam a reforçar a imagem dos produtos e serviços da empresa. Uma excelente maneira de fazer lançamentos e testar a opinião pública sobre inovações, novos layouts e produtos. E ainda permite o compartilhamento com as demais redes sociais tão importantes quanto ela: facebook, twitter, foursquare, tumblr, flickr ou por email.
  4. Linkedin: Uma verdadeira rede de networking virtual. Engana-se quem avalia o linkedin como um local apenas para quem está procurando emprego. Ela é uma rede de contatos valiosíssima que sua empresa pode tirar proveito e ainda compartilhar uma série de informações importantes sobre seu negócio, mas atenção, dentro do espírito mais professional do Linkedin.

Principais erros das empresas nas redes sociais: Fique atento.

Muitas empresas ou empresários começam a postar suas mensagens de maneira, digamos, “voluntariosa” nas redes sociais, administrando o perfil corporativo com quem administra o seu perfil pessoal. Fique atento para não cometer os mesmos deslizes comuns nas redes sociais:

  • Nunca misture o perfil pessoal com o corporativo. Sua empresa inclusive deve ter uma página, no caso do facebook e não um perfil como usuário normal;
  • Não crie perfis aleatóriamente. Não basta montar a página na rede social e esquecê-la, sem promover atualizações periódicas – em alguns casos, diárias até, para provocar a interação com seu público. Ao entrar em uma rede social, garanta que terá conteúdo atual e interessante para divulgar e que manterá um profissional atento às interações e possíveis questões que podem ser levantadas por lá;
  • Não foque seu sucesso nas redes pelo número de likes e de pessoas que curtem aquilo que é postado. A visibilidade é sempre maior do que a interação. O importante é criar o relacionamento frequente com o seu público, mostrando-se presente. Defina um objetivo para sua presença virtual para tornar-se uma referência dentro desse objetivo;
  • Esteja preparado para responder às solicitações dos usuários. Deixar pessoas sem resposta nas redes sociais é tão irritante quanto fora delas. Afinal, são pessoas que estão do outro lado, aguardando por sua atenção. Seja rápido e cordial nas respostas, mesmo quando elas chegarem em forma de crítica.

Agora que você já sabe quais são os principais erros das empresas nas redes sociais, que tal dar uma olhadinha nas oito práticas de marketing digital de alto impacto que publicamos no blog?

 

Sobre Gilmar Marques

Professor possui ampla e diversificada experiência e realizações em empresas de Saúde, Consumo e Varejo, atuando na direção geral de Unidades de Negócios e de Mercado (operações, marketing e comercial) no Fleury Medicina e Saúde, Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, Medial Saúde, Ultragaz, Quaker, Danone, Carrefour e Pão de Açúcar Pão de Açúcar. Professor de marketing estratégico, produtos e marcas no IPOG, na ESPM e FIA (USP). É mestre em Administração/Marketing pela PUC/SP, onde também se graduou em Administração de Empresas, e em Psicologia na Universidade São Marcos. Além das atividades de consultoria, treinamento, e em startUp, realiza trabalho voluntário no Instituto Alma Rugby. Como Psicólogo desenvolve atividade focada na temática do trabalho, relações e performance profissionais.

Comentários