Psicologia Positiva e Felicidade!
2 minutos de leitura
03 de agosto de 2017

Psicologia Positiva e Felicidade!

Você já parou para pensar que os acontecimentos do dia a dia podem servir como uma forma de fortalecimento e superação? É justamente olhando para esse aspecto que a Psicologia Positiva vem trazer um novo modo de ver as coisas ao seu redor e um jeito diferente de encarar os problemas que podem surgir.

Mas, você já ouviu falar em Psicologia Positiva?

Entenda!

A Psicologia Positiva tem como principal objetivo o estudo das emoções, dos traços individuais, das relações e intuições positivas. Ao contrário da Psicologia tradicional, esse campo se concentra nas coisas boas para reparar o que não vai tão bem. O foco não está nos problemas, especificamente.

Muito mais que ser uma pessoa otimista, a Psicologia Positiva propõe a identificação do que realmente a torna feliz, tanto na investigação psicológica quanto no campo das neurociências. A novidade nesse tipo de abordagem é utilizar uma metodologia científica, e não receitas de autoajuda para desfrutar de mais bem-estar.

Nos programas de televisão, por exemplo, essa técnica está sendo debatida frequentemente, levando em conta aspectos simples da vida. A Fátima Bernardes, em uma das edições do programa Encontro, indagou seus convidados sobre o que os trazia felicidade, a resposta deles não foi aquela coisa difícil ou impossível de ser realizada, também não foi nada que custasse muito dinheiro.

Ainda nessa edição do programa, o psicólogo e professor de Psicologia Positiva do IPOG, Helder Kamei, citou três caminhos que podem levar a felicidade. “O primeiro caminho, chamado vida prazerosa, se trata de uma vida agradável, onde você pode viver com mais frequências de emoções positivas e menos emoções negativas. O segundo caminho é a vida engajada, onde a pessoa busca o total engajamento em tudo o que se propõe a fazer. E, por último, a vida significativa, em que o indivíduo busca sentido, significado e um propósito de vida”, explica.

São coisas simples, fáceis e acessíveis que podem mudar a sua vida e o seu modo de ver as coisas.

Fica a dica!

  • Resgate músicas da época de adolescente;
  • Dance sozinho em casa;
  • Assista o nascer do sol de vez em quando;
  • Jogue conversa fora com um amigo;
  • Compre um livro novo;
  • Veja a chuva cair através do vidro;

Você pode aplicar a Psicologia Positiva em qualquer lugar: em casa, com os amigos e até mesmo no trabalho!


Artigos relacionados

Como a Psicologia Positiva pode impactar a sua vida pessoal e profissional?     Antes de entendermos sobre a importância da psicologia positiva é primordial lembrarmos que vivemos em uma sociedade que está cada vez mais em busca do sucesso profissional e temos que conviver com males que espreitam o nosso dia a dia, como o stress...
Ouvidoria Positiva e sua contribuição no ambiente organizacional Como Ouvidor, não pretendo falar de Ouvidoria abordando as suas teorias existentes. Na verdade, quero mencionar as contribuições da Psicologia Positiva a essa função, levando em consideração as empresas privadas. De acordo com a Associação Brasileira dos Ouvid...
Conheça a nova forma de liderar Liderar, parece um verbo simples, mas que nas organizações fazem muita diferença. Recentemente, tratamos aqui no Blog IPOG sobre como os comportamentos nas organizações estão sendo cada vez mais observados e utilizados, inclusive, para avaliar colaboradores em...

Sobre Hélder Kamei

Especialista e professor do curso de MBA Executivo em Desenvolvimento Humano e Psicologia Positiva do IPOG

Comentários