Descubra as vantagens da Sustentabilidade na Arquitetura
3 minutos de leitura
21 de fevereiro de 2018

Descubra as vantagens da Sustentabilidade na Arquitetura

A cada dia mais se fala sobre a sustentabilidade na arquitetura. Sabe-se que ainda é impossível realizar uma edificação sem impactos na natureza, mas é possível reduzir os danos.

No entanto, segundo a professora do IPOG na Pós-Graduação Master em Arquitetura e Lighting, Catharina Macedo, o tema sustentabilidade é um muito abrangente, ou seja, não está relacionada apenas ao meio ambiente.

Além disso, a sustentabilidade na arquitetura, segundo ela é um tema de moda, por isso é importante sempre fazer um recorte. “A nossa intenção na pós-graduação do IPOG é trabalhar o tema de uma forma mais profunda e não apenas como um marketing sustentável que é o que vem acontecendo em alguns segmentos que querem apenas ganhar dinheiro com isso”, pontua Catharina Macedo.

Na instituição, a professora ministra a disciplina Arquitetura EcoFriendly – Princípios de Sustentabilidade, que trabalha com práticas e soluções mais sustentáveis.

“Ou seja, pra gente a sustentabilidade é um caminho. É difícil encontrar edificações 100% sustentáveis. Isso significa que a gente trabalha com práticas pra tornar as edificações cada vez mais sustentáveis. E isso vai variar de acordo com a realidade local, custos (valores), do custo-benefício e assim por diante”.

O tripé da Sustentabilidade na Arquitetura

A professora explica que a primeira coisa que é preciso entender quando se fala em sustentabilidade na arquitetura é que se trabalha com 3 dimensões, mais conhecidas como tripé da sustentabilidade:

  1. Ambiental
  2. Social
  3. Econômica

Ou seja, é preciso utilizar práticas e soluções que sejam ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis.

Partindo disso, Catharina pontua que hoje no mercado se trabalha com algumas temáticas:

  • eficiência energética, redução de impacto ambiental
  • redução do consumo de água
  • redução de desperdício
  • melhoria da qualidade de vida
  • bioclimatologia (soluções para adequar o projeto de Arquitetura ao clima local. Com isso, é possível gerar mais conforto ambiental e reduzir o consumo de energia).

A sustentabilidade na arquitetura ainda aborda a questão de conforto ambiental, porque isso também está ligado a questões sociais. “A gente não faz uma Arquitetura só pra ser vista, mas também pra ser utilizada. E também sempre levando em consideração o bem-estar das pessoas que vão construir essa edificação”, ressalta a professora do IPOG.

A Sustentabilidade na Arquitetura e o conforto do usuário

A arquitetura surgiu para satisfazer o usuário. E Catharina Macedo ressalta: “E dentro dessa sensação de bem-estar existem questões relacionadas à estética, à funcionalidade. E a questão relacionada ao conforto ambiental é uma das que fazem as pessoas mais sentirem o meio ambiente”.

Como exemplo, a arquiteta cita: Você pode comprar uma casa belíssima, toda envidraçada, sendo que ela tem vidro virado para o poente. “Se você comprar a casa focando apenas na questão estética, depois para você conseguir usar essa casa, você vai precisar do ar-condicionado”.

Imagine que essa casa seja em Brasília, onde o clima é quente e seco a maior parte do ano. Então na hora que o morador começar a usar o ar-condicionado para resolver o problema do calor, porque esse vidro virado pro sol vai absorver muito calor, ele vai começar a ter problemas de baixa umidade porque o ar-condicionado retira a umidade do ambiente.

Ou seja, uma questão que era uma solução para o visual vai acabar gerando um problema de conforto para o usuário. Problema térmico e também de redução da umidade do ar.

Ou seja, quando a gente fala de sustentabilidade na arquitetura, a gente tem que resolver a arquitetura como um todo. Com soluções estéticas, funcionais e bioclimática para que o usuário se sinta bem nesse espaço.

Uma demanda do mercado

O mercado hoje tem demanda por profissionais que saibam reduzir o desperdício, propondo espaços eficientes e com redução de impactos ambientais. Por isso, os profissionais que buscam conhecimento sobre sustentabilidade na arquitetura se destacam diante do momento de crise financeira, hídrica e energética que se vê.

Por isso, falar de sustentabilidade se tornou essencial. “O planeta está aquecendo e não suporta mais tanto crescimento. Precisamos pensar no hoje para colher um futuro melhor para todos. Já não temos água e energia suficiente para toda a população. Precisamos fazer a nossa parte, e cada vez mais, os clientes estão interessados em profissionais especializados em práticas mais eficientes e sustentáveis”, conclui Catharina Macedo.

 

 

 


Artigos relacionados

LCC: Ferramenta para Gestão da Qualidade em Obras Constantemente, a gente tem falado aqui no Blog IPOG sobre a importância dos processos para o controle e qualidade da obra, não é mesmo? Isso porque a realização de uma obra envolve uma série de fatores como prazo, custos, recursos, etc. Para que tudo corra...
Qual a relação entre Geociências, Arte e Ambiente? Workshop Internacional organizado por professor d... Geociências, Arte e Ambiente: é possível pensar uma interação entre estas áreas? Para o II Workshop Internacional Arte & Ciência – História e Resiliência da Paisagem, sim. Este é justamente o seu objetivo, promover um fórum de discussão que tenha como foco...
Ser gerente de projetos: 6 dicas para se tornar um Você já pensou em se tornar gerente de projetos? Então, continue acompanhando este material! A recessão econômica dos últimos anos influenciou a área de gestão de projetos, no entanto, os próximos anos, a começar por 2018 - considerando a reversão do PIB a par...

Sobre Catharina Macedo

Professora IPOG, possui graduação em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal de Alagoas, Mestrado em Construção Civil, com ênfase em Conforto Ambiental pela Universidade Federal em Santa Catarina e Curso de Aperfeiçoamento para Formação de Consultores em Produção Mais Limpa pelo CNTL - RS. Atua como professora de Arquitetura e Sustentabilidade em diversas instituições e é Consultora de Sustentabilidade do Sebrae. Possui empresa especializada em projetos de arquitetura e soluções sustentáveis, vencedora do Prêmio GREEN WORLD AWARD 2015 na categoria ambiente construído, com o projeto e a construção do Centro de Referência do Cerrado, localizado no Jardim Botânico de Brasília, concedido pela The Green Organization, entidade ambientalista britânica que premia iniciativas e obras sustentáveis de todo o mundo.

Comentários