Eleições 2018: 5 dicas fundamentais do marketing político
3 minutos de leitura
09 de novembro de 2017

Quer vencer as eleições de 2018? Aprenda as 5 dicas fundamentais do marketing político

Estamos passando por um momento de forte polaridade na política, vemos um verdadeiro FLAxFLU da política. Ou eu gosto do candidato A ou do Candidato B e que no final das contas é mais do mesmo. Vivemos uma crise de identidade nesse setor que, infelizmente, não vai ser solucionada nas eleições de 2018. Longe disso, vamos precisar de algumas décadas para ver o Brasil voltar aos trilhos.

Mas, nem tudo é drama no panorama em que vivemos. Por mais que pareça clichê, 2018 será um ano propício para progredir com as mudanças. Um sinal disso foi a renovação, no último pleito em 2016, da câmara Municipal de Goiânia com mais de 60% de novas caras no plenário.

Agora ficam algumas perguntas: você está preparado para vencer uma eleição? Já pensou em alguns pontos que podem ser fundamentais para criar um bom candidato como: ética, legislação, marketing político e eleitoral, assessoria de imprensa, discursos e mídias sociais? E mais: como eu, candidato ou profissional de marketing, posso me destacar nesse cenário? Se você está a procura dessas respostas, este artigo vai te ajudar!

Marketing Político: 5 dicas para você começar a construir sua campanha

1- Eleições: Construindo uma marca

A primeira dica é: tenha clareza de quem é o candidato. Outro ponto importante é fazer questionamentos.

  • Qual o nicho de atuação do candidato?
  • Tem um foco nas suas ações?
  • Conhece seus públicos de interesse e como fará sua comunicação?
  • Qual região abrange?
  • Quais problemas pretende resolver?

Construir uma marca pessoal forte do candidato é essencial para alcançar os resultados esperados.

2- Planejamento

Planejamento é fundamental para uma campanha eleitoral. Você tem que estar preparado para sua mensagem chegar a quem precisa antes da campanha.  45 dias é muito pouco para vencer. Fique atento a legislação eleitoral, veja o que pode e o que não pode ser feito. Ah, e aproveite para conferir aqui o manual do candidato de 2018, pois todas as informações constadas te ajudarão a se preparar ainda mais.

3- Use a linguagem certa 

Como você vai falar com o eleitor? Planejar o tipo de linguagem, materiais para cada tipo de público e canais de divulgação da sua mensagem é importantíssimo. A linguagem vai além da escrita. Envolve a fala, a roupa que o candidato usa, o logo da campanha, jingle e material gráfico. A comunicação precisa ter consistência, não é bom mudar de lado de acordo com a maré.

4- Conte histórias envolventes  

O Storytelling é uma das táticas para conquistar seu eleitor. Seja verdadeiro, escolha a linguagem adequada e saiba quais são os problemas que seu eleitor precisa que você ajude a resolver.

5- Dialogue com o seu eleitor  

Depois de saber quem é o candidato, é fundamental construir um canal de comunicação com seus possíveis eleitores. Você precisa ser acessível e conversar com as pessoas. Use as redes sociais! Ela é a forma mais democrática de fazer a divulgação das suas ideias.

Se ainda não tem perfis nas redes sociais, comece hoje mesmo. Faça enquetes sobre assuntos relevantes aos eleitores da sua região, poste vídeos, deixe o eleitor saber quem você é, como você fala e qual a sua opinião sobre os assuntos que ele considera importante.

Um bônus 

Uma dica extra! Crie uma rede de amigos e apoiadores para divulgar suas ideias. Quanto mais pessoas falando de você melhor. Torne-se relevante e conhecido.

A realidade eleitoral hoje permite que você comece sua campanha eleitoral. Não perca mais tempo e ajude o Brasil a construir uma nova identidade com políticos sérios e honestos.

Uma última dica: mesmo podendo fazer campanha agora você não pode pedir voto, apenas divulgue suas ideias e intenção de ser candidato no próximo ano.

E se você quer se preparar ainda mais para vencer as eleições de 2018, conheça o Curso de Curta Duração em Campanhas e Marketing Político. Afinal, alcançar a vitória exige estratégia, dedicação e muito conhecimento.


Artigos relacionados

Quais as vantagens do trabalho remoto? O trabalho remoto, ou home office, é tendência sim. Os motivos que levam a esse novo conceito de contratação de profissionais são muitos e vão desde as razões econômicas, até o desenvolvimento de novas tecnologias. No segmento de comunicação, por exemplo, nem ...
Por que tenho que implementar o Inbound Marketing? Há algum tempo o Inbound tem sido a coqueluche do Marketing. Segundo o site HubSpot (maior ferramenta neste segmento no mundo), o Inbound baseia-se em ganhar o interesse das pessoas e fazer com que seus potenciais clientes te encontrem e te procurem. Desta for...
Omnichannel permite que seus clientes tenha uma experiência de compras ainda mais completa. Saiba co... No início do varejo, a forma de comércio se dava, presencialmente, em estabelecimentos físicos. Com o advento das demais tecnologias de comunicação como o telefone e a internet foram criados os chamados multicanais, que são as televendas e os números de atendi...

Sobre Lucas Alfaix

Professor Especialista do IPOG. MBA Mídias Digitais e Especialista em Marketing e Inteligência Digital. Consultor de Marketing Político e Eleitoral.

Comentários