A diferenciação com forma de sobrevivência no mercado
3 minutos de leitura
26 de Maio de 2017

A diferenciação com forma de sobrevivência no mercado

Marketing, Inovação, IPOG

A sobrevivência de uma empresa diante da concorrência é um fator que domina a mente de empreendedores que buscam fazer suas ideias prosperarem em um cenário acirrado e competitivo. Portanto, estivemos frente a frente com o consultor para Inovação e Diferenciação, Alex Lima, durante sua passagem por Goiânia no RD on the road e conseguimos captar dicas importantes sobre diferenciação de marca.

Como devo construir a minha marca

Primeiramente, temos que entender que todo ponto que permite contato visual, tátil, sensorial é oportunidade de se trabalhar sua marca. A marca carrega os valores conquistados pela empresa durante a sua trajetória. Comunica diretamente com aqueles que se identificam com ela, reforça padrões e estilo adotado ao longo dos anos. Uma marca é muito mais do que um produto, vai além, reforça Alex Lima.

Quando você está preocupado em trabalhar uma marca e não meramente a venda de um produto ou serviço você precisa transmitir seus valores junto a essa projeção e direcioná-la ao seu público alvo. “Quando você trabalha o conceito de marca você está fazendo uma promessa ao seu público, que ele espera que seja entregue conforme o combinado”, alerta o consultor.

Target eficiente

Saber estabelecer relacionamento com pessoas-chave de interesse da sua marca é fundamental para conseguir ampliar seus domínios sob o público cativo. Se pararmos para pensar, 83% das pessoas agem influenciados pela decisão de seus amigos,  o que quer dizer que pertencer a esse ciclo de influência ajuda na manutenção da sua marca junto a grupos específicos que pretende atingir.

As redes sociais permitiram que empresas se tornem “amigas” das pessoas, no sentido de estarem presentes em seu ciclo de amigos, serem repostadas dentro das redes sociais dessas pessoas e passar a fazer parte da vida delas.

Diferenciação: Ser além do “mais ou mesmo”

Quantas empresas no mercado se propõem a fazer o mesmo serviço que você? Vender os meus produtos que você vende? Ao menos que você trabalhe em uma área inexplorada no mercado, a resposta para essas duas perguntas é: inúmeras. Logo, o que o seu público precisa perceber é que o seu negócio tem algo a oferecer que essas inúmeras empresas não possuem, isso depende de diferenciais.

Vamos seguir um roteiro passado pelo consultor Alex Lima para ajudá-lo a definir seus diferenciais:

1. Se conheça: saiba quais são seus pontos fortes, seus valores empresariais, a sua função primordial e que leva as pessoas até você;

2. Tenha inimigos declarados: isso significa que você reconhece e sabe exatamente quais empresas não compartilham dos seus valores, que são a antítese do seu negócio. saber se posicionar contrariamente a elas vai lhe atrair pessoas que admiram sua postura;

3. Vá além da estética: esse ponto diz muito sobre a promessa que a empresa faz ao cliente. Quando há uma promessa sendo vendida pelo marketing, mas não cumprida pela empresa, se perde a credibilidade e, o pior, se gasta dinheiro para criar uma imagem que não condiz com a realidade. Uma perda em todos os sentidos. Fazer é melhor do que só dizer que faz.

4. Resultados têm que gerar resultados: suas estratégias têm que ser desenhadas para gerar novas ações. Esse processo de diferenciação é constante e você tem que se manter na dianteira porque sempre haverá concorrentes imitando seu iniciativa, o que lhe obriga a se reinventar constantemente.

Guilherme Pinheiro é Analista de Web no IPOG e participou do evento


Artigos relacionados

Seu plano de Marketing vai gerar resultados estratégicos? O planejamento de marketing, por incrível que pareça, na maioria das empresas é negligenciado ou mal feito, sem foco real nos objetivos estratégicos, o que pode tornar o departamento de marketing inócuo ou uma área de publicidade sem o viés necessário para ati...
Por que minha empresa deve estar nas Redes Sociais? As redes sociais estão a cada dia mais presentes em nossas vidas e por incrível que pareça ainda existem empresas que não estão e tem medo de estarem nesse ambiente. Pesquisas mostram que nós brasileiros passamos cerca de 8 horas conectados as redes sociais, s...
Quer vencer as eleições de 2018? Aprenda as 5 dicas fundamentais do marketing político Estamos passando por um momento de forte polaridade na política, vemos um verdadeiro FLAxFLU da política. Ou eu gosto do candidato A ou do Candidato B e que no final das contas é mais do mesmo. Vivemos uma crise de identidade nesse setor que, infelizmente, não...

Sobre Guilherme Pinheiro

Bacharel em Sistemas de Informação pela Universidade Federal de Goiás (UFG), Pós-Graduado em Marketing e Pós-Graduando em Empreendedorismo e Inovação Digital pelo IPOG. Atualmente é Analista Web no IPOG, responsável por indicadores (KPI’s) e análises web. Professor de Excel Avançado, tendo atuado também no SENAC-GO. Microsoft Office Specialist em Excel, especialista em Marketing Educacional, certificado Google, Marketing de Conteúdo (Rock Content) e Inbound Marketing (HubSpot)

Comentários