IPOG recebe mais uma edição do “Doe Pensamentos Positivos”
3 minutos de leitura
28 de novembro de 2017

IPOG recebe mais uma edição do “Doe Pensamentos Positivos”

As aulas no Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) ganharam uma atmosfera diferente nesta manhã de domingo (26). Isto, porque os alunos puderam vivenciar mais uma edição da “Doe Pensamentos Positivos”, uma ação nacional que tem por objetivo principal gerar alegria nas pessoas através da gentileza.

E foi com pequenos cartões amarelos em formato de coração, singelas mensagens escritas e muitos sorrisos que a organizadora regional e professora do IPOG, Poliana Landin, em conjunto com demais colaboradores, desejaram aos estudantes sentimentos positivos.

Ela explica que os cartões são baseados no princípio de que a gentileza, ao ser espalhada, impacta mais pessoas além daquelas que foram envolvidas diretamente. “A psicologia positiva trabalha muito com as emoções positivas, e a gente sabe que quando nos colocamos a favor do outro, à serviço do outro, nós também ganhamos essas emoções”, afirma.


As mensagens impressas, segundo Poliana, estão relacionadas com a questão de acreditar no seu próprio potencial e acreditar nos sonhos também. Dayane Bezerra, aluna de Gestão de Liderança Executiva, foi uma dos alunos que receberam o coração amarelo. Para ela, o gesto a levou para um momento de reflexão alegre e espontâneo. “Pude, em curto espaço de tempo, relembrar o que me trouxe até aqui, quais são os meus sonhos”, disse.

Aluno de Engenharia e Segurança do Trabalho, Diogo Ludovico aprova a ação. “Foi bom receber o cartão porque quebrou a rotina, ficamos ali cada um no seu mundinho de aprender, e o coração amarelo desperta a gente pra questão de quando você é feliz com os outros, você inicia uma onda de alegria”, coloca.

Evento

É a segunda vez que o “Doe Pensamentos Positivos” é realizado no IPOG. Paralelamente à ação do último domingo, outras 40 cidades receberam o gesto. E este ano o evento tem um sabor mais especial pois é a primeira vez que os cartões amarelos são entregues também em outros países.

Poliana ainda explica que o evento ocorre sempre uma vez ao ano, em uma data e horário específicos, sempre no fim de novembro. “Em todos os locais, saímos no mesmo dia e mesmo horário. É centralizada para ter um número maior de ações acontecendo”.

O interessante, ainda segundo Poliana, é que a ação demonstra crescimento a cada ano. “As pessoas percebem que tem um resultado positivo pra quem faz e acaba aderindo também”. Muitas são as pessoas impactadas que enviam mensagens pela hashtag nas redes sociais ou pessoalmente com uma forma de agradecer pela gentileza.

Renata Livramento, organizadora nacional da ação, explica que o projeto é realizado desde 2014. Ao avaliar sua importância, ela diz que o “Doe Pensamentos Positivos” coloca as pessoas como agentes transformadoras do mundo. “O crescimento desse projeto mostra que tem muita gente boa no mundo e disposta a fazer o bem, a arregaçar as mandas e construir um mundo melhor”.


Artigos relacionados

Liderança Positiva é uma nova forma de liderar. Entenda A definição de Liderança Positiva está baseada nos conceitos da Psicologia Positiva, a qual procura entender, através de estudos científicos, como uma visão mais apreciativa dos potenciais, das motivações e das capacidades humanas contribuem para tornar as pes...
Psicologia positiva no desenvolvimento humano: 5 passos para viver melhor Você já imaginou vivenciar plenamente momentos de alegria, serenidade, amor, motivação, entusiasmo e inspiração?  E sabia que é possível conquistar tudo isso através de uma ciência? Isso mesmo! Por meio da Psicologia Positiva, que em termos mais simples...
Já parou para pensar sobre o caminho para o desenvolvimento? O ser humano se desenvolve ao longo de toda a vida. A formação do caráter, o florescimento de suas forças e a descoberta de todo o seu potencial vão acontecendo ao longo de toda a sua existência. Mas o que será necessário para que esse processo aconteça? Você ...

Sobre Poliana Landin

Mestre em Psicologia com ênfase em Avaliação Psicológica, sócia-fundadora do Instituto Goiano de Psicologia Positiva (IGPP) e coordenadora dos cursos de Desenvolvimento Humano e Psicologia Positiva; Avaliação Psicológica; e Neuropsicologia do IPOG.

Comentários