Construa uma carreira de sucesso na Docência
3 minutos de leitura
06 de março de 2017

Construa uma carreira de sucesso na Docência

sucesso na Docência

Nos últimos anos, por conta das enormes mudanças ocorridas na sociedade, o conhecimento e o modo de conceder informação também tem sido alterado. E como fica o mediador de aprendizagens? Hoje, torna-se fundamental que o profissional da educação se atente para as novas abordagens e busque capacitação contínua, a fim de compreender os novos cenários e a dinâmica da sociedade. Então, que tal construir uma carreira de sucesso na Docência?

A doutora em Ciências da Educação e coordenadora do curso de MBA em Formação de Professores em Didática e Gestão Educacional do IPOG, Gláucia Yoshida, considera que para ser um professor de sucesso é preciso compreender a profissão em uma dimensão completamente diferente ao modelo convencional das outras.

É preciso levar em consideração que em uma sociedade consumista, imediatista e neoliberal, a ideia de sucesso é atrelada ao dinheiro, ao status social às conquistas e bens adquiridos pelo indivíduo.

Todavia, para Gláucia, um professor diferenciado é aquele que não busca, necessariamente, os elementos mencionados anteriormente e, ainda assim, jamais será esquecido pelos seus alunos, justamente pela contribuição efetiva que conseguiu mobilizá-los.

Educar cada aluno para uma cidadania ativa numa escola imensamente heterogênea, numa sociedade muito exigente e num mundo em permanente mudança é uma ação de mão dupla. Sob esta ótica, o conhecimento é construído coletivamente, sendo a educação essencialmente uma pratica social, onde o professor e aluno estão em constante processo de aprendizagem. Logo, elementos como a repetição, memorização não são premissas que regem este contexto.

Gláucia afirma que esse ato da cidadania começa desde o momento em que o professor sai de casa para dar seu melhor, independentemente de sua remuneração, da instituição onde está, da estrutura física ou dos recursos da escola, “se cada um fizer sua parte, a mudança com certeza acontecerá”, explica.

É aí que entra a famosa frase do filósofo Schaefer:

A escola deve ser um centro de pesquisa, um lugar de produção do saber, e não apenas de transmissão do saber”.

A reflexão que fica é a seguinte: O princípio elementar da educação contemporânea é o da “ensinagem”. Conceito que traz consigo compromissos éticos, políticos e sociais; e trabalha o conhecimento, conteúdo, formas de ensinar e resultados.

É fundamental que os profissionais que desejam obter sucesso direcionem um novo olhar para a educação e, uma vez definido esta carreira conscientemente, vale repensar essas dicas:

Que área deseja atuar?

É possível ser professor em diversos níveis. Educação Infantil, básica, superior ou mesmo pós-graduação. E ainda ser um professor particular de reforço ou instrutor em treinamentos específicos.

Quais competências você quer desenvolver?

Na carreira de docente, o professor será um eterno aprendiz, ou seja, é preciso investir em capacitações específicas da área escolhida. Portanto, vale apostar em cursos de curta duração (Formação Prática em Docência Superior), congressos e especializações nacionais e internacionais.

Que habilidades você precisa ter?

Um professor deve ser um sujeito que, em primeiro lugar, gosta de gente e conheça a si mesmo. Desta forma, as principais habilidades para um professor de sucesso é o autoconhecimento e capacidade de relacionamentos.

Qual o seu propósito na educação?

É  natural que uma escolha profissional esteja relacionada a vida do sujeito. Muitos escolhem a profissão pensando nos resultados para si mesmo. Na carreira de docente, a pergunta é: O que almejo, eu posso deixar como legado a partir da minha profissão?

Por fim, não despreze as contribuições das gerações passadas. Cuidado para não menosprezar a educação tradicional, como se ela fosse a vilã do insucesso, alerta Gláucia. Temos que ser flexíveis e entender todos os contextos em uma constante postura de gratidão aos que vieram primeiro e construíram o seu legado. Afinal, muitos caminharam e inclusive sofreram para consolidar seus sonhos e projetos. Enfim, a educação é a prática contínua das insistências de sonhos que nunca poderão se findar.

Artigos relacionados

Como fazer um currículo de excelência Sempre que nos perguntam como fazer um currículo, nos deparamos com aquela velha história: o que preciso colocar? O que não pode faltar? Por mais que existam vários modelos sempre bate aquela dúvida, não é mesmo. Por isso convidamos a professora do IPOG, Cy...
Já pensou em como estará sua carreira no futuro? Confira dicas importantes para o sucesso Com a chegada do final do ano chega também aquele momento em que começamos a fazer a lista de planos, projetos e sonhos para o ano seguinte. Entre eles, você já pensou em colocar a sua carreira e fazer um planejamento para o seu futuro? O especialista em carre...
9 benefícios incríveis da gamificação na educação Antes de falarmos da gamificação na educação, precisamos perguntar: você sabe o que é a gamificação? https://www.youtube.com/watch?v=l_Vsm67oYqE É uma técnica que adapta conceitos e ideias do universo dos jogos para o mundo real, com o objetivo de incent...

Sobre Gláucia Yoshida

Doutora em Ciências da Educação pela Universidad Teconológica Intercontinental - UTIC - PY (2012), Mestre em Educação Escolar Brasileira pela Universidade Federal de Goiás (1994), Graduada (Bacharelado e Licenciatura) em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Goiás (1989), Master Coach (Metaforum Internacional - 2016). Editora chefe da Revista Especialize On-line IPOG. Coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento Humano e Educação (IPOG).

Comentários