Aula remota não é EAD? Entenda as diferenças e todas as vantagens
3 minutos de leitura
22 de Maio de 2020

Aula remota não é EAD? Entenda as diferenças e todas as vantagens

Aula remota não é EAD? Entenda as diferenças e todas as vantagens

Aula remota e educação a distância são a tendência do momento para dar continuidade ao ano letivo em meio às restrições impostas pela pandemia de COVID-19.

Com a suspensão das aulas presenciais, o Ministério da Educação, em caráter excepcional, divulgou – e tem prorrogado – uma portaria que autoriza a retomada das disciplinas em andamento por meio de aulas on-line e atividades remotas.

A medida é válida para universidades federais, faculdades privadas e outras unidades de ensino.

No entanto, a aula remota não é realidade exclusiva dessas instituições. Muitas escolas privadas e mesmo públicas têm adotado essa modalidade em substituição às aulas presenciais.

E nesse contexto, muitas pessoas acreditam que EAD e aula remota são a mesma coisa. Se você faz parte desse grupo e quer sanar essa dúvida, continue lendo nosso artigo e descubra as principais diferenças entre os dois modelos. 

O que é aula remota?

As aulas remotas realizadas no contexto do coronavírus são atividades de ensino mediadas pela tecnologia, mas que se orientam pelos princípios da educação presencial.

Como foi dito, na impossibilidade de realizar os encontros presenciais entre professores e alunos, devido às medidas de isolamento social, as aulas remotas surgem como alternativa para reduzir os impactos negativos no processo de aprendizagem.

Como funciona o ensino remoto?

Na prática, o ensino remoto é feito por um professor que ministra aulas, sejam elas ao vivo ou gravadas, por meio de videoconferência ou recurso similar. A carga horária é a mesma das aulas presenciais, mantendo a frequência.

Os educadores e estudantes têm enfrentado grandes desafios com as aulas remotas, afinal, as mudanças foram abruptas. Adaptar toda a dinâmica da sala de aula presencial para os ambientes virtuais demanda investimento de tempo e em tecnologia. 

Mesmo com os desafios, aulas expositivas e até avaliações têm ocorrido com o suporte de recursos tecnológicos, em diferentes formatos de conteúdo e ambientes virtuais de aprendizagem (AVA). Tudo para diversificar e personalizar a experiência dos alunos.

O IPOG tem oferecido aulas on-line de forma remota para seu quadro de alunos. Os professores tiram dúvidas e criam salas só com alguns participantes justamente para tornar esse momento muito mais pessoal e produtivo. 

Tanto as aulas remotas quanto a modalidade de ensino a distância (EAD) são realizadas para proporcionar uma rotina de estudo e estabilidade diante de tantas incertezas. 

Se para alunos de ensino fundamental e médio esses métodos têm sido a chance de continuar a formação básica, na graduação e pós-graduação a continuidade dos estudos é essencial para o desenvolvimento da carreira, o que faz toda a diferença em tempos de crise.

Ensino a distância vs. aula remota: entenda a diferença

Enquanto a aula remota surge como resposta imediata ao momento atual, a modalidade de ensino a distância já é conhecida por muitos brasileiros há várias décadas.

No ano passado, o censo da Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed) registrou 1,5 milhão de alunos em cursos superiores EAD. Com a quarentena, a expectativa é que mais pessoas conheçam os benefícios do ensino a distância e quebrem possíveis preconceitos.

Mas, afinal, o que difere o ensino remoto do EAD?

Aula remotaEnsino a distância
Aulas ao vivo e remotas simulando o encontro presencialAulas gravadas
Professor da disciplina disponível diariamenteTutor/Monitor como suporte de maneira atemporal
Conteúdo e material didático mais personalizados e ajustados pelo professor segundo a necessidadeConteúdo e material didático mais padronizados, normalmente disponibilizados com antecedência
Cronograma mais flexível e ajustado segundo o contexto atualCronograma padronizado
Avaliações mais centradas nas aulasAvaliações padronizadas
Mais atividades síncronasAtividades síncronas e assíncronas
Carga horária concentrada nas aulasCarga horária distribuída entre diversos recursos midiáticos
Mais centrado no professorMais autoinstrucional

Vantagens da aula remota e do EAD

O EAD é um formato que tem crescido a cada ano. Algumas vantagens são a comodidade de estudar onde e na hora que desejar. Afinal, o aluno consegue organizar seus estudos e a execução de atividades no tempo mais adequado para ele.  

É o formato ideal para quem gosta de dinamismo, tem facilidade com o digital e deseja desenvolver autonomia. Contudo, no estudo a distância, o aluno precisa ter muita disciplina para se desenvolver e vencer o desafio da automotivação.

Leia também: Por que você deve começar a usar o Storytelling na Sala de Aula

Por sua vez, as aulas remotas são uma alternativa à ausência das aulas presenciais, promovendo a interação com os professores e colegas em tempo real.

Quem deseja estudar durante a pandemia de coronavírus deve avaliar bem as opções de modalidades e as instituições de ensino. 

É preciso considerar que instituições com experiência EAD estão mais bem preparadas para oferecer aulas remotas. Afinal, apesar das diferenças, esses dois ramos guardam relação com a tecnologia – e esse domínio é um diferencial.

Prepare-se para escolher como vai estudar este ano! E, antes de decidir, fale conosco para descobrir tudo o que o IPOG pode oferecer a você!

Gostou deste artigo sobre aula remota? Descubra mais 3 que separamos para você:

Esses e outros temas você encontra no blog IPOG!

Artigos relacionados

Porque você deve começar a usar o Storytelling na Sala de Aula Você sabia que o Storytelling na sala de aula pode ser uma importante ferramenta para auxiliar no processo de aprendizagem? A arte de contar histórias pode ser uma importante ferramenta para quem precisa conquistar algum público e alcançar resultados (venda...
5 questões polêmicas sobre a Pós-graduação a distância Uma Pós-graduação tornou-se uma exigência profissional em muitos setores no mundo atual. Representa aquilo que a graduação era décadas atrás. No entanto, os tempos mudaram, e aqueles que desejam uma boa colocação no mercado de trabalho devem buscar o aperfeiç...
Guia de carreira: o que levar em consideração ao escolher uma pós? Construir uma carreira sólida, com êxitos e satisfação pessoal, é um processo desafiador que envolve muitas decisões e, em algumas situações, até mudanças de curso. Além disso, no cenário atual de competitividade profissional, as empresas estão cada dia ma...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários