8 dicas para escolher melhor qual faculdade fazer
4 minutos de leitura
09 de agosto de 2018

Qual faculdade fazer? 8 dicas para escolher a melhor graduação para você

qual faculdade fazer

Por incrível que pareça, mesmo com o vasto acesso a informação que temos hoje em dia, ainda é comum que muitos jovens cheguem ao final do ensino médio indecisos sobre qual faculdade fazer e profissão seguir.

No início desse processo de escolha, geralmente são feitas pesquisas em sites e ainda estabelecidas conversas com pessoas que já estão atuando do mercado. O objetivo, é claro, é buscar algumas dicas que podem tornar essa escolha mais clara.

Com isso, já são descartadas algumas opções e a procura passa a ser mais segmentada. Outro passo pode ser a avaliação da sua história pessoal, no sentido de que valores estão impressos em sua identidade, quais experiências foram positivas ou lhe trouxeram desafios que deseja superar, que contatos com profissões você já teve e como você os avalia. como escolher sua faculdade

É importante pensar que a escolha de uma profissão seja feita por propósito. É preciso levar em consideração algo que tenha sentido existencial, algo que você se realize. Todavia, há fatores que interferem muito na decisão, como a influência da família e profissões que estão em destaque por rentabilidade ou abertura de mercado.

Então, antes de decidir qual faculdade fazer, é fundamental se atentar aos fatores que impactam diretamente na escolha da profissão. Vamos a eles?

Fatores que influenciam na escolha da profissão

Pensar que a escolha da faculdade é a escolha daquilo que se pretende fazer de produtivo para a vida é algo que requer muita reflexão. No entanto, outros pontos incidem nesta escolha como:

  • necessidade de se mudar para longe da família;
  • cursar faculdade pública ou particular;
  • avaliação das faculdades que se pretende tentar vaga;
  • avaliação da cidade onde essas faculdades estão.

Muitas vezes, ao se fazer a conta sobre os gastos assumidos para se fazer uma faculdade pública em uma cidade diferente da família, sai equivalente a se cursar uma faculdade particular, morando em casa. É sempre positivo fazer esse tipo de cálculo na hora de inscrever para os processos seletivos.

Outro ponto importante a se questionar é: o que ganho ao assumir uma vida longe da minha família, ou devo contar com amparo deles neste momento da minha vida? Afinal, são muitas novidades a serem assimiladas no processo. Que preço você está disposto a pagar por isso?

Ou seja, diante de tantos questionamentos, vale iniciar as reflexões o mais cedo possível. Para que os pontos e contrapontos sejam todos bem explorados, com a ajuda daqueles que se importam com a construção do seu futuro, e com os caminhos que deve percorrer para se formar.

Qual faculdade fazer? Veja a seguir alguns critérios que irão lhe ajudar a decidir

1. Escolha um curso de graduação que é verdadeiramente importante para você

Ao decidir qual faculdade fazer, é interessante estar antenado nas profissões novas e segmentos que podem ser prósperos, já que tendem a trazer expectativas bem interessantes. Escolher a profissão que traga sentido e realização é uma escolha saudável, pois dará a chance da realização não apenas financeira.

Lembre-se sempre que, no futuro, você passará a maior parte do seu tempo dedicando-se à sua profissão. E o tempo é algo muito precioso para ser usado em algo que não nos identificamos.

2. Descubra suas vocações e habilidades

O autoconhecimento é um exercício importante para todos. Testes vocacionais também podem ajudar muito, faça-os! Uma boa dica para ser mais certeiro em testes vocacionais é procurar realizá-los com auxílio de profissionais de psicologia, por exemplo.

Se você morar em uma cidade que possui faculdades de Psicologia, vale procurar se informar se o curso abre esse tipo de trabalho para a comunidade e se inscrever. Com ajuda de um profissional, ficará mais fácil interpretar os seus gostos pessoais, seus traços psicológicos e suas aspirações para o futuro.

3. Leve em consideração as tendências de mercado e a vocação

Ambas as coisas são muito importantes. Mas, o que mobiliza meus recursos afetivos, positivamente, certamente merece ser observado. Para conseguir informações atualizadas sobre as tendências de mercado, uma forma fácil e rápida é dar um google sobre o assunto.

No campo de busca vale digitar: profissões do futuro; profissões em alta; principais demandas do mercado de trabalho… e por ai vai. A partir daí, vá refinando sua pesquisa ao sondar quais as melhores universidades oferecem os cursos indicados; o que faz exatamente um profissional da área; média salarial.

4. Permita-se descobrir novas áreas de atuação

Atualmente, exige-se dos adolescentes algo muito importante e em uma idade ainda precoce. Escolher o que eu quero para o resto da vida entre os 17 e 18 anos é quase um ‘pecado’. Assim, lembrar-se que o erro é permitido. Além disso, neste cenário, ele pode ser enriquecedor e fundamental.

No entanto, busque sempre diversificar suas fontes de informação sobre a profissão que está descobrindo. Não tire conclusões ao ouvir apenas uma pessoa. Averigue com mais cuidado, tente ouvir mais pessoas e saber como elas se sentem desempenhando aquele papel.

Veja aqui dicas de perguntas a se fazer para pessoas que trabalham com aquilo que você se interessa:

  • Quais os principais desafios?
  • Qual a parte mais legal do trabalho realizado?
  • O que é considerado chato pela pessoa?
  • Se a remuneração vale a pena pelos desafios assumidos?
  • Qual a perspectiva futura para a área? Ela está em expansão no mercado?

5. Experimentação consciente

Ainda está em dúvida em qual faculdade fazer?

Veja essas outras dicas rápidas que podem lhe ajudar a se decidir:

  • Assista algumas aulas como ouvinte em cursos do seu interesse;
  • Converse com profissionais das áreas de seu interesse;
  • Participe de eventos científicos;
  • Analise as tendências de mercado com cuidado.

Depois de refletir sobre tudo isso e se preparar para decidir qual faculdade fazer, haverá um momento em que você terá que assumir os riscos inevitáveis diante do futuro. Mas serão riscos conscientes, que correrá com confiança. Boa sorte!

Conheça os cursos de Graduação oferecidos pelo IPOG, na matriz Goiânia.

Descubra aqui as vantagens de se investir no estudo à distância.

Já pensou como estará sua carreira no futuro? Clique e reflita conosco.


Artigos relacionados

Galgar sonhos: Aluno explica como o IPOG ajudou em sua mudança de carreira Respirar, pensar, repensar, decidir e executar a ação de abrir mão de quase metade do curso e iniciar outro para realizar um sonho. Para vários estudantes, isso pode ser uma tarefa impossível, mas para Victor Salatiel Cintra a escolha mudou o rumo da sua vida ...
Inspiração de professores fez arquiteto repensar a carreira Em 2015, Fábio decidiu que faria a Pós-Graduação em Design de Interiores – Ambientação e Produção do Espaço do IPOG em Belo Horizonte. A princípio, o maior objetivo dele era se atualizar e conhecer novas técnicas para aplicar no mercado. "Queria me aprimorar c...
4 Dicas para se tornar um grande influenciador A internet é responsável por ampliar o alcance das mensagens e propagar informações, se tornando um ambiente muito propício para quem pretende se tornar reconhecido como um influenciador, independente do segmento de mercado em que atua. O enfoque no indivíd...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários