Como as certificações de TI podem impulsionar a sua carreira?
4 minutos de leitura
22 de agosto de 2018

Como as certificações de TI podem impulsionar a sua carreira?

Certificações de TI

À medida que o mercado Tecnologia da Informação cresce, se desenvolve e se inova, exige mais qualificação dos profissionais de TI. Para adquirir habilidades e se destacar profissionalmente, uma grande aposta desse setor são as certificações de TI.

Com as certificações de TI você adquire habilidades específicas que podem te ajudar a impulsionar a sua carreira. Se você tem o interesse de conhecer as certificações mais valiosas no mercado de TI e saber como elas podem impactar de forma positiva na sua trajetória profissional, leia esse artigo.

O que são as certificações de TI?

Uma certificação de TI é um certificado, um documento oficial emitido por uma entidade reconhecida pelo mercado e que atesta o conhecimento, a experiência e as habilidades de um profissional. Em Tecnologia da Informação existem muitos tipos de certificações profissionais: desde as técnicas, que atestam a habilidade de um profissional em uma tecnologia, um software, uma plataforma ou mesmo em uma linguagem de programação até as certificações de caráter gerencial que atestam os conhecimentos do profissional nas melhores práticas do mercado para governança, gestão de serviços de TI, gestão da Segurança da Informação, entre outras.

Importância das certificações de TI para a atuação profissional

As certificações de TI são importantes tanto para o profissional quanto para os envolvidos na sua contratação. O profissional acrescenta muito ao currículo quando tem certificações. Isso mostra que ele está preocupado com sua capacitação e que tem as habilidades necessárias para seu trabalho e função.

Já os gestores e os recrutadores têm nas certificações profissionais um critério importante para seleção. Por serem concedidas por instituições reconhecidas e por demandarem do profissional um processo de estudo, provas e comprovação de experiência, são um crivo importante das competências do profissional.

Se gestores e profissionais de Recursos Humanos souberem escolher bem as certificações importantes para cada função ou trabalho em TI, poderão ter uma melhora significativa no seu quadro de profissionais de TI.

O que um profissional de TI ganha adquirindo certificações?

De imediato a certificação de TI confere mais credibilidade ao currículo do profissional. Ter um “selo” de uma entidade reconhecida no mercado atestando seu conhecimento, habilidades e experiência, ajuda a diferenciar o profissional no mercado. Porém também há o ganho pessoal de maturidade e conhecimento. Cada processo de certificação amadurece o profissional e o ajuda a acumular conhecimentos que podem ser muito úteis na sua carreira.

É interessante que o profissional tenha várias certificações?

Como em qualquer decisão relacionada a carreira, as certificações também devem fazer parte de um planejamento. Muitos programas de certificação têm diferentes níveis como fundamentos, especialista, máster, etc. Também existem certificações de vários assuntos diferentes: gerenciamento de projetos, de processos, auditoria, riscos, governança de TI e muitas outras.

Assim, antes de obter várias certificações, é importante que o profissional saiba onde quer chegar e como cada certificação vai contribuir para seus objetivos. Por exemplo, se o profissional deseja se tornar um especialista em determinado banco de dados, deverá procurar certificações técnicas de nível cada vez mais alto e não apenas se contentar com as certificações de fundamentos.

Outro exemplo pode ser do profissional que deseja se tornar um gerente de projetos. Ele precisará obter as certificações que garantem seu conhecimento e habilidades e talvez até mesmo de várias metodologias diferentes como PMP, Scrum, Prince 2, dentre outras.

Certificações mais valiosas no mercado de TI

As certificações podem ser classificadas como: Gerenciais, Técnicas e de Fundamentos e Normas. Com base em uma pesquisa realizada anualmente pela Global Knowledge, empresa americana de treinamento de habilidades em TI e negócios, abaixo estão listadas algumas das certificações mais valiosas no mercado de TI atualmente:

Certificações Gerenciais:

  • PMP (PMI – Gestão de Projetos);
  • CGEIT (ISACA – Governança de TI);
  • CRISC (ISACA – Gestão de Riscos de TI)
  • ITIL v3 (Gestão de Serviços de TI);
  • CISM (ISACA – Segurança da Informação), CISA (ISACA – Auditoria de Sistemas);

Certificações Técnicas:

  • AWS Certified Solutions Associate;
  • Certified Information Systems Security Professional;
  • Citrix Certified Professional – Virtualization (CCP-V);
  • Citrix Certified Associate – Networking (CCA-N);
  • VMware Certified Professional 6 – Data Center Virtualization (VCP6-DCV);
  • Citrix Certified Associate – Virtualization (CCA-V);
  • CompTIA Project +;

Certificações de Fundamentos e Normas (conhecimento básico sobre melhores práticas):

  • ITIL v3 Foundation;
  • COBIT 5 Foundations;
  • ISO 27.000 (Segurança da Informação);
  • ISO 20.000 (Gestão dos Serviços de TI);
  • ISO 31.000 (Gestão de Riscos);

O mercado é carente de profissionais com certificações de TI. Há muitas áreas em que estes profissionais são disputados e acabam conseguindo alcançar cargos mais altos do que profissionais sem certificação. Além disso, cada vez mais, o mercado tem exigido que os profissionais demonstrem com clareza sua capacitação.

Como o profissional adquire as certificações de TI?

O processo para obter uma certificação de TI geralmente envolve três fases:

1. Preparação: estudar e obter o conhecimento necessário.

2. Prova/Testes: realizar um exame que muitas vezes é feito pelo computador. Alguns exames são em papel e presenciais e outros são feitos remotamente.

3. Comprovação de experiência: após passar na prova e ter a nota mínima para aprovação, alguns programas de certificação podem exigir a comprovação de experiência. Normalmente isso é feito preenchendo formulários e obtendo a assinatura de colegas ou superiores imediatos que podem atestar cada experiência.

Dicas para o profissional de TI ser bem-sucedido na carreira

Em primeiro lugar: nunca pare de estudar e capacitar. O mundo não para de mudar. Em TI essas mudanças são em tempo real e chegam até nós muito rápido. Por isso, o profissional de TI precisa estar sempre ligado nas mudanças e no que está acontecendo ao seu redor e no mundo. Procurar fazer parte de uma comunidade como PMI, ISACA, ITGI, ABMP, dentre outras, ajudará a se manter conectado com as novidades, tendências e a ficar ligado no que os outros profissionais têm feito.

Também é muito importante ter um plano. O que você faz agora e o que pretende fazer no futuro (onde quer chegar) estão intimamente relacionados. Sem um plano, o profissional pode estar investindo mal seu tempo e recursos ao buscar capacitação, títulos e certificações. Ah: conseguir se comunicar em inglês (pelo menos ler e escrever) é essencial no mundo de Tecnologia!

Se você quer estar preparado para atuar de forma efetiva nesse mercado conheça o  MBA Executivo em Gestão de Tecnologias da Informação – Liderança, Governança e Negócios do Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG) e se especialize.


Sobre Felipe Morais - CRISC, CISA, CBPP, COBIT, ITIL E ISO 20.000

É Engenheiro da Computação e tem mais de 13 anos de experiência em Tecnologia da Informação. É professor do MBA de Gestão de TI e da Formação em Gestão e Auditoria de TI no IPOG. É certificado internacionalmente em Gestão de Riscos de TI, Auditoria de TI, Governança de TI, Serviços de TI e Gestão de Processos de Negócio. Trabalhou em grandes multinacionais e participou de diversos projetos na área de tecnologia incluindo projetos internacionais. Tem grande experiência como instrutor de mais de 15 turmas preparatórias para várias certificações inclusive uma turma em Moçambique como parte de um programa de capacitação promovido pela União Europeia. Atua como consultor em projetos de auditoria de sistemas e consultoria de governança, risco e conformidade de TI.

Comentários