O que é Lean Startup? Conheça essa metodologia de negócio
5 minutos de leitura
27 de abril de 2020

O que é Lean Startup e como usar essa metodologia

O que é Lean Startup? Conheça essa metodologia de negócio

Você sabe o que é Lean Startup?

Pensando em solucionar os desafios que surgem na abertura de uma startup, muitos empresários têm buscado utilizar a metodologia Lean Startup para criação e gerenciamento desses negócios.

São estratégias de inovação e tecnologia que auxiliam a gestão a enxugar custos e reduzir os possíveis erros. 

Para entender melhor sobre isso, confira neste artigo como essa metodologia pode auxiliar os novos negócios.

O que é Lean Startup?

Lean Startup (ou Startup Enxuta) é uma metodologia de criação e gestão de startups. Esse método ensina como criar produtos desejados por clientes, gerando ciclos de aprendizado rápidos, em que as mudanças no direcionamento das estratégias da empresa aconteçam visando um crescimento acelerado.

Esse método foi criado pelo americano Eric Ries e é uma adaptação do conceito de Customer Development, de Steve Blank. No método de Steve, é ensinado como você deve direcionar os esforços de uma startup, indicando quando direcioná-la ou quando preservar suas estratégias para um crescimento acelerado.

O que é Lean Startup? Conheça essa metodologia de negócio

Ciclo de aprendizagem Lean Startup

Pesquisador da Harvard Business School, Eric adaptou essa metodologia para o mundo das empresas iniciantes e publicou o livro Lean Startup, editado no Brasil com o título Startup Enxuta.

A obra ajuda a desenvolver produtos ou serviços verdadeiramente novos sempre com foco em evitar o desperdício.

Entenda os conceitos e as diferenças entre Lean Startup e os métodos tradicionais

Os métodos tradicionais de negócios muitas vezes não atendem às demandas das startups, que possuem estratégias e objetivos bem diferentes daqueles das empresas tradicionais. Por isso, utilizar de forma estratégica a metodologia Lean é significativamente importante para o sucesso da gestão.

Confira abaixo algumas diferenças entre esta metodologia e o modelo tradicional de negócios para entender melhor o que é Lean Startup:


Lean StartupTradicional
EstratégiaBaseada em hipóteses, utiliza modelo de negócios.Baseada em implementação, utiliza plano de negócios.
VelocidadeBusca ser rápida e opera com dados suficientes para a ação.Pausada e opera apenas com dados completos para a ação.
Criação do produtoTesta hipótese no mercado e absorve feedbacks de consumidores no processo.Prepara o produto para o mercado, com um plano linear.
InsucessoUtiliza o método “pivotar”, ou seja, inverte o curso, oferecendo novas possibilidades de produtos.Muitas vezes a solução é demitir o executivo ou abandonar por completo o projeto.

Esta metodologia, que auxilia muitos empreendedores a desenvolver e lançar produtos no mercado, está apoiada em três importantes pilares:

  • Plano de negócios – a metodologia propõe que o empreendedor use uma ferramenta chamada Canvas para montar o seu modelo de negócio. Basicamente, o Canvas é um diagrama que mostra como a empresa cria valor para si e para os clientes.
  • Desenvolvimento com clientes – significa que a empresa irá conversar com potenciais usuários, compradores e parceiros, por meio de pesquisas de opinião, sobre todo e qualquer elemento do modelo de negócios, incluindo características do produto, preços, canais de distribuição e estratégias econômicas de aquisição de clientes. Para fazer isso, o empreendedor deve montar um MVP (veremos isso mais adiante).
  • Desenvolvimento ágil – neste ponto, não há perda de tempo ou de recursos, pois o produto é desenvolvido de forma interativa e incremental.

Confira no vídeo abaixo mais detalhes sobre o que é Lean Startup:

Conheça os impactos do método Lean Startup nos negócios

Ao focar no que realmente importa para o desenvolvimento da empresa, tudo acontecerá de forma mais rápida e direta. Como consequência, a produtividade aumenta, além de poupar tempo e dinheiro.

Fica claro que, ao eliminar desperdícios, os custos são reduzidos. Conforme se eliminam etapas que nada contribuem para o desenvolvimento sustentável da organização, menores serão as despesas e maior será o potencial de lucro.

Outro ponto positivo do método para startup enxuta é a maior aproximação com clientes. A aplicação correta do ciclo de feedback proposto dentro do que é Lean Startup fará com que você conheça melhor as motivações e demandas dos seus clientes, e isso criará uma intimidade maior entre eles e a sua marca.

É o primeiro passo para conseguir consumidores fiéis, justamente os que vão indicar você aos amigos e às pessoas próximas.

Confira também: [e-Book] O que o Brasil pode aprender com a cultura organizacional do Vale do Silício?

Como aplicar a metodologia Lean nos negócios?

A fabricante de automóveis Toyota foi o primeiro grande exemplo de aplicação dos princípios Lean Startup.

A eficiência era máxima, o desperdício era mínimo e os carros só eram produzidos quando a encomenda já havia sido feita (não havia mais um estoque esperando pelos compradores, como antes). Assim nasceu a ideia de Lean Startup e a cultura da Toyota.

De acordo com o livro Transformando ideias em negócios lucrativos: Aplicando a metodologia Lean Startup, de Sandra Elisabeth e Robisom D. Calado, existem alguns princípios desta metodologia que devem ser levados em conta para sua aplicação.

O sistema Lean, inspirado no modelo Toyota de Produção, dá prioridade a relações com clientes, desde a formação inicial do produto até sua produção, ampliando o retorno sobre investimento.

Veja quais sãos os 5 princípios do Lean Startup:

Empreendedores devem estar em toda parte

Seja por oportunidade ou necessidade, o ato de empreender vem se tornando mais recorrente. Por isso, é possível encontrar empreendedores em todos os lugares, desde aqueles que vendem produtos artesanais até aqueles que atendem a um nicho de mercado específico, para um produto de luxo, e têm como público-alvo consumidores de alto poder aquisitivo.

Empreender é saber administrar

Não existem empreendedores de sucesso sem uma respectiva empresa de sucesso. Ou seja, para ser um empreendedor bem-sucedido é necessário cuidar da administração de pessoas, caixa, produção, ideias e equipe. É preciso gerenciar resultados e alcançar metas. Para chegar onde chegou, um empreendedor não necessariamente administra toda a empresa, porém, ele é o responsável pelo time formado e pela gestão de pessoas.

Aprendizado testado e validado

As startups existem para ensinar a desenvolver um negócio sustentável. Este aprendizado pode ser validado cientificamente por meio de testes de mercado que avaliam a reação de clientes em relação ao produto e, assim, nortear sua necessidade de adaptabilidade.

Construir, medir, aprender

Este princípio é essencial para a compreensão do que é Lean Startup, pois define resumidamente o caminho a ser seguido para transformar ideias em negócios lucrativos. Transformar as ideias em produtos e medir a reação dos clientes são guias fundamentais a este princípio.

Contabilidade para inovação

É medir o progresso, definir marcos e priorizar trabalhos. É entender por que alguma coisa não deu certo a fundo e questionar todas os possíveis fatores para o insucesso de alguma medida. Para obter tais informações, é preciso ter um feedback do cliente, o que mostrará o melhor caminho a ser percorrido.

O ciclo de feedback Lean Startup (Build-Measure-Learn)

Um componente principal da metodologia do Lean Startup é o ciclo “construir-medir-aprender” (build-measure-learn feedback loop).

Esse ciclo destaca a velocidade de um ingrediente crítico para o desenvolvimento de produtos. A eficácia da equipe ou da empresa é determinada pela sua capacidade de idealizar, construir rapidamente um produto minimamente viável, medir sua eficácia no mercado e aprender com essa experiência.

Para isso, o primeiro passo é descobrir qual é o problema que precisa ser resolvido para que um produto minimamente viável (Minimum Viable Product = MVP) seja criado e assim o processo de aprendizagem ocorra da forma mais rápida possível.

Uma vez que o MVP tenha sido criado, a startup pode começar a ajustar o seu motor. Isso irá envolver mensuração e aprendizado e deve incluir métricas acionáveis que possam demonstrar causa e efeito.

Neste vídeo, a influenciadora digital Martha Gabriel fala mais sobre o conceito de MVP:

O Lean Startup garante que os empreendedores desenvolvam produtos que os clientes realmente querem em vez de tentar construir negócios baseados em ideias não testadas.

Apesar de não existir uma fórmula garantida de sucesso para uma empresa que vai lançar um produto, o método Lean Startup pode ser muito útil para um negócio. Ele ajuda a ter agilidade para testar uma ideia com o público-alvo de uma forma mais rápida e econômica.

O profissional que se prepara para atuar com a metodologia Lean Startup certamente está à frente no mercado, pois as empresas buscam um diferencial que possa ser revertido em benefícios para o crescimento da organização.

Por isso, é sempre importante se manter atualizado e, até mesmo, buscar formações em cursos voltados para esta área de grande visibilidade. 

Se você busca uma especialização ou quer saber mais sobre este tema, entre em contato conosco para mais informações!

Gostou do nosso conteúdo sobre o que é Lean Startup? Estamos certos de que você vai se interessar também por estes outros artigos:

Esses e muitos outros assuntos você pode conferir no blog do IPOG

Até a próxima!

Artigos relacionados

Como definir prioridades quando tudo é urgente? Talvez você já tenha ouvido inúmeras vezes a frase: estabeleça e diferencie o que é importante, urgente e trivial. Depois foque naquilo que é importante e tente delegar ou eliminar as outras. Ótimo. O problema maior surge quando tudo parece urgente, aí sim fic...
Business Model Generation: inovação no modelo de negócios O modo de fazer negócios mudou. Com tantas informações e com a rapidez das informações, seja por meio da internet ou graças à globalização, as empresas estão repensando a forma de criar e entregar seus produtos e serviços. O Business Model Generation (BMG)...
Revolução 4.0: As tendências tecnológicas para a Logística do futuro Recentemente publicamos um artigo no blog sobre o que é Inteligência Artificial e o quão presente ela está no nosso dia a dia. Hoje, voltaremos novamente ao assunto, mas para falar de um tema que é de interesse de todos: as inovações nas cadeias produtivas e n...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários