5 dicas para ser um bom gestor de saúde
2 minutos de leitura
02 de Fevereiro de 2017

5 dicas para ser um bom gestor de saúde

IPOG, Gestor em saúde

Além de exercer o papel de líder, o gestor de saúde deve saber escutar os que estão a sua volta para otimizar a execução do trabalho. O acesso à saúde privada, apesar da crise financeira do país, acabou aumentando nos últimos anos e a demanda por um atendimento de qualidade também. Por isso, listamos cinco características que um bom gestor de saúde precisa ter para desempenhar um atendimento de qualidade ao paciente. Confira:

Flexibilidade: Para lidar com pessoas, principalmente quando se trata de saúde, é essencial ter flexibilidade. O profissional precisa estar pronto para resolver qualquer problema e saber conviver com os funcionários e pacientes. É importante ainda manter o foco nas metas que devem ser cumpridas, mas sempre consciente de que o processo pode passar por alterações.

Liderança: O gestor precisa ser um dos principais apoios dos funcionários e, sempre que necessário, deve auxiliá-los na resolução dos problemas que surgem com frequência em uma unidade de saúde. O líder também deve ter uma boa visão do que está acontecendo no local de trabalho, avaliar a demanda e o atendimento para gerar mais conforto aos pacientes.

Organização: Além de saber cuidar da sua equipe, o bom líder também precisa estar atento aos demais departamentos que fazem parte do bom desempenho de uma clínica ou hospital, como os serviços de limpeza, transporte e fornecedores. A boa gestão de todo esse grupo permite que cada um realize a sua função de uma maneira mais qualificada e segura, além de organizar o processo de trabalho e muitas outras tarefas.

Empatia: é extremante importante que o líder saiba interagir em harmonia com todos os seus colaboradores. Isso promove a integração no trabalho e alimenta o espirito de equipe, facilitando a resolução de problemas que surgem a todo momento numa unidade de saúde. O gestor deve mostrar que está acessível e é aberto para escutar críticas e sugestões de sua equipe.

Inovação: A tecnologia está presente em todos os setores da vida, e na saúde não seria diferente. Com tantas pessoas para gerir, é importante ter programas para acompanhar os dados e os atendimentos de cada um, o que também facilita na hora de tomar decisões, reduzir custos de operação e melhorar a qualidade do serviço oferecido aos pacientes.

 


Artigos relacionados

Auditoria em Saúde: ferramenta de gestão em unidades de saúde No mundo globalizado, os sistemas de saúde vêm enfrentando dificuldades decorrentes da incorporação de tecnologia na assistência, em um momento de forte crise no setor financeiro, associado à crescente demanda da população cada vez mais bem informada e exigent...
Inspirando carreiras: aluna do IPOG relata sucesso profissional na atuação em Neuropsicologia Psicólogo, você já pensou na atuação em Neuropsicologia? Este campo está em plena expansão e tem o objetivo central de compreender a relação e a influência do cérebro nos processos psicológicos humanos. A empresária, psicóloga e aluna do IPOG da pós-graduação...
Profissionais de Enfermagem: conheçam as normas para divulgação profissional em meios de comunicação... Sabemos o quanto é importante divulgar informações profissionais em meios de comunicação para impulsionar a carreira. Mas será que você está fazendo isso da forma certa? Profissional de Enfermagem, você publica fotos dos seus pacientes em redes sociais? Com...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários