Quais procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos o Farmacêutico Esteta pode realizar?
3 minutos de leitura
09 de abril de 2018

Quais procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos o Farmacêutico Esteta pode realizar?

A saúde estética tem a função de promover a saúde por meio do equilíbrio entre corpo, mente e saúde com a realização de recursos e procedimentos estéticos. É uma área crescente no mercado, que atinge um grande público e a cada vez mais conquista novos adeptos.

E os números de mercado confirmam essa tendência: segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o mercado da beleza fatura anualmente cerca de R$ 42,6 bilhões de reais.

E para acompanhar o excelente desempenho do setor, cresce bastante a busca profissionais qualificados para atuar na área de estética, principalmente de farmacêuticos, que tem conquistado um grande espaço nesse mercado devido a sua formação técnica e científica e por ser também, regulamentada pelo Conselho Federal de Farmácia (CFF), a competência para realização procedimentos invasivos não-cirúrgicos na área estética.

Se você deseja conhecer um pouco mais sobre inúmeras frentes de atuação profissional do Farmacêutico Esteta para a realização de procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos, esse artigo foi feito para você. Boa leitura!  

Legislações na área de Farmácia Estética

A área de Farmácia Estética é regulamentada pelo Conselho Federal de Farmácia por meio das resoluções:

Resolução CFF nº 573/2013: dispõe sobre as atribuições do farmacêutico no exercício da saúde estética e da responsabilidade técnica por estabelecimentos que executam atividades afins.

Resolução CFF nº 616/2015: Define os requisitos técnicos para o exercício do farmacêutico no âmbito da saúde estética, ampliando o rol das técnicas de natureza estética e recursos terapêuticos utilizados pelo farmacêutico em estabelecimentos de saúde estética.

Resolução CFF nº 645/2017: Dá nova redação aos artigos 2º e 3º e inclui os anexos VII e VIII da Resolução/CFF nº 616/15.

Atribuições do Farmacêutico Esteta

Quer saber como se tornar um Farmacêutico Esteta? Então leia o artigo “Tudo o que você precisa saber sobre a atuação do farmacêutico na saúde estética”.

Para realizar procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos, o Farmacêutico Esteta deve atuar, em primeiro lugar, de acordo com o Código de Ética da Profissão Farmacêutica e ter capacidade técnica, científica e profissional para executar técnicas e recursos terapêuticos para fins estritamente estéticos, além de ter pós-graduação em saúde estética.

Procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos


De acordo com dados do Censo 2016 da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) a busca por procedimentos estéticos não-cirúrgicos cresceu 390% no período de 2014 a 2016.

Ainda segundo a pesquisa, os tratamentos mais procurados são:

1º Preenchimento

2º Toxina botulínica

Antes de realizar qualquer procedimento estético, o Farmacêutico Esteta deve ser plenamente capacitado para realizar uma avaliação para diagnosticar a real necessidade e o tratamento adequado para cada paciente. Essa técnica inclui a avaliação global para levantar o histórico clínico, hábitos e estado emocional, avaliação corporal, facial e capilar.

De acordo com as resoluções do CFF nº 573/2013, 616/2015 e 645/2017 o Farmacêutico Esteta é autorizado a realizar, em estabelecimentos de saúde estética, os seguintes procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos:

Procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos que o Farmacêutico Esteta pode realizar

Agulhamento e Microagulhamento Estético:

É uma técnica que estimula a regeneração da pele e liberação de colágeno, e com isso, forma uma nova camada de pele que possibilita o rejuvenescimento, preenchimento de rugas, estrias, entre outras imperfeições.

Toxina Botulínica:

A toxina botulínica é um produto biológico utilizado, principalmente para reduzir ou eliminar rugas e linhas de expressão.

Preenchimento Dérmico:

É um tratamento utilizado para o rejuvenescimento cutâneo, bastante utilizado para aumentar lábios, preencher lábios, reduzir cicatrizes de acne, linhas de expressão, entre outros. Os preenchedores dérmicos mais conhecidos no mercado são o ácido hialurônico, ácido poli-L-láctico (PLLA) e hidroxiapatita.

Intradermoterapia/Mesoterapia:

A intradermoterapia ou a mesoterapia é um procedimento estético indicado para redução de gordura localizada, estrias e manchas. Consiste na aplicação direta, na região a ser tratada, de injeções intradérmicas de substâncias farmacológicas.

Fio Lifting de Autosustentação:

É um método utilizado para reduzir a flacidez da pele promovendo o rejuvenescimento  facial por meio da redução das rugas finas e poros da epiderme.

É fundamental que o farmacêutico esteta conheça com profundidade e tenha capacidade e conhecimento técnico e científico dos tratamentos estéticos que deseja executar, bem como, dos possíveis efeitos no organismo.

E o que você achou desse artigo?  O conselho de hoje é: aproveite esse mercado para atuar como Farmacêutico Esteta e realizar procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos. Seja um profissional qualificado, se especialize com o curso de pós-graduação em Farmácia Estética do IPOG e construa uma carreira de sucesso.


Artigos relacionados

RDC nº 73/16: quais as principais normas para as mudanças pós-registro de medicamentos? O crescimento do mercado de medicamentos no Brasil, integrado às inovações e estudos científicos, requer da indústria farmacêutica que caminhe na mesma direção para acompanhar a evolução e atender as necessidades do setor. Para contribuir com esse processo, em...
Cirurgia plástica estética: conheça as principais orientações preventivas A busca pela transformação da aparência física por meio da cirurgia plástica estética aumenta mediante as novas técnicas cirúrgicas, aos resultados surpreendentes, ao maior acesso à classe média e pelo desejo das pessoas em alcançar o ideal da beleza e não fic...
Entenda como funciona a Avaliação Neuropsicológica Infantil Avaliação Neuropsicológica Infantil é um ramo da 'Neuropsicologia' que é uma importante área da psicologia em plena expansão no país. É uma ciência que estuda de modo aprofundado o funcionamento cerebral, os processos cognitivos superiores e suas relações com ...

Sobre Vandré Mateus

Farmacêutico há 19 anos pela Universidade Camilo Castelo Branco - SP; Mestre em Ciências da Saúde com ênfase em Atenção Farmacêutica; Especialista em Farmácia Hospitalar e Farmácia Clínica pela Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar; Capitão Farmacêutico do Hospital da Polícia Militar do Estado de São Paulo; Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar; Consultor de empresas no Ramo Farmacêutico. Professor e coordenador dos cursos de pós-graduação em Atenção Farmacêutica e Farmácia Clínica e Farmácia Hospitalar & Serviços de Saúde do IPOG.

Comentários