Empreendedorismo em TI: conheça a história do diretor da ION Tecnologia
4 minutos de leitura
21 de agosto de 2018

Empreendedorismo em TI: conheça a história do diretor da ION Tecnologia da Informação

Empreendedorismo em TI

Dedicação com muita competência”. Essa é a frase que resume a jornada profissional de Wellington Delcy de Oliveira, aluno do MBA Executivo em Gestão de Tecnologias da Informação – Liderança, Governança e Negócios do Instituto de Graduação e Pós-graduação (IPOG) e diretor da ION Tecnologia da Informação que utiliza o Empreendedorismo em TI, no seu cotidiano.

E não tem como ser diferente, pois a trajetória profissional dele foi construída e desenvolvida com muito empenho, e além disso, é bastante inspiradora.

Então aproveite esse artigo para conhecer a história de Wellington e como ele se destaca no mercado de TI.

Perfil profissional

Wellington Oliveira é analista de sistema por formação e especializado em redes de computadores. Trabalhou em várias companhias de grande porte como a Arisco, Oi, Brasil Telecom, Unilever e Leitbom.

Atuou por 8 anos como como desenvolvedor de sistemas e depois migrou o foco para a área de infraestrutura.

Em várias ocasiões verifiquei que o motivo da lentidão de sistemas era a falta de estrutura adequada, e isso me despertou uma nova possibilidade para me especializar, e hoje, a essência do meu trabalho é a infraestrutura”, justifica o aluno do IPOG sobre a mudança de atuação profissional.

Após 12 anos de dedicação para outras empresas, decidiu ser empreendedor e abriu o seu próprio negócio.  Além de ser empresário, é diretor suplente Fecomercio Goiás (gestão 2018 a 2022), membro do comitê Goiânia digital da Prefeitura de Goiânia, Conselheiro fiscal do Sindinformática (Gestão 2018 a 2022) e diretor de Associativismo da Assesspro-Go.  É uma trajetória profissional rica de reconhecimento.

Empreendedorismo em TI

Em 2008 nasce a Ion Tecnologia da Informação,  empresa especializada na área de infraestrutura, licenciamento de software, implantação de soluções de segurança e link de dados, desde o projeto e execução de rede cabeada, venda do servidor, instalação, configuração e migração das maquinas para o domínio, seja em servidores locais ou em Cloud ou virtualizados de pequenas, medias e grandes companhias. E atende grandes negócios, como: AlexIstar, MPL camisetas, Confederal Segurança, Federal Segurança, entre outras.

Leitura obrigatória para empreender na área de TI: Como empreender no mercado de tecnologia?

O MBA que faz a diferença no empreendedorismo em TI

Mesmo já estando bem posicionado no mercado, o aluno IPOG afirma que a busca pelo conhecimento deve ser constante e faz toda diferença para ter um negócio sustentável, ainda mais em uma área tão inovadora e mutável. Estudar sempre o motivou para conquistar melhores resultados na empresa.  Por isso, tomou a decisão de cursar o MBA Executivo em Gestão de Tecnologias da Informação – Liderança, Governança e Negócios do IPOG.

“O IPOG chamou minha atenção por ser uma instituição que cresceu muito nos últimos anos, pela qualidade dos cursos e pela quantidade de pessoas que relataram para mim experiências positivas com cursos, e isso demostra sua capacidade e competência. E eu não poderia perder a oportunidade de me especializar e ser profissional ainda mais capacitado”, relata Wellington.

Faz toda a diferença adquirir um conhecimento e logo já poder colocar em prática. E isso faz parte da rotina do empresário em TI. “A ION Tecnologia da Informação completa 10 anos de mercado, e hoje eu priorizo a aplicação dos métodos e ferramentas que vivencio no MBA na minha empresa. A prática em sala de aula e a experiência de mercado dos professores fazem toda diferença, pois estudamos a realidade do mercado”, conta o Aluno IPOG.

O mercado exige profissionais especializados em TI

A área de TI se desenvolve, se inova e passou por muitas mudanças nas últimas décadas. E muitas novidades ainda estão por vir. E esse mercado exige profissionais altamente capacitados e que acompanhe o ritmo das transformações digitais e da grande massa de dados gerados.

Hoje a grande maioria dos profissionais de TI no mercado tem conhecimento imediatista e superficial, isso ajuda a resolver problemas pontuais. Mas para acompanharmos e promovermos mudança, implantarmos uma cultura de TI que corresponde com a realidade e as demandas do futuro, é necessário adquirir um conhecimento aprofundado, e nesta busca o IPOG teve um papel fundamental, pois adquiri a bagarem necessária para fazer a diferença no mercado”, conta o empresário em TI.

É um mercado fascinante, aquecido e com excelentes perspectivas de crescimento.  Para atender essa demanda e não ficar à margem da evolução, o aluno IPOG reforça que os profissionais precisam ser cada dia mais eficientes, dinâmicos e dispostos para inovar, buscar novas tecnologias e metodologias de trabalho para impulsionar a sua carreira.

A qualificação profissional contribui para alavancar o crescimento de todo o setor, pois além de adquirir competências, dá a possibilidade de tornar protagonistas e disputados no mercado.

Se você deseja ter sucesso profissional nessa área busque a qualificação em instituições de referência para adquirir o melhor conhecimento, competência e conquistar muitas oportunidades profissionais pela construção de networking”, orienta Wellington Oliveira.

A trajetória profissional de Wellington é muito inspiradora. Conheça também a história Ricardo Matos, empresário na área de TI, que nos contou como explora novos negócios em tecnologia com a Pós-graduação.

Você quer se preparar para atuar nesse mercado? Confira como uma pós-graduação pode melhorar sua carreira.


Sobre Wellington Delcy

Analista de sistemas, especialista em redes de computadores, professor de cursos profissionalizantes do SENAC, diretor da ION Tecnologia da Informação, diretor suplente Fecomercio Goiás (gestão 2018 a 2022), membro do comitê Goiânia digital da Prefeitura de Goiânia, Conselheiro fiscal do Sindinformática (Gestão 2018 a 2022), diretor de Associativismo da Assesspro-Go e aluno do MBA Executivo em Gestão de Tecnologias da Informação - Liderança, Governança e Negócios e diretor da ION Tecnologia da informação.

Comentários