Como empreender no mercado de tecnologia?
4 minutos de leitura
17 de julho de 2018

Como empreender no mercado de tecnologia?

empreender no mercado de tecnologia

Já pensou em empreender no mercado de tecnologia? Se esse é o seu objetivo, saiba que no mundo todo, há décadas, os gastos corporativos com tecnologia só crescem. É isso mesmo, há oportunidades a serem aproveitas por aqueles que possuem a veia empreendedora.

Cenário de oportunidades

De acordo com pesquisa da consultoria Deloitte, seis em cada dez executivos têm reservado recursos para investir em tecnologia da informação, com o foco em ampliar a produtividade. Mesmo em tempos de instabilidade econômica do país, empresas continuaram investindo, em média, 7,6% de suas receitas líquidas nesse setor.

As ocorrências de crimes cibernéticos dentro das organizações e com usuários da internet também chamam atenção, pois ampliam a cada ano, exigindo uma busca constante por recursos tecnológicos de segurança. Para se ter uma ideia, o Brasil é o segundo país com maior número de vítimas de crimes cibernéticos, ficando atrás apenas da China.

Mais de 60 milhões de casos foram registrados somente em 2017, gerando prejuízo de cerca de R$ 22 bilhões em 12 meses, de acordo com pesquisa da Symantec, empresa de soluções de segurança na internet.

Os ataques mais comuns são:

Seja para ampliar a produtividade de equipes, preservar a segurança de dados importantes para um negócio ou reduzir as vítimas de cibercriminosos, o mercado de tecnologia evidencia que há uma necessidade real de profissionais qualificados para empreender e trabalhar com as mais diversas atividades do setor, como:

  • Big data;
  • Internet das coisas (loT);
  • Segurança cibernética;
  • Desenvolvimento de software;
  • Armazenamento em nuvens;
  • Mobilidade;
  • Datacenter e virtualização;
  • Segurança de redes;
  • E muito mais!

Perfil do profissional que empreende no mercado de tecnologia

É claro que não existe uma fórmula mágica para se tornar um empreendedor e aproveitar essas oportunidades. No entanto, a maioria dos empreendedores na área de tecnologia possui características similares, entre elas:

  1. Disponibilidade e empenho para adquirir conhecimentos técnicos, incluindo os que se referem a negócios;
  2. Analisam cenários de mercado e são identificadores de oportunidades;
  3. São capazes de se dedicar ao negócio;
  4. São flexíveis e compreendem quando uma proposta ou estratégia não é rentável ou relevante;
  5. Não criam expectativas fora da realidade;
  6. São abertos para aprender com novas experiências;
  7. Avaliam de forma racional todos os riscos que envolvem o negócio.

Se identificou com a maioria dessas características? Então é bem provável que você tenha o perfil para empreender no mercado de tecnologia.

Dicas para empreender no mercado de tecnologia

Dica 1: Entender o ramo de atuação

A primeira dica para quem deseja tirar um projeto da gaveta e torná-lo real é entender sobre o ramo de atuação que deseja empreender. Um dos principais fatores que pode levar um negócio a começar mal é não compreender as particularidades do segmento.

De acordo com um levantamento do IBGE, menos de 40% das empresas sobrevivem após cinco anos de sua abertura. Um percentual que chama atenção e demonstra a necessidade de investir em conhecimento e entendimento de mercado antes de dar o ponta pé inicial.

Dica 2: Invista em parcerias

Muitas vezes, para começar um negócio, é necessário buscar parcerias. Isso mesmo, unir esforços com outros profissionais, e quem sabe até mesmo optar por ter sócios.

E embora seja muito vantajoso contar com outras pessoas para estruturar uma empresa, é preciso saber escolhe-las muito bem e alinhar expectativas. Afinidade, compreensão, entendimento dos desafios, ter visões que se complementam são alguns dos pontos que devem ser levados em consideração na hora de iniciar um negócio em conjunto.

Dica 3: Analise a escalabilidade do negócio

De nada adianta investir em um negócio de TI sem ter em vista a sua escalabilidade. Invista em métricas que possam demonstrar suas possibilidades de crescimento, continue procurando a necessidade de seus clientes e busque formas inovadoras de atendê-los, assim você poderá manter o seu negócio ativo e prosperando.

Dica 4: Seja rápido no lançamento de um produto ou serviço

Geralmente, quando um novo produto ou serviço está prestes a ser lançado, é comum que surjam ideias de melhorias, principalmente que envolvam funcionalidades para o usuário. No entanto, lembre-se que é preciso ser rápido para certificar a viabilidade do que será oferecido ao cliente. No caso das startups, por exemplo, a perda de tempo pode ser algo fatal para o negócios.

Novas ferramentas e funcionalidades podem ser adicionadas aos poucos, considerando as observações dos próprios usuários do produto ou serviço lançado.

Dica 5: Invista em conhecimento

Para que o seu negócio possa prosperar, é de extrema relevância buscar continuadamente o conhecimento. Aposte em cursos de curta duração, acompanhe profissionais que são referências na área, busque estar antenado nas tendências de mercado ou ainda opte por uma especialização.

O MBA Executivo em Gestão de Tecnologia da Informação – Liderança, Governança e Negócios do IPOG oferece essa preparação para que o empreendedorismo no mercado de tecnologia seja cada vez mais significativo e inovador.

Agora que já mencionamos aqui quais são as principais dicas para aproveitar as oportunidades do setor de tecnologia, fica a pergunta: e você, está preparado para empreender? Conte para nós nos comentários.


Artigos relacionados

Como o Diagnóstico Organizacional pode salvar sua empresa? Assim como as pessoas, as empresas também adoecem, mas, de uma forma diferente. Nesse período de crise vivido no país, o cenário econômico acabou sofrendo uma retração no consumo e trazendo às empresas problemas mercadológicos, financeiros, estruturais etc. E,...
Perícia Forense: confira como Juliana Neris se prepara para seguir carreira A preparação para obter melhores oportunidades de trabalho no segmento da tecnologia passou a ser mais que necessária e desafiadora. O cenário atual demonstra que o ambiente virtual se tornou um dos principais meios de comunicação e informação para a sociedade...
Saiba como se prevenir dos Crimes Cibernéticos Como sabemos, o mundo está cada vez mais conectado e a consciência digital, independentemente da idade, é o caminho mais seguro para o bom uso da internet, que, inclusive, está sujeita às mesmas regras de ética, educação e respeito ao próximo. Com o crescen...

Sobre Marsal Melo

Professor IPOG, Analista de Sistemas, Especialista em Gerenciamento de Projetos e Mestrando em Administração de Empresas (UFG). É Consultor em Gerenciamento de Projetos e Processos certificado PMP, Mentor do Centro de Empreendedorismo e Inovação da UFG e Coach pelo IBC. É Diretor da Empresa Efeta Soluções, Presidente do PMI-GO e Diretor de Comunicação da ASSESPRO-GO. Possui mais de 20 anos de experiência na área de Tecnologia da Informação e Gestão de Equipes, Processos e Projetos.

Comentários