Internet Segura: 10 dicas para se prevenir!
2 minutos de leitura
07 de Fevereiro de 2017

Internet Segura: 10 dicas para se prevenir!

IPOG, Internet segura

Para que possamos ter mais cuidado ao navegar na internet é preciso, primeiramente, bom senso em todos os cliques. Por onde passamos, fica registrado o endereço de IP (Internet Protocol) do computador que estamos utilizando.

Também é importante ressaltar que uma série de artimanhas são utilizadas todos os dias por criminosos que tentam infectar esses computadores com softwares maliciosos (vírus). Eles buscam capturar informações de nossas transações financeiras para futuramente retirarem dinheiro ou fazerem compras com esses dados.

Algumas dicas que podem te ajudar a navegar com mais segurança na internet são:

1 – Instalar antivírus/firewall

Ter mecanismos de segurança é importante em qualquer computador ou aparelho com acesso à internet.

2 – Instalar antispyware

Muitos esquecem, mas uma das maiores ameaças vem de programas utilizados para recolher informações. Combata-os.

3 – Ter o software atualizado

Ir atualizando os seus mecanismos de segurança é igualmente importante para combater as ameaças mais recentes.

4 – Esteja atento aos links

Não acesse sites que não conhece ou que parecem duvidosos. Se possível, prefira HTTPS a HTTP.

5 – Escolha boas passwords

Nunca é demais relembrar: use palavras-passe únicas e seguras e evite senhas facilmente decifráveis (como 12345678).

6 – Várias contas de e-mail

Se precisar de se registar em algo menos importante, não utilize o seu e-mail principal. Crie uma conta secundária e evite o spam.

7 – Cuidado com os dados

Dados pessoais e a senha do banco, por exemplo, nunca são informação partilhável. Principalmente por e-mail!

8 – Cuidado com os downloads

Quando algo é grátis, nós somos o produto. Desconfie de software gratuito, de download fácil em sites duvidosos.

9 – Esteja atento ao wi-fi

Se uma rede wi-fi está disponível perto de si, pense duas vezes antes de facultar dados ou abrir contas ao navegar.

10 – E, a mais importante de todas: Use o bom senso

Sempre que se deparar com um link mencionando que é possível mudar a cor do seu Facebook ou algo do género, desconfie. O seguro morreu de velho…

Para saber mais informações sobre Internet Segura, conheça o curso de Pós-Graduação de Perícia Criminal e Ciências Forenses.

 


Artigos relacionados

Como o estudo de manchas de sangue contribui com uma investigação criminal? O sangue é o líquido corporal geralmente mais encontrado em crimes e é exposto por várias circunstâncias e em diferentes superfícies, tais como: roupas, armas e em outros suportes presentes em um local de crime. Durante um assalto com derramamento de sangue, p...
Balística Forense: perícia em armas de fogo e munições A arma de fogo é um dos principais instrumentos utilizados para perpetrar homicídios. De acordo com o Atlas da Violência 2017, estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em 2015, 71% dos c...
A evolução da Bitcoin: a moeda virtual de maior popularidade dos últimos anos Em 1990, a internet viu emergir um movimento que ficou conhecido por cyberpunks, composto por hábeis programadores entusiasmados com o potencial de independência conferido pela internet, em uma época em que ela estava distante da regulamentação governamental. ...

Sobre Walber Pinheiro

Doutorando em Ciências da Informação pela Universidade Fernando Pessoa em Porto (Portugal) e coordenador do curso de Computação Forense e Perícia Digital do IPOG.

Comentários