O poder do Geomarketing: Estratégias eficientes para atingir o público almejado
4 minutos de leitura
11 de julho de 2017

O poder do Geomarketing: Estratégias eficientes para atingir o público almejado

Geomarketing, IPOG, Estratégia, Público, Comunicação, Marketing, Estratégias de marketing, Público Alvo

Antes de entender o que é Geomarketing, é necessário saber como esta estratégia surgiu. Os smartphones conferiram à sociedade uma nova forma de se comunicar em tempo real, de onde estiver, apenas dependendo do sinal de internet para ser visto, observar e falar com o restante do planeta.

Junto dessa habilidade comunicacional também se permitiu identificar mais facilmente onde as pessoas estão, quais seus hábitos, locais que mais frequentam, ou seja, uma série de informações cruciais que todo gestor de marketing precisa para atingir exatamente o público que almeja e ser mais assertivo em suas campanhas.

As pistas que são deixadas durante a navegação nas redes sociais, por exemplo, com os frequentes check ins dos locais frequentados, possibilita se traçar um verdadeiro mapa de preferências, hábitos e consumos de cada um dos internautas, principalmente os mais atuantes nas postagens. Hoje, é possível se desenhar o perfil do público alvo, suas preferências e hábitos sem que se dedique ao pagamento de pesquisa de comportamento. As redes sociais são um laboratório completo e cheio de dados a respeito.

O que é exatamente o Geomarketing?

Geomarketing deriva exatamente desse potencial de informações advindas com o advento das redes sociais e a navegação irrestrita. As marcas, atentas a essas valiosas informações têm buscado segmentar seus públicos, compreender melhor seus hábitos para desenhar de forma mais assertiva suas campanhas. A localização das pessoas pode ser facilmente obtida pelo endereço IP, ou quando é deixado o GPS ativado no celular. Com isso, as pessoas, mesmo sem perceber, estão enviando valiosos dados para as empresas sobre o seu dia a dia, sua rotina, seu trajeto diário, e seu consumo.

Para entender melhor o geomarketing basta você fazer uma auto análise das suas últimas interações na internet. Se você postou sobre quais foram as suas refeições, onde escolheu passar seus momentos de lazer, fez check ins em restaurantes, bares, ou estabelecimentos comerciais em geral, você mesmo já ofereceu uma série de informações sobre a sua pessoa que mostra quais são suas preferências.

Assim, um gestor de marketing que busca atingir pessoas com características semelhantes às suas pode passar a observar formas mais eficientes de impactá-las, locais estratégicos para fazer as propagandas, pois entende que onde você circulou seja frequentado por pessoas com as mesmas características que as suas.

Resumindo: geomarketing consiste em traçar estratégias de marketing que englobe inteligência de mercado sobre localização voltado para a otimização de campanhas, tendo em vista impactar o público alvo no local certo, na hora exata, com os produtos e serviços que eles habitualmente consomem.

Os produtos derivados das ações de geomarketing não precisam necessariamente ser entregues de forma presencial. Eles podem resultar em anúncios virtuais direcionados, mensagens, notificações, email marketing ou blog posts produzidos exclusivamente para o público alvo.

Como aplicar o geomarketing na idealização de campanhas?

Levantamos algumas maneiras que você pode utilizar facilmente o geomarketing como parte das estratégias para campanhas e ações pontuais. Veja a seguir, inspire-se nas que melhor vão lhe render resultados e sucesso nesta abordagem.

Site com georeferenciamento ativo

Ao navegar pela internet, você já se deparou com sites que lhe perguntam: “esse site deseja saber a sua localização?”. Toda vez que você responde que autoriza, está enviando uma poderosa informação a esse site de onde está e quais conteúdos personalizados pode passar a receber. Dessa forma, tanto a parte de conteúdo quanto a de propagandas exibidas são georeferenciadas de acordo com a sua localização.

Check- ins

Os famosos check- ins que as pessoas fazem ao chegarem aos locais são informações valiosas. Muito locais condicionam o oferecimento de algum serviço ou desconto quando o usuário faz check in no estabelecimento. Por exemplo, para se utilizar o wi fi grátis é preciso fazer o check in antes. Essa estratégia confere popularidade ao local.

Por exemplo, um laboratório de análises clínicas, ou mesmo um restaurante que condicionem o oferecimento de descontos após o check in tem o seu nome popularizado entre a rede de contato das pessoas que estão naquele momento no estabelecimento. Como reforço de marca é uma excelente estratégia, visto que boa parte das pessoas fazem suas escolhas baseado nas referências dos amigos. 

Geotargeting

Essa é uma das formas mais eficientes de segmentação de público já vista nos últimos tempos. Por meio do geotargeting as campanhas são apresentadas ao internauta de acordo com sua localização. Isso poupa tempo e dinheiro dos departamentos de marketing que não precisam pagar por anúncios em nível global se estão concentrados em determinada cidade, por exemplo.

Plataformas como Google Adwords e Facebook Ads coletam dados a partir de endereço de IP dos usuários para facilitar a distribuição de anúncios nas campanhas. Com isso, você pode selecionar os locais que deseja anunciar no país, em qual região, estado, enfim, a localização do público que quer impactar. As ferramentas chegam a oferecer uma estimativa de alcance para cada seleção.

 Geofiltros

Essa inovação lançada pelo Snapchat, os geofiltros possibilita a inserção da localização do usuário pelo GPS, usando em alguns casos o nome da cidade, ou até mesmo o bairro onde a pessoa está. O mais interessante é que as próprias empresas podem criar geofiltros com a identidade da marca, disponibilizando aos usuários que estiverem em seu estabelecimento ou evento.

Leia Mais: 

Investir em vídeos como iscas para novos negócios

Por que é importante manter os princípios da comunicação no trabalho digital?

Como trabalhar a curadoria de conteúdo no Marketing Digital

Oito práticas de alto impacto para o Marketing Digital

 


Artigos relacionados

Como inserir minha empresa no meio digital? Se você pensa que o seu negócio ainda não tem tamanho para fazer anúncios e nem para aparecer na mídia, está na hora de rever conceitos. Hoje em dia o mercado proporciona várias opções de mídias que permitem a inserção de anúncios por valores bem baixos. Telev...
Por que é importante manter os princípios da comunicação no trabalho digital? Sem dúvida as novas tecnologias e a popularização do uso da internet abriram um leque gigante de possibilidades para os profissionais de comunicação. Para quem trabalha na área, é importante estar atualizado e conhecer os temas do momento, como marketing digit...
Investir em vídeos como iscas para novos negócios A internet criou diferentes formas para as empresas interagirem com seu público alvo. As redes sociais e o canal Youtube abriram uma janela de fomento à produção de vídeos irrestrita, onde hoje, qualquer pessoa com um smatphone consegue produzir e divulgar sua...

Sobre Cláudio Chiusoli

Professor convidado do MBA Marketing & Inteligência Digital do IPOG. Pós Doutorando na PUC/PR (2016), Programa de Pós-Graduação em Gestão Urbana, Linha de pesquisa: Política Pública, Gestão Pública e Administração Municipal. Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo (2005), área de concentração em marketing. Mestrado de administração pela Universidade Norte do Parana (1999). Pós graduação de marketing (1994), comportamento organizacional (1998) e em estatística (UEL-2005). Graduação em Economia pela Universidade Estadual de Londrina (1993) e Curso de aperfeiçoamento em gestão administrativa na Drexel University - Filadélfia, Pensilvânia, Estados Unidos (2000). Atuou como pesquisador e consultor na área mercadológica para diversas empresas e como credenciado ao Sebrae. Atualmente é professor da UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste (Guarapuava) - Departamento de Administração (DEADM).

Comentários