Economizar ou investir?
< 1 minuto de leitura
11 de Maio de 2017

Economizar ou investir?

Economizar ou investir

Em 2016 muito se ouviu falar em economia, dicas para conter o fluxo de caixa empresarial, corte de despesas, entre várias outras expressões que caracterizam a contenção de gastos. O mercado sofreu consideravelmente com os cortes pessoais por conta da crise financeira pela qual o Brasil passa. Mas, e agora? Se a perspectiva para 2017 é boa, o que deve ser feito? É hora da sua empresa investir o que tem ou continuar economizando e se preparar para possíveis problemas financeiros?

Para te auxiliar e responder essas questões, procuramos quem entende do assunto: o especialista em estratégias e coordenador do MBA Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças do IPOG, Camilo Cotrim. Para ele, este ano é o momento certo para as duas coisas, economizar e investir! Ficou confuso? Calma que vamos explicar o porquê.

Economizar:

Por mais que seja um ano com uma expectativa financeira favorável, ainda é necessário economizar, afinal 2017 não será tão fácil assim portanto é preciso ter cautela. As empresas precisam gerir muito bem seus gastos e os custos.

É uma tarefa de casa nada fácil, mas de grande importância para todas as empresas independente do ramo seguido, ainda mais em períodos de instabilidade como o que estamos”, explica o professor.

Investir:

Neste ano os investimentos estão menos arriscados, mas atenção! Atue em projetos prioritários para a sua empresa! Escolha aqueles que são mais necessários para os negócios, concentre a energia empresarial apenas neles. Não importa que sejam poucos, desde que sejam aqueles que projetem a empresa. Não desperdice energia à toa e, consequentemente, você evitará sofrer com um fluxo de caixa desequilibrado.

Artigos relacionados

5 razões para fazer um MBA em Gestão de Projetos Cada vez mais, empregadores de diversos segmentos têm procurado profissionais competentes em gestão de projetos. Eles buscam profissionais qualificados, com competências como: gestão do tempo, implantação de estratégias, administração eficiente do cronograma d...
Danos Morais: o impacto nas organizações e os caminhos para evitá-los Somente nos dois primeiros meses de 2018 (janeiro e fevereiro), a Justiça do Trabalho somava 22.069 processos de Indenização por Danos Morais, segundo levantamento que trata dos assuntos mais recorrentes na JT, divulgado em abril. No Ranking que acompanha o l...
Cíntia Rodrigues: foco na carreira e qualidade sempre à mesa com MBA em Gestão da Segurança dos Alim... Qualidade e segurança sempre foram pilares nos processos de produção e distribuição de alimentos no Brasil. Afinal, é prezando por esses aspectos que a indústria constrói a sua reputação positiva interna e externamente e eleva a confiança do consumidor, que b...

Sobre Camilo Cotrim

Mestre em Contabilidade pela FUCAPE Business School. Pós-graduado em Estratégia; Pós-graduação em Docência do Ensino Superior. Especializou-se em Finanças/Sebrae, em Franchising/ Franchising University/SP e Lead Assessor – MCG/Batalas. APG Sênior Amana-Key. Especialização, MBA em Gestão Organizacional Franklin Covey/IPOG; formado em administração pela PUC/GO. Formação de Conselheiro pelo IBGC - Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Iniciou sua carreira no Sistema Sebrae em 1991 permanecendo por 11 anos, onde exerceu cargos de consultor, instrutor de treinamentos e gerente de projeto. De 2001 a 2007 atuou no segmento da educação superior onde exerceu cargo de Diretor Administrativo Universidade Salgado de Oliveira – (Universo), assumindo também as funções de Professor na graduação, pós-graduação, coordenador de pós-graduação, coordenador de Estágios e professor da graduação até 2015. Em 2007 assumiu a função de diretor no Hospital São Francisco de Assis, prestando também assessoria e consultoria a entidades de classe hospitalares em Goiás. Empreendeu como sócio em indústria de pequeno porte, empresa de consultoria (Dókimos), (Ressonância Magnética); Foi sócio da Dr. Atende JÁ!. Atualmente exerce a função de Conselheiro e realiza mentoria a executivos para preparação para sucessão familiar. Coordena o curso MBA em Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças Corporativas. É professor de pós-graduação no IPOG. Sócio da ELLEVTI Inteligência em Negócios; Sócio da Prospera.

Comentários