Oito dicas para realizar um bom Feedforward com seus liderados
2 minutos de leitura
14 de outubro de 2016

Oito dicas para realizar um bom Feedforward com seus liderados

IPOG, Feedforward

Com certeza por várias vezes você já ouviu falar sobre feedback, que é a resposta que o emissor tem a partir da reação que o receptor teve a sua mensagem. Mas, e o feedforward, você conhece?

Ele está relacionado à capacidade de um líder de oferecer ideias e orientações para os seus liderados visando aperfeiçoar suas competências, focando no presente e no potencial de entrega futura que o indivíduo tem.

Para você que é um líder, seja no seu trabalho, na sua casa ou em qualquer meio que você atue, a professora Cynda Bressan listou oito dicas para realizar um bom feedforward que vão te ajudar a incentivar o trabalho de suas equipes:

Primeira dica –  Ao falar com seu colaborador seja genuíno e estabeleça um vínculo entre vocês, um vínculo de confiança.

Segunda dica – Tenha um foco da conversa em um futuro promissor, que o colaborador assuma um compromisso de melhoria com foco em um futuro promissor.

Terceira dica – Crie um ambiente de acolhimento, positividade e tranquilidade para essa conversa, não é uma conversa de corredor, é uma conversa que precisa ser planejada e trabalhada.

Quarta dica – Crie uma estratégia de comunicação diferenciada enquanto líder, aprenda como é sua estratégia de comunicação líder, o que você tem de diferente para se comunicar e use nesse momento, nessa conversa.

Quinta dica – Mostre que é possível para o seu colaborador executar essas mudanças, e que você estará como suporte para ele nessas mudanças. Dê o apoio que ele precisa.

Sexta dica – Esse é o momento para a troca de ideias, então é o momento que os dois podem falar abertamente, podem trocar ideias. A ideia é de um pode ajudar o outro a construir uma ideia melhor, então não vá com ideias pré-formadas, permita-se ao novo.

Sétima dica – Aproveite esse momento para despertar potenciais adormecidos do seu colaborador, ele pode ter muito mais a entregar que você imagina, mas esse potencial está lá adormecido porque ninguém foi capaz de tocá-lo e também de trabalhá-lo até hoje.

Oitava dica – Esse é um momento para os dois se autoconhecerem. Então, é um momento para conhecer pontos que podem ser desenvolvidos no comportamento dos dois e também pontos que são muito bons e devem ser reconhecidos, elogiados e valorizados.

Ficou interessado neste assunto? Conheça o MBA Liderança Integral & Gestão Organizacional (FranklinCovey)


Artigos relacionados

O que as ferrovias têm a ver com a economia de um país? Nos últimos 50 anos, as ferrovias brasileiras vem sofrendo com a falta de investimento na construção de novas linhas férreas, em detrimento do desenvolvimento do modal rodoviário, haja vista que poucas obras foram iniciadas pelo governo federal e, dessas pouca...
Business Intelligence: Estratégia a favor de melhores resultados corporativos Você sabe qual o segredo que permite aos pilotos de avião fazerem pousos precisos mesmo sem ter o mínimo de visibilidade necessária? Eles são orientados de outras formas, recebendo instruções de operadores de tráfego aéreo e de aparelhos que calculam precisame...
Como abrir falência da sua empresa em dois anos e em três passos Antes de falarmos sobre os passos para falir a sua empresa, pense num mundo alternativo, no qual o ambiente de negócios não sofra mudanças econômicas, políticas ou sequer tecnológicas. Um mundo no qual não tivéssemos tido Einstein ensinando sobre a relatividad...

Sobre Cyndia Bressan

Mestre em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de Brasília/UnB. Possui graduação e licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará/UFC. Atualmente é docente, coordenadora dos cursos: MBA Gestão de Pessoas por Competências e Coaching; MBA Gestão de Pessoas por Competências, Indicadores e Resultados do IPOG

Comentários