A visão contemporânea de gestão de pessoas nas organizações
5 minutos de leitura
13 de setembro de 2018

A visão contemporânea de gestão de pessoas nas organizações: como será o seu futuro?

gestão de pessoas nas organizações

Já parou para pensar no quanto a gestão de pessoas nas organizações é fundamental? Uma empresa só existe e funciona porque é administrada por pessoas, com pessoas e para pessoas. E, da mesma forma, ela pode deixar de existir e de funcionar justamente por ter as pessoas em seu centro.

É algo que parece óbvio, mas importante a ser dito. Uma organização que não conta com uma  gestão de pessoas na atualidade de forma efetiva pode acumular sérios problemas em vários níveis, pois o sucesso e o lucro, bem como a falência e as despesas, são resultados que também estão sob a responsabilidade das pessoas que atuam nesta empresa.

Do que se trata a gestão de pessoas nas organizações?

Basicamente, a gestão de pessoas nas organizações consiste no gerenciamento e administração do capital humano, um dos principais recursos de uma empresa. É comum que este trabalho seja desempenhado por um departamento profissionalizado, o “coração” da organização, pois todos os colaboradores e demais departamentos estão relacionados aos processos e políticas de RH.

Atualmente, com as necessidades e demandas voláteis do mercado, toda a tecnologia que o ronda e o mundo VUCA, o departamento de Gestão de Pessoas tem os seguintes desafios:

Comunicação: fator indispensável para a Gestão de Pessoas na atualidade

A comunicação interna e entre pessoas pode ser um problema quando não é dada a sua devida atenção nas empresas, principalmente entre os departamentos estratégicos.

Um desafio que precisa de uma liderança mediadora para apaziguar os conflitos de interesse de forma inteligente, e com espírito de equipe. Nesse sentido, a comunicação se torna a estratégia principal para a resolução de crises futuras.

Por isso, é importante que a formação dos profissionais atuais também esteja voltada para o desenvolvimento da comunicação. Assim, os gestores de RH poderão liderar equipes e colaboradores de forma firme, segura e assertiva.

Gestão de Pessoas x Gestão de Talentos

Dois caminhos tornam possíveis a resolução não somente da falta de comunicação, mas de tantos outros problemas dentro de uma empresa: a gestão de talentos e a gestão de pessoas nas organizações, que possibilitam o cuidado e a integração dos profissionais de uma equipe.

Quem explica é a coordenadora do MBA Gestão de Pessoas por Competências, Indicadores e Coaching do IPOG, Cyndia Bressan:

Gestão com pessoas

É a capacidade da liderança, seja a do RH ou de qualquer outra área, contribuir para a administração das pessoas, por meio de habilidades, métodos, políticas, técnicas e práticas que estejam alinhadas aos objetivos e interesses da organização. Aqui, o principal interesse é gerir os requisitos formais, políticas e documentos internos e externos relacionados às pessoas.

Gestão de talentos

É gerir as pessoas das organizações. Os gestores de talentos são aqueles que trazem os melhores e mais criativos resultados e soluções para os problemas da empresa. Eles são ainda responsáveis por motivar, engajar, incentivar, organizar políticas e fazer várias outras ações que mantenham o colaborador alinhado e engajado com a empresa em que trabalha.

Á título de curiosidade, o relatório do The Boston Consulting Group (BCG) apontou o gerenciamento de talentos como o item mais importante de um departamento de Recursos Humanos. É um tipo de gestão cujo foco está em reter equipes de alto desempenho e identificar talentos nas organizações.

A visão contemporânea de gestão de pessoas

Ambas gestões são importantes e merecem atenção, no entanto, a Gestão de Talentos está mais relacionada ao RH estratégico e a uma gestão mais contemporânea de pessoas.

Muitas empresas não têm prestado atenção nesse movimento e continuam ligadas a uma gestão tradicional, com o departamento pessoal focado no operacional e em práticas mais simples, como a seleção e contratação.

Contudo, assim como a gestão de talentos, a gestão de pessoas nas organizações tem total potencial para ser exercida de forma estratégica, gerando mais resultados, desenvolvendo colaboradores de forma mais efetiva e contribuindo para o bom controle da empresa.

Um dos pontos que diferem a gestão de pessoas na atualidade de pessoas do RH tradicional é o enfoque dado aos resultados da empresa por meio de indicadores.

Neste caso, é feita uma análise mais quantitativa e que, ao mesmo tempo, leva em consideração o indivíduo na sua singularidade, expectativas, qualidade de vida, compatibilização entre trabalho e vida social e na sua capacitação constante.

Dito isto, vale a pena conferir algumas das políticas mais utilizadas pelas grandes empresas. São práticas que tornam a gestão de pessoas na atualidade mais estratégica e englobam as seguintes atividades:

1) Reconhecimento

Reconhecer que o funcionário é uma parte muito importante no engajamento de todos os outros funcionários da empresa. Os colaboradores se sentem mais motivados quando são reconhecidos pelo trabalho que exerceu, ou ainda quando recebem um elogio dos seus superiores.

2) Incentivo

Se você quer uma forma direta de dizer a sua equipe que você gosta e valoriza o seu trabalho, faça o uso do incentivo eventual. Sempre que houver algum evento onde você acredita que um membro do seu time contribuiu diretamente para o resultado, dê uma premiação. Isso é uma boa gestão de pessoas nas organizações!

3) Comunicação e Transparência

A transparência é muito discutida em relação aos gestores e investidores. Porém, a transparência dentro da empresa é tão importante quanto. Saber definir e, principalmente, transmitir com clareza as políticas de recursos humanos da sua empresa é vital para mantê-los motivados e engajados.

4) Benefícios Corporativos

Aumente o poder aquisitivo do seu funcionário sem ter que aumentar o seu salário. Oferecer convênios com empresas que sejam relevantes para ele e para a sua família resulta em uma percepção positiva de valor do colaborador e ainda permite que o funcionário equilibre melhor a sua vida dentro e fora do trabalho.

E como será o futuro dessa gestão de pessoas nas organizações?

O futuro da gestão de pessoas nas organizações é muito promissor na medida em que as empresas estão percebendo a importância cada vez maior dos indivíduos e das contribuições diferenciadas que estes podem dar às organizações.

A transformação digital tem gerado mudanças significativas no ambiente corporativo, revelando um futuro que, na verdade, já começou. Portanto, a tecnologia está aí para automatizar rotinas e processos, gerar mais produtividade e contribuir para uma gestão de pessoas na atualidade que seja mais estratégica.

A tecnologia é muito importante, mas ela não existe sem alguém por trás para comandar tudo, então, no futuro, a tendência é que as pessoas sejam cada vez mais valorizadas. Mas, para que isso também aconteça, elas terão que se capacitar para fazer a entrega diferenciada de resultados por meio da satisfação pessoal e de indicadores organizacionais.

Por fim, políticas e técnicas já aplicadas atualmente tendem a ser aperfeiçoadas e mais personalizadas, de acordo com as metas, objetivos, visão e missão de uma empresa. E com o uso das novas tecnologias, esse aprimoramento pode se dar de forma mais interativa, participativa e democrática em uma organização.

Gestão de pessoas na atualidade: como ele deve se preparar?

Cyndia destaca que o diferencial para quem se especializa nessa área é o conhecimento amplo, não apenas sobre ferramentas para potencializar a entrega de resultados.

Mas também um autoconhecimento que lhe possibilitará ser o líder de destaque na empresa, aquele que vai ter mais êxito na comunicação, uma visão geral do ambiente organizacional e das possibilidades das pessoas nesse ambiente.

Gostou deste conteúdo e quer saber como aperfeiçoar sua atuação na definição de bons planos de carreira, otimizar seu processo de recrutamento e seleção, e melhorar sua avaliação de desempenho e envolvimento de forma eficiente?

Então aproveite e leia também o ebook Gestão de pessoas: a solução para 5 desafios que toda empresa enfrenta. Com certeza ele será um guia importante e prático para a sua carreira.


Artigos relacionados

5 práticas para se tornar um gestor financeiro de sucesso O gestor financeiro é aquele profissional multitarefas, encarregado de conduzir o bom andamento financeiro de uma organização. Sua tarefa inclui muitas atividades desafiadoras que envolvem a análise, organização, controle e planejamento de novos objetivos de n...
Equipes de alta performance: conheça as estratégias de Dirk Zobiak aplicadas nas redes de hotéis De descendência alemã e legitimamente brasileira, o administrador de empresas, Dirk Jurgen Santos Zobiak ocupa a gerência geral de um dos principais hotéis da capital do Piauí, em Teresina. Contando mais de 13 anos de experiência no setor hoteleiro, Dirk condu...
Qualidade de vida no trabalho: como a logoterapia ajuda a obtê-la? Cada vez mais tem se falado sobre ser feliz no trabalho, sobre propósito e desenvolvimento do potencial humano. Mas será que é realmente possível ter qualidade de vida no trabalho? Afinal, a primeira coisa que nos vem à cabeça quando falamos de trabalho são...

Sobre Cyndia Bressan

Mestre em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de Brasília/UnB. Possui graduação e licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará/UFC. Atualmente é docente, coordenadora dos cursos: MBA Gestão de Pessoas por Competências e Coaching; MBA Gestão de Pessoas por Competências, Indicadores e Resultados do IPOG

Comentários