Pós-Graduação: Ferramenta de Aprimoramento e Ascensão Profissional
4 minutos de leitura
02 de outubro de 2017

Inspirando Carreiras: Aluno IPOG conta como utilizou a pós-graduação como ferramenta de aprimoramento e ascensão profissional

Inspirando Carreiras

Uma das principais conquistas possibilitadas àqueles que optaram pela docência é poder observar em sala de aula o crescimento intelectual de seus alunos, e se sentirem partícipes dessa evolução consciente.

Esses momentos justificam todas as noites dedicadas em busca de conteúdos mais atrativos, de cases que envolvam e levem os alunos a desenvolver uma visão crítica e analítica sobre a profissão que exercem. Além, é claro, da projeção conquistada por meio do conhecimento adquirido na pós-graduação.

Constantemente me sinto realizado por intermédio de meus alunos. Muitos deles me fazem reafirmar diariamente a minha escolha pela sala de aula, mesmo que isso me obrigue a ter uma jornada dupla dividida entre o escritório e a sala de aula.

Em homenagem a eles, escolhi compartilhar neste blogpost a vivência de um aluno em especial, daqueles que nos orgulhamos por sermos reconhecidos como mentor: apresento a vocês a história de Adriano Souza Fernandes.

A busca por conhecimento

Quando Adriano chegou ao Instituto de Pós Graduação IPOG veio em busca de um curso que lhe oferecesse uma visão mais ampla sobre gestão financeira, optando pelo MBA Gestão de Negócios, Controladoria & Finanças Corporativas,  do qual sou coordenador.

À época, ele ocupava a gerência financeira da Soluti – Soluções e negócios inteligentes. Chegou determinado a ampliar seu conhecimento para aplicar diretamente no cotidiano gerencial, contribuindo para a condução da empresa à liderança nacional do setor.

Assista ao vídeo de Adriano Fernandes:

Como desafios, Adriano tinha pela frente:

  • estruturar um departamento que contava com três colaboradores diretos, incluindo ele mesmo;
  • redigir relatórios que servissem de base para as tomadas de decisões do conselho financeiro;
  • estabelecer rotinas administrativas que levassem ao aumento da lucratividade;
  • implantação de ERP

Com todas essas atribuições em mente, Adriano se apresentava a cada final de semana de aula disposto a absorver cada detalhe importante do conteúdo.

Sempre atento ao conhecimento transmitido pelos professores, e compartilhado pelos colegas de sala, que lançavam inteligentes questionamentos sobre desafios condizentes às suas realidades profissionais. Tudo era absorvido e refletido por Adriano, na tentativa de transportar as soluções encontradas para sua realidade empresarial.

Pós-graduação: o desenvolver do curso

Durante o curso Adriano foi construindo uma verdadeira ponte que ligava as discussões travadas em sala de aula ao aprimoramento levado para dentro da empresa, exatamente na semana seguinte às aulas.

Cada conteúdo apresentado o inspirava a colocá-lo em prática na semana seguinte aos encontros da pós. E afirmo isso pois observei de perto esse seu empenho, sempre o orientando nas dúvidas apresentadas, para permitir que a prática das teorias fossem perfeitamente aplicáveis ao seu dia a dia.

Cada case estudado, seja de sucesso ou de fracasso, era refletido e servia de base para suas tomadas de decisão na empresa. Sua contribuição foi sendo reconhecida a ponto de receber como incumbência a gerência administrativa da empresa, passado apenas um ano de seu ingresso na Soluti, e vir a ocupar a diretoria administrativo financeira no ano seguinte.

Uma ascensão meteórica, digamos assim, onde em dois anos de dedicação ele passou de gerente a diretor de uma área tão estratégica.

O reconhecimento

Hoje, Adriano participa ativamente das tomadas de decisões que conduzem a empresa ao posto de referência nacional em certificação digital. Atualmente, a Soluti está em todos os estados brasileiros, com mais de 2 mil postos de atendimento e uma rede que soma quase 100 distribuidores nacionais. Ela representa 15% do mercado nacional do segmento, e trabalha para alcançar a liderança, ocupando hoje o segundo lugar.

Apesar de ser reconhecida pela certificação digital, a Soluti passou a oferecer uma série de produtos na área da tecnologia, focados na segurança da informação e na identificação e validação de documentos eletrônicos. Diante dessa evolução, o conhecimento passou a ser fundamental para se administrar uma empresa com tamanho potencial e desafios administrativos.

Postura profissional

O que fez de Adriano um case de sucesso para o IPOG foi a sua postura de eterno aprendiz. Ele foi em busca do conhecimento e não de um diploma. Entrou em sala de aula disposto a absorver o máximo que os professores e alunos tinham a oferecer, e tratou de aplicar na prática tudo que viu na teoria.

Aproveitando as experiências mal sucedidas como exemplo do que não fazer, e testando soluções assertivas para o crescimento da empresa. Sua pró atividade foi determinante para a conquista de postos dentro da empresa, somado à sua postura de buscar junto aos docentes a solução para questões desafiadoras que tinha pela frente.

Na parte financeira, Adriano levou para dentro da empresa o método apresentado em sala de aula de planejamento orçamentário. Assim como os conceitos de controladoria, que lhe abriram horizontes e fizeram com que ele buscasse conhecer de perto a rotina de cada departamento. Além disso, a aplicação dos conteúdos de liderança foram fundamentais para a sua ascensão profissional.

Segundo o próprio Adriano refletiu em uma das conversas que tivemos sobre sua ascensão profissional.

Os fatores que fizeram com que eu chegasse à diretoria que ocupo hoje foram meu desempenho e dedicação, sempre priorizando a empresa e seus desafios. Então abri mão de muitas horas de descanso para entender a empresa em sua totalidade.

Acredito que a busca pelo conhecimento foi preponderante para a minha ascensão profissional. Por meio dela, pude alinhar teoria e prática e apresentar resultados. Todas as minhas decisões são baseadas na vivência da teoria aplicada à prática, e isso me fez crescer e levar a empresa a outro patamar”, refletiu Adriano.

 

 


Artigos relacionados

Por que você vai se dar mal se fizer tudo sozinho? Claro que todos temos nossos períodos de baixa, que estamos de mal conosco e frustrados com o que estamos fazendo ou, principalmente, com os resultados que estamos gerando. Diante disso, a gente até pensa em ficar sozinho. Porém, até nesses momentos, a maioria...
Conheça as vantagens da Logística Reversa Você sabe o que é Logística Reversa e reconhece a sua importância para o meio ambiente? Diariamente, toneladas de lixos são descartadas de forma incorreta nos lixões ou aterros, que não são preparados para a proteção à saúde pública e meio ambiente.E é pen...
Tendências tecnológicas: 5 dicas para potencializar os seus negócios Vivemos em uma era plenamente envolvida pelas facilidades advindas do desenvolvimento tecnológico. Hoje, temos praticamente todas as nossas atividades resolvidas no alcance de um clique. Saber tirar proveito dessas facilidades se tornou um fator crucial para o...

Sobre Camilo Cotrim

Formado em Administração de Empresas, pós-graduado em Estratégia, especialista em Finanças, mestrando em Contabilidade e Coordenador do curso de MBA Gestão de Negócios, Controladoria e Finanças Corporativas do IPOG.

Comentários