Quais são os indicadores de qualidade que a ANS avalia em um hospital?
3 minutos de leitura
23 de outubro de 2017

Quais são os indicadores de qualidade que a ANS avalia em um hospital?

De acordo com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), no Brasil existem 6.787 hospitais, sendo que 70% são privados e 30% são públicos. À medida que a busca por serviços de saúde crescem, os custos de gestão e manutenção dos hospitais também aumentam. Diante disso, o grande desafio é conseguir oferecer qualidade na prestação de serviços de saúde. Para avaliar a qualidade do serviço de saúde em unidades hospitalares, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) mede o padrão de assistência prestada à população por meio do desempenho de três indicadores de qualidade:

  • Segurança do Paciente;
  • Acreditação;
  • Índice de readmissão hospitalar;

Primeiro indicador da ANS: Segurança do Paciente

A Resolução de Diretoria Colegiada – RDC nº 36/2013 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)  normatiza a criação do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) em unidades hospitalares com a finalidade de promover e apoiar a implementação de ações voltadas para a segurança do paciente.

De acordo com o Artigo 6º da RDC nº 36/2013, esse indicador exige que os hospitais, por meio do Núcleo de Segurança do Paciente adotem os seguintes princípios e diretrizes:

“I – A melhoria contínua dos processos de cuidado e do uso de tecnologias da saúde;

II – A disseminação sistemática da cultura de segurança;

III – A articulação e a integração dos processos de gestão de risco;

IV-  A garantia das boas práticas de funcionamento do serviço de saúde;”

Acreditação em Saúde

Acreditação é um sistema de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde. Esse processo é uma tendência mundial. Nos Estados Unidos, por exemplo, diversos hospitais também buscam a certificação em Acreditação em Saúde.

A Organização Nacional de Acreditação (ONA), por exemplo, é uma das entidades licenciadas para certificar a qualidade de serviços de saúde em instituições de saúde do Brasil com foco na segurança do paciente e na gestão da qualidade. Com a certificação os hospitais mostram para a sociedade que oferecem serviços de saúde com máxima qualidade.

Se você tem interesse em se capacitar para atuar na implantação das ferramentas de qualidade e do processo de Acreditação em instituições de saúde, conheça o curso de curta duração do IPOG em Gestão da Qualidade e Acreditação em Saúde.

Índice de readmissão hospitalar

Esse indicador avalia o número de pessoas que retornaram ao hospital em até 30 dias da última alta. Quanto menor o índice de reincidência de internação, melhor é o atendimento oferecido pelo hospital.

É um parâmetro fundamental de qualidade, pois mostra que o hospital investe em melhorias e gerencia de forma eficaz todos os aspectos relacionados com o quadro clínico e cuida de modo efetivo da saúde do paciente durante a internação para que ele se recupere e sinta-se bem após a alta, evitando o retorno ao hospital.

Indicadores de qualidade em números

Em 2016 a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou a relação de hospitais que atingiram os indicadores de qualidade e detectou que:

  • 133 hospitais possuem certificado de Acreditação máxima em qualidade;
  • 133 hospitais atenderam às exigências da ANS com relação ao índice de readmissão hospitalar;
  • 1338 hospitais possuem o Núcleo de Segurança do Paciente Cadastrado na ANVISA;

Esses números, se comparado com quantidade de hospitais no Brasil, demostram a deficiência em qualidade e a grande oportunidade que os hospitais têm em melhorar o sistema de gestão de qualidade. É emergente que os hospitais invistam em recursos para atingir uma melhor performance em qualidade e oferecer o melhor serviço de saúde para o paciente.

O grande desafio para gestores hospitalares é  conquistar altos padrões de qualidade para oferecer serviços de saúde com máxima qualidade aos pacientes,  atender as exigências dos órgãos regulatórios e consequentemente  obter uma vantagem competitiva e financeira da instituição no mercado.

Se você precisa se qualificar para enfrentar os desafios urgentes desse setor e implantar ferramentas que contribuirão para a melhoria da qualidade nos serviços de saúde, conheça o MBA em Gestão & Auditoria em Sistemas de Saúde do IPOG e se especialize para se destacar nesse mercado de trabalho tão promissor.


Artigos relacionados

Quais os benefícios da gestão de hospitais públicos por Organizações Sociais de Saúde (OSS)? Peter Drucker, considerado o pai da administração moderna, já afirmava em 1999 que as organizações da área da saúde são as mais complexas para gerenciar, como as OSS. Essa menção ainda é muito atual, principalmente quando nos deparamos com os desafios da gestã...
Conheça as principais normas do Código de Ética Médica Se você atua na área médica, seja como profissional da saúde, do Direito ou até mesmo um gestor hospitalar, você sabe que a medicina é regida pelo Código de Ética Médica. Mesmo diante de uma profissão tão regulamentada e com a ciência cada vez mais avançada, a...
15 dicas para gerenciar custos em uma unidade de saúde Gerenciar os custos de uma unidade de saúde não é uma das tarefas mais fáceis. A ordem do atual cenário econômico é economizar. Os gestores de instituições de saúde encaram diariamente o desafio de gerenciar custos dos hospitais para garantir a sustentabilidad...

Sobre Hernani Vaz Kruger

Mestre em Gestão de Tecnologia e Inovação em Saúde, pelo Hospital Sírio-Libanês - IEP. Graduado em Administração de Empresas pela PUC-Goiás. Especialista em Administração Hospitalar pela São Camilo e em Auditoria de Serviços de Saúde pelo IAHCS e Instituto Francisco Ludovico. Professor Auxiliar do Departamento de Medicina da PUC-Goiás. Professor de cursos de graduação e pós-graduação, tendo atuado na Universidade Estadual de Goiás, nos cursos de Gestão de Organizações de Saúde, Gestão Pública e Ciências da Computação, e na Uni-Anhangüera, no MBA de Administração Hospitalar, e atualmente no IPOG, no curso de Gestão e Auditoria em Sistemas de Saúde, entre outros. Representante do Estado de Goiás, no Departamento de Saúde Suplementar da Confederação Nacional de Saúde, e Diretor da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar DF/GO. Palestrante e Consultor. É Diretor Administrativo do Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz – HUGO, maior hospital público do Estado de Goiás, sob a gestão da OSS Instituto GERIR.

Comentários