Tudo que você precisa saber para ser um auditor em sistemas de saúde
3 minutos de leitura
18 de janeiro de 2018

Auditoria em sistemas de saúde: tudo que você precisa saber para ser um auditor

Você que atua na área da saúde, sabe da importância da auditoria em sistemas de saúde? Se não sabe, não se preocupe. Nesse artigo vamos apresentar os principais benefícios de uma auditoria e tudo que você precisa saber para ser um auditor. Boa leitura!

A auditoria em sistemas de saúde tem a função de analisar se a gestão e procedimentos realizados em uma instituição de saúde estão em conformidade com objetivos da organização, legislação, normas regulatórias e serviços de saúde prestados ao paciente, considerando os protocolos assistenciais e as boas práticas médico-hospitalares.

O número de organizações da área da saúde cresceu ao longo da última década e cada vez mais cresce também o número de serviços de saúde. De acordo com dados de outubro/2017 do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) são mais 308.200 serviços de saúde cadastrados no Ministério da Saúde.

Diante desse cenário, a auditoria é uma importante ferramenta para gestão e sustentabilidade do negócio que oferece serviços de saúde. As organizações de saúde, sejam públicas ou privadas, precisam cada vez mais de profissionais qualificados para atuar de forma eficaz em sua gestão.

A auditoria não é apenas uma ferramenta de conferência aos protocolos de hospitais ou de outras unidades de saúde, é na verdade, um poderoso instrumento de gestão capaz de nortear estratégias do negócio, identificar erros, melhorias e ações preventivas e verificar como os processos estão sendo conduzidos.

Que profissional pode ser um auditor em sistemas de saúde?

A auditoria em sistemas de saúde pode ser realizada por médicos, odontólogos, enfermeiros, nutricionistas, farmacêuticos, entre outros profissionais da saúde, e também por profissionais de diferentes formações, como exemplo administradores, advogados, contadores, que atuem ou desejam atuar na área da saúde.

Benefícios da auditoria em sistemas de saúde:

  • Buscar a conformidade em todos os processos;
  • Identificar e corrigir erros;
  • Reduzir custos;
  • Melhorar processos;
  • Garantir mais qualidade na prestação do serviço de saúde ao paciente;
  • Identificar ações preventivas;
  • Controlar riscos;
  • Identificar fraudes;

Quais habilidades necessárias para um auditor em sistemas de saúde?

  • Entender todos os processos de uma auditoria;
  • Habilidades de gestão e liderança;
  • Conhecer normas, legislação e políticas de saúde;
  • Habilidades de planejamento;
  • Respeitar as pessoas, protocolos e procedimentos;
  • Ser transparente;
  • Ter uma visão estratégica;
  • Ter sigilo profissional;
  • Ser responsável;
  • Ser imparcial;
  • Ser ético;
  • Saber produzir relatórios de forma clara e verdadeira;
  • Conhecer todos as áreas e processos da empresa que irá auditar;

O auditor não pode ser um profissional que aponta erros e culpados. Principalmente se considerarmos que os processos de auditoria causam tensão e ansiedade nas pessoas. O auditor precisa ter uma abordagem voltada para ensinar, orientar, construir conhecimento e influenciar as pessoas na busca por melhorias.

O auditor não tem poder de tomada de decisão. O profissional, a partir dos resultados da auditoria, apresenta o cenário encontrado ao gestor da empresa e indica possíveis ações para melhoria e conformidade de processos.

Auditoria na prática:

A auditoria tem a função de verificar se as atividades estão de acordo com o planejado. Ela pode ser interna, quando executada pela própria instituição de saúde, ou externa, realizada por um órgão externo, como agência reguladora do setor, secretaria da saúde, Tribunal de Contas e operadoras de planos de saúde.

Por exemplo: Em uma ação para combater uma epidemia de gripe de uma determinada região, uma unidade pública de saúde planejou vacinar 10.000 idosos durante um mês. O orçamento liberado pelo Governo para essa ação foi de R$15.000,00.

Como saber se essa ação foi executada com eficácia e em conformidade com as normas públicas? Será que a vacinação foi feita de maneira eficiente e impactou na redução dos casos de gripe?

Essas perguntas podem ser respondidas a partir de uma ação de auditoria. A equipe que for auditar a unidade de saúde no exemplo acima, irá verificar se essa ação atingiu a quantidade de pessoas, reduziu a incidência de gripe na região e se foi realizada conforme a data, local, período, procedimentos e orçamento planejado.

Como ser um auditor em sistemas de saúde?

Para se tornar um auditor em sistemas de saúde você precisa buscar uma qualificação para atuar nessa área. Com o MBA Gestão & Auditoria em Sistemas de Saúde do IPOG você terá competência técnica e habilidades necessárias para atuar nesse mercado de trabalho promissor e realizar auditorias em sistemas de saúde.


Artigos relacionados

Quais são os direitos trabalhistas dos médicos? O mês de maio é sempre um período oportuno para discutirmos sobre os direitos trabalhistas. Afinal, no dia 1º de maio, é o Dia do Trabalho e também, uma data importante para nossa história, no ano de 1943, em que se aprovou a Consolidação das Leis do Trabalho ...
Quais procedimentos estéticos invasivos não-cirúrgicos o Farmacêutico Esteta pode realizar? A saúde estética tem a função de promover a saúde por meio do equilíbrio entre corpo, mente e saúde com a realização de recursos e procedimentos estéticos. É uma área crescente no mercado, que atinge um grande público e a cada vez mais conquista novos adeptos....
Quais são os indicadores de qualidade que a ANS avalia em um hospital? De acordo com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), no Brasil existem 6.787 hospitais, sendo que 70% são privados e 30% são públicos. À medida que a busca por serviços de saúde crescem, os custos de gestão e manutenção dos hospitais também a...

Sobre Hernani Vaz Kruger

Mestre em Gestão de Tecnologia e Inovação em Saúde, pelo Hospital Sírio-Libanês - IEP. Graduado em Administração de Empresas pela PUC-Goiás. Especialista em Administração Hospitalar pela São Camilo e em Auditoria de Serviços de Saúde pelo IAHCS e Instituto Francisco Ludovico. Professor Auxiliar do Departamento de Medicina da PUC-Goiás. Professor de cursos de graduação e pós-graduação, tendo atuado na Universidade Estadual de Goiás, nos cursos de Gestão de Organizações de Saúde, Gestão Pública e Ciências da Computação, e na Uni-Anhangüera, no MBA de Administração Hospitalar, e atualmente no IPOG, no curso de Gestão e Auditoria em Sistemas de Saúde, entre outros. Representante do Estado de Goiás, no Departamento de Saúde Suplementar da Confederação Nacional de Saúde, e Diretor da Sociedade Brasileira de Hotelaria Hospitalar DF/GO. Palestrante e Consultor. É Diretor Administrativo do Hospital de Urgências de Goiânia Dr. Valdemiro Cruz – HUGO, maior hospital público do Estado de Goiás, sob a gestão da OSS Instituto GERIR.

Comentários