Dia da Consciência Negra: entenda o que a data significa
2 minutos de leitura
16 de novembro de 2017

Dia da Consciência Negra: o que a data significa?

Consciência Negra

No dia 20 de novembro de 2011, foi determinado o dia Nacional de Zumbi e também o Dia da Consciência Negra, instituído pela Lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011. O objetivo da data é promover uma reflexão sobre a introdução dos negros na sociedade brasileira.

O dia escolhido faz menção à morte do líder do Quilombo dos Palmares, Zumbi, que morreu em 1695 por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho. O povoado, localizado entre os estados de Pernambuco e Alagoas, abrigava aproximadamente 20 mil quilombolas.

A homenagem a Zumbi foi e ainda é mais do que justa, devido a representação histórica do povo negro contra a escravidão, no período do Brasil Colonial. O líder morreu em combate, defendendo seus ideais, seu povo e sua comunidade. Os quilombos além de representar uma resistência contra o sistema escravista, era uma forma coletiva de manutenção da cultura africana no Brasil.

Projeto de lei

Um projeto de lei número 10.639, do dia 9 de janeiro de 2003, obriga as escolas a colocarem em sua grade curricular, a história de nossas raízes negras. Não deixando para trás, claro, as origens indígenas e portuguesas. Contudo, enfatizando algo que era de direito se transformar em lei.

A partir da sanção da mesma, as instituições passaram a ter que implementar o ensino da cultura africana, a luta do povo negro no país e de toda história afro-brasileira, nas áreas sociais, econômicas e políticas. O conteúdo é ministrado nas aulas de História, e em todo currículo escolar, inclusive nas disciplinas de literatura, artes e música. Sendo aplicados em todas as escolas do ensino Fundamental e Médio das redes públicas e privadas.

Demonstrando através da história para as crianças e reforçando para os adolescentes, a enorme miscigenação brasileira em todo território nacional. Conseguindo comparar diversas culturas, valorizando, promovendo e respeitando as diferenças, na busca da destruição do preconceito.

Celebrar esta data é relembrar e debater as diferenças raciais que imperam no Brasil, e em países afro-descendentes no mundo todo, ainda nos dias atuais. Além de reforçar a relevância de cada pessoa no processo de construção de um mundo sem preconceitos.

Dentro desta ótica, na era moderna, alguns líderes do movimento negro se destacaram pelo mundo. Sendo marcantes pelo modo que agiram em busca de uma igualdade inexistente para a época. Agitaram o mundo, movimentaram ideais, quebraram barreiras, e por fim conquistaram seus objetivos. Dois entre os mais relevantes foram Martin Luther King e Nelson Mandela, seguindo de suas celebres frases:

“A única arma para melhorar o planeta é a Educação com ética. Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor da pele, por sua origem, ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar.”- Nelson Mandela

 

“Eu tenho um sonho: o de que, um dia, nas colinas vermelhas da Geórgia, os filhos dos antigos escravos e os filhos dos antigos senhores de escravos poderão se sentar juntos à mesa da fraternidade.”-Martin Luther King

 

Artigos relacionados

O que uma contadora foi buscar em uma Formação em Docência? Não, Auxiliadora nunca deu aulas, nem sequer teve o papel de professora em alguma disciplina do curso de Contabilidade, sua área de atuação. Mesmo assim, se interessou e se matriculou na Formação Prática em Docência Superior do IPOG, um curso de curta duração....
O Poder da Oratória: Melhore suas técnicas e torne-se um profissional inspirador! Voz trêmula, pernas bambas, suadeira nas mãos, tontura e às vezes até náuseas. Esses são alguns dos sinais que podem indicar que você tem problemas para falar em público. Essa resistência geralmente é identificada no período estudantil. Sabe aquele momento ...
Galgar sonhos: Aluno explica como o IPOG ajudou em sua mudança de carreira Respirar, pensar, repensar, decidir e executar a ação de abrir mão de quase metade do curso e iniciar outro para realizar um sonho. Para vários estudantes, isso pode ser uma tarefa impossível, mas para Victor Salatiel Cintra a escolha mudou o rumo da sua vida ...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários