Projetos de paisagismo: 9 tendências para aplicar em em 2023
5 minutos de leitura

9 tendências para aplicar em projetos de paisagismo em 2023

O mundo do paisagismo está em constante evolução e, a cada ano, novas tendências surgem para inspirar designers e arquitetos. Por isso, é importante ficar atualizado para garantir que seus projetos de paisagismo estejam alinhados às expectativas dos clientes modernos.

Para ajudar você a investir certo no setor, o IPOG conta com um blog sempre atualizado sobre os principais temas de arquitetura, engenharia e design. Além disso, a instituição oferece cursos que acompanham essas tendências e são um grande diferencial no currículo.

Neste artigo, apresentaremos nove tendências que estão moldando o mundo do paisagismo e que devem ser sucesso em 2023. Elas vão inspirar e ajudar você a elevar seu trabalho para o próximo nível. Confira!

O que é um projeto de paisagismo?

Um projeto de paisagismo é uma representação gráfica na qual constam, de forma detalhada e personalizada, todas as informações necessárias de como será executado o trabalho. Ele é criado por profissionais qualificados e experientes, como arquitetos paisagistas, e inclui elementos como plantas, flores, árvores, grama, pedras e outros elementos decorativos.

O objetivo é criar um ambiente bonito, funcional e harmonioso, que atenda às necessidades e aos desejos do cliente. Ao mesmo tempo, o projeto considera aspectos técnicos, orçamentários e ambientais.

Portanto, projetos de paisagismo podem ser aplicados em áreas residenciais, comerciais e públicas. Além disso, devem ser feitos por um profissional que tenha conhecimento não só de botânica, mas também de arquitetura.

Aplicações de projetos de paisagismo

Existem diversas aplicações para projetos de paisagismo, desde espaços residenciais até áreas públicas e comerciais. Abaixo, seguem algumas das principais:

  • jardins residenciais: criação de um ambiente acolhedor e agradável para o lazer e a convivência familiar;
  • áreas verdes em empresas: espaços de convivência para funcionários e clientes, além de valorizar a imagem da empresa;
  • praças públicas: projetos que promovem o uso do espaço público e proporcionam áreas de lazer para a comunidade;
  • parques e áreas de preservação ambiental: projetos que visam à preservação de áreas naturais, garantindo sua conservação e possibilitando sua utilização para atividades de lazer;
  • áreas de lazer em condomínios: para os moradores, como piscinas, quadras e áreas verdes.

9 tendências de projetos de paisagismo

Novas tendências estão surgindo, trazendo ideias e possibilidades para projetos de paisagismo. Nesta lista, separamos aquelas que devem estar na lista de prioridades dos projetos solicitados pelos clientes.

Confira, a seguir, as principais inovações que ajudarão você a criar designs de paisagem únicos e atraentes para seus clientes.

1. Jardim vertical

Tornou-se uma tendência por conta dos apartamentos pequenos, pois esse modelo usa a parede como jardim, economizando espaço no chão. Basicamente, as plantas são cultivadas verticalmente em um suporte, e a ideia é modernizar e trazer novas possibilidades para o espaço.

Com certeza, é uma tendência que veio para ficar, já que além de ser criativa e inovadora, possibilita que a pessoa tenha um jardim, mesmo que seja em um espaço reduzido.

2. Canteiro elevado

O canteiro elevado ficou em alta por economizar espaço e ser mais vantajoso para quem não pode se abaixar com frequência.Trata-se de uma estrutura alta, que pode ser feita com madeira ou pallets.

Além disso, é perfeito para quem deseja montar uma horta, pois oferece condições mais favoráveis de crescimento.

3. Cor terracota

A cor terracota vem se destacando e segue em alta neste ano. Ela deve aparecer nos elementos de paisagismo, como vasos, paredes e móveis, retomando os tons de laranja que estavam em alta nas décadas de 1960 e 1970.

O uso da cor pode trazer um toque rústico e elegante ao ambiente, e a proposta é utilizar em harmonia com outras cores naturais, como o verde das plantas.

4. Jardim em vaso

O jardim em vaso é outra tendência de projetos de paisagismo para 2023, porque nem sempre há espaço para plantio no solo. Nesse caso, é preciso escolher o vaso de acordo com as necessidades da planta e reunir vários deles juntos, fazendo uma combinação interessante de decoração.

O ideal é mesclar diferentes tipos de plantas, usando vasos que tenham algo em comum entre si, como uma cor ou o design. Dessa forma, é possível garantir um visual mais harmônico para o espaço.

5. Móveis de madeira

Os móveis de madeira estão em alta e podem ajudar a compor a decoração do jardim, ajudando a criar um ambiente mais natural, sofisticado e agradável.

É possível investir em móveis como sofás, cadeiras, poltronas e mesas feitas de madeira. Contudo, é fundamental estar ciente que a madeira necessita de um tratamento adequado a fim de resistir bem à umidade.

6. Jardim sustentável

A ideia do jardim sustentável é, basicamente, reutilizar materiais que você já tem para compor o espaço ou usar itens que seriam descartados, como pneus e embalagens.

Além disso, devem ser materiais que não agridam a natureza e que aproveitem as plantas e as árvores que já se apresentam no local. A sustentabilidade está entre as principais tendências em projetos de paisagismo em 2023.

7. Design biofílico

É uma tendência baseada na conexão entre seres humanos e natureza. O objetivo é criar espaços verdes e naturais que imitam os padrões e os processos da natureza, proporcionando um ambiente saudável e agradável para as pessoas.

Essa tendência busca trazer benefícios para a saúde física e mental, reduzindo o estresse, melhorando a qualidade do ar e aumentando a produtividade.

8. Hortas em casa

A principal ideia dessa tendência nos projetos de paisagismo é poder cultivar os próprios alimentos em casa, independentemente do tamanho do espaço disponível.

As hortas em casa podem ser criadas em espaços pequenos, como varandas, sacadas e jardins, utilizando técnicas como hidroponia, aquaponia e compostagem para maximizar o espaço disponível. Além de economizar dinheiro, é uma fonte de satisfação pessoal ao cultivar e colher seus próprios alimentos.

9. Jardins minimalistas

Os jardins minimalistas são baseados na simplicidade e no uso mínimo de elementos no design da paisagem, sendo ideais para quem tem uma rotina corrida, além de ser uma opção sustentável, uma vez que utilizam poucos recursos e requerem menos manutenção.

A ideia é utilizar e aproveitar elementos naturais de forma precisa, criando um visual elegante e sofisticado. Nesse modelo, usam-se poucas plantas e materiais na decoração, de forma deixar o conjunto mais leve e amplo, além de simétrico.

Como o profissional pode se preparar para as novas tendências?

Para se preparar para as novas tendências de paisagismo, o profissional deve, primeiramente, estudar. É essencial manter-se atualizado, buscar especializações, fazer cursos e participar de eventos.

Tudo isso ajuda a fortalecer o networking, abrir novas oportunidades de negócios e fazer com que o profissional descubra técnicas inovadoras para conquistar mais clientes.

Além disso, à medida que novos materiais e técnicas surgem, você deve pesquisar e experimentá-los para descobrir como podem ser utilizados em seus projetos.

Conheça o Master em Paisagismo do IPOG

O Master em Paisagismo do IPOG tem como enfoque principal a prática do projeto paisagístico estreitamente relacionado ao projeto arquitetônico e aos seus conhecimentos específicos.

Esse é um nicho pouco explorado academicamente, mas com grande demanda de mercado.

O escopo teórico e conceitual, assim como os métodos, incorporam técnicas de composição do espaço a partir de características estéticas, funcionais e ecológicas. Assim, a prioridade é que cada projeto esteja adequado ao caráter do usuário e do contexto, em que a vegetação assume papel relevante na estruturação de espaços, tanto internos como externos.

Módulos do curso

  • Paisagismo Contemporâneo: Conceitos e Escalas
  • Vegetação como Elemento de Projeto
  • Design Biofílico Aplicado ao Paisagismo
  • Paisagismo Produtivo
  • Infraestrutura Verde: Design Ecológico da Paisagem
  • Representação Gráfica para Projetos Paisagísticos
  • Iluminação no Paisagismo
  • Práticas Projetuais: Espaços Residenciais
  • Práticas Projetuais: Espaços Privados Coletivos
  • Práticas Projetuais: Espaços Públicos
  • Implantação de Projetos de Paisagismo
  • Gestão de Orçamentos e Contratos

Aulas on-line e ao vivo

No IPOG, o curso é ofertado na modalidade remota, com aulas ao vivo e on-line. Dessa forma, os estudantes têm uma maior flexibilidade e um acesso facilitado a uma formação de qualidade excepcional.

Além disso, o curso consegue quebrar barreiras geográficas e se encaixar melhor na rotina de trabalho.

Professores de referência no setor

Os professores que integram o Master em Paisagismo têm expressivo renome e reconhecimento no mercado. Eles trazem para a sala de aula aprendizados que contribuirão para aprimorar sua carreira, além de estabelecer conexões significativas que poderão ser valiosas para seu networking profissional.

São mestres e doutores com destaque na área acadêmica, mas também com projetos pessoais de destaque – oferecendo grande suporte na formação do estudante.

Elabore os melhores projetos de paisagismo com o apoio do IPOG

Dê um passo rumo à evolução de sua carreira profissional. Invista no Master em Paisagismo do IPOG e esteja por dentro de todas as tendências de projetos de paisagismo.

Entre em contato por meio da página do curso, preencha o formulário e fale com nossos consultores de carreira.

Artigos relacionados

MASTER BIM: conheça a metodologia que veio para inovar os projetos de arquitetura e engenharia! Se você, caro leitor, é um profissional da indústria AEC (Arquitetura, Engenharia e Construção Civil), provavelmente já deve ter ouvido falar da metodologia BIM. Mas a conhece realmente e compreende a extensão de sua funcionalidade e importância para o planeja...
Neuroarquitetura em ambientes corporativos: como se destacar em obras para grandes empresas A forma como os ambientes são decorados influencia o nosso cérebro, inclusive, há uma ciência que estuda isso. Ela se chama neuroarquitetura e foi desenvolvida pela união do neurocientista Fred Gage com o arquiteto John Paul Eberhard. Especialmente par...
O que a decoração dos lares diz sobre seus moradores? Parte da história da vida das pessoas está escrita na decoração de seu lar – e carrega informações, como hieróglifos a serem desvendados. A escolha de estilos, cores, composições e peças oferece pistas sobre os traços da personalidade dos moradores de uma casa...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo IPOG. Responsável : Bruno Azambuja - Gerente de Marketing - bruno.azambuja@ipog.edu.br