#MulheresNoComando: as arquitetas que encontraram no empreendedorismo uma forma de emocionar as pessoas
2 minutos de leitura
19 de março de 2018

#MulheresNoComando: as arquitetas que encontraram no empreendedorismo uma forma de emocionar as pessoas

Em 2015, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), divulgou um estudo o qual constatava a presença de 7,3 milhões de mulheres empreendedoras no Brasil. Isto representa uma crescente autonomia da mulher brasileira, a qual tem conquistado espaços importantes para o seu desenvolvimento no mercado de trabalho, o que aponta para um futuro mais equilibrado entre homens e mulheres.

Foi a busca pela afirmação e ocupação no mundo corporativo que levou as amigas Adine Barreto e Patrícia Correia a empreender. Arquitetas por amor e formação, ambas, naturalmente, entraram em contato com o empreendedorismo ainda na faculdade. Mas foi a partir de experiências no mercado de trabalho, que as duas resolveram buscar algo que preenchesse a necessidade de trabalhar com aquilo que as desse prazer e retorno.

União de forças, de criatividade e sonhos. Essa foi a soma perfeita que as levaram a trabalhar com decoração, mais especificamente com a produção de quadros-cofre. Por ser diferente e novo no mercado goiano, o produto logo começou a fazer sucesso entre os clientes e as duas resolveram criar a própria empresa: BaCor DeCoração. No mercado há apenas 1 ano, a BaCor já emocionou pessoas no Brasil inteiro com seus quadros.

Ao falar de empreendedorismo, as amigas concordam que as mulheres precisam mesmo ir atrás de seus sonhos e arriscar as suas fichas em um negócio, se é esse o desejo delas. Nesse sentido, o empoderamento feminino tem contribuído, segundo elas, para criar uma rede de apoio mútuo, onde mulheres apoiam outras mulheres.

E com o objetivo de proporcionar uma espécie de “rede” online, o IPOG preparou um ebook especialmente para as mulheres que desejam empreender. Neste material, você saberá mais detalhes sobre a trajetória das empresárias Adine e Patrícia, bem como de outras mulheres que encontraram no empreendedorismo a materialização de seus sonhos. Então conheça aqui essa e mais outras histórias de empreendedoras que podem inspirar a sua! Baixe o Ebook gratuito.

Assista o vídeo:


Artigos relacionados

#MulheresNoComando: porque juntas elas são mais fortes “Empreender é aprender”. A frase é de autoria das amigas Maria Valente e Wiara Pimenta, empresárias que se conheceram por alimentar a mesma paixão pelo empreendedorismo. Há anos na área, desde a infância, inclusive, elas trilharam esse caminho convictas de ...
#MulheresNoComando: o empreendedorismo como espaço de realização É nítida a força dos movimentos de mulheres que se espalham por todos os setores da sociedade, uns de forma mais tímida, outros com uma atuação mais feroz, mas ambos em prol de um único objetivo: conscientizar a população sobre a importância de as mulheres ocu...
A experiência de Wagner Felício com o Coaching no contexto organizacional "O coaching foi um divisor de águas na minha vida profissional". A afirmação é de Wagner Paschoalim Felício, 45 anos, gerente industrial do grupo Piracanjuba. Prestes a alcançar uma nova ascensão profissional na mesma empresa, ele compartilhou neste artigo a t...

Sobre Adine Barreto e Patrícia Correia

Arquitetas e proprietárias da BaCor DeCoração

Comentários