Entenda como funciona a Avaliação Neuropsicológica Infantil
3 minutos de leitura
03 de julho de 2017

Entenda como funciona a Avaliação Neuropsicológica Infantil

IPOG, Avaliação Neuropsicológica Infantil, Avaliação psicológica de crianças

Avaliação Neuropsicológica Infantil é um ramo da ‘Neuropsicologia’ que é uma importante área da psicologia em plena expansão no país. É uma ciência que estuda de modo aprofundado o funcionamento cerebral, os processos cognitivos superiores e suas relações com o comportamento humano.

O neuropsicólogo atua principalmente em consultórios, hospitais e clínicas, auxiliando na avaliação de crianças, adultos e idosos que possam apresentar algum comprometimento neurológico. Muitos psicólogos têm buscado a Neuropsicologia como uma forma bastante diferenciada de especialidade.

Isso tem ocorrido principalmente por se tratar de uma área de bastante ascensão. E no contexto da Avaliação Neuropsicológica Infantil há um leque de oportunidades.

Avaliação Neuropsicológica Infantil: demanda frequente no cotidiano do psicólogo

Isso acontece porque a avaliação psicológica de crianças é uma demanda frequente no dia a dia do psicólogo. Tanto no contexto clínico, como no educacional. É bastante utilizada em casos de dificuldade para se concentrar, problemas no aprendizado, hiperatividade, depressão, baixa autoestima, dificuldades de socialização, bullying, entre outros comportamentos que merecem acompanhamento psicológico.

Possui um caráter preventivo importante, pois possibilita alguns diagnóticos ainda na infância. Através da identificação precoce dessas condições é possível realizar um tratamento terapêutico com a criança e evitar o surgimento de consequências para o desenvolvimento ao longo da vida.

Para o professor do IPOG e Neuropsicólogo Infantil, Fernando Silveira, um outro benefício é que por meio da avaliação psicológica é possível traçar uma linha terapêutica mais eficaz. “Porque a Neuropsicologia é toda pautada em ciência. Ela é uma linha da Psicologia mais científica, ao lado da área de Avaliação Psicológica”, pontua o professor.

Testes Psicológicos só com Psicólogo (a)

Atenção!!! Segundo o Conselho Federal de Psicologia, apenas psicólogos podem realizar psicodiagnóstico ou avaliação psicológica através de testes psicológicos. Estes profissionais possuem conhecimentos e habilidades específicas para a profissão.

Desafios

O Neuropsicólogo Infantil, Fernando Silveira, destaca que o maior desafio atualmente na Neuropsicologia está relacionado com a interpretação adequada dos resultados. “Encontrar profissionais capacitados que possam fazer essa interpretação de forma adequada é um desafio. E o desafio maior é você ser assertivo na conduta terapêutica”, Fernando explica.

“Isso ocorre porque a avaliação psicológica infantil tem características bastante próprias”

O psicólogo deve estar capacitado para identificar um conjunto de variáveis, cuja avaliação é relevante para cada caso. As técnicas principais, além da testagem, são observações e entrevistas.

Inicialmente, realiza-se a anamnese (questionário feito aos pais), momento em que a vida da criança é investigada, desde a gestação. Depois, são aplicados testes psicológicos relacionados ao problema em questão. E por último, a devolutiva com os pais onde é descrito o diagnóstico e prognóstico.
Existem casos em que não há a necessidade de psicoterapia, apenas com orientações psicológicas pode ter a resolução do problema.

Além disso, também são necessários testes específicos para diferentes fases do desenvolvimento. Outra coisa importante é oferecer um ambiente que permita que a criança se sinta à vontade para se expressar no momento dela e na linguagem dela.

Em alguns casos, pode ser necessária também a avaliação de aspectos não-psicológicos. Portanto, é importante que o psicólogo esteja preparado para estar em contato com outros profissionais para a realização de um trabalho conjunto (médicos, fonoaudiólogos, etc.).

O que é importante saber?

Cada vez mais, testes psicológicos vêm sendo aplicados no cenário infantil. Dificuldades no desempenho escolar, com adaptação e socialização estão entre os casos mais frequentes. Por isso, é importante que os pais fiquem atentos. Caso surjam sinais e sintomas, é preciso procurar um especialista da área para que possam receber as orientações necessárias.

A Neuropsicologia vem sendo a cada dia mais procurada, além de ser muito indicada por médicos, psicopedagogos e especialistas, de um modo geral, na área da Educação. Através de testes na área da inteligência, da memória, da percepção, da atenção e de vários outros é possível contribuir para o desenvolvimento das crianças atendidas.

Oportunidades no mercado

Com uma demanda que só cresce, o mercado carece de profissionais, de fato, capacitados para trabalhar com avaliação neuropsicológica infantil. Por isso é importante se especializar, buscar conhecimentos e se preparar para atuar em um universo tão sensível e delicado como a infância.

O IPOG acaba de inaugurar a Pós-Graduação em Neuropsicologia. Por meio de instrumentos validados, testagens e técnicas neuropsicológicas, o profissional será capacitado de modo teórico e prático a desenvolver em seu trabalho uma avaliação aprofundada, desenvolvendo um raciocínio clínico para levantamento de hipóteses diagnósticas e diagnóstico diferencial. O profissional aprenderá técnicas e ferramentas para atuar tanto no tratamento de adultos como de crianças.

Leia Mais: 

Você conhece o Termo de Consentimento Informado? Entenda a importância do documento para pacientes e médicos

A judicialização pelo direito à saúde: por que os processos podem demorar tanto?

 


Artigos relacionados

Direito à saúde: como conseguir uma vaga na UTI? Muitos pacientes com risco de vida e quadro grave de saúde necessitam de monitoramento contínuo por meio da internação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) oferecidos pelos Sistema Único de Saúde (SUS). A realidade é dura. Centenas de brasileiros mo...
Conheça as principais tecnologias que auxiliam o setor de saúde Se antigamente os diagnósticos médicos, exames e avaliações aconteciam muito mais por experiência do médico, hoje, a medicina avançou e cada dia surgem novos aparelhos e métodos para trazer uma maior estabilidade à saúde das pessoas. No decorrer dos séculos, a...
Você sabe o que é Erro Médico? Conheça os seus direitos O erro médico é um problema com altos índices de denúncia na justiça e em conselhos de medicina. Em 2014, mais de 643 profissionais receberam punições do Conselho Federal de Medicina (CFM). O dado foi divulgado em uma matéria publicada pelo jornal O Estadão.  ...

Sobre Fernando Silveira

Fernando Silveira é professor IPOG, psicólogo, diretor clínico e atua na área de avaliação psicológica e neuropsicológica, técnicas projetivas, reabilitação e psicoterapia.

Comentários