Inspirando Carreiras: Aluno IPOG conta sobre suas experiências profissionais e atuação na área de Perícia Digital
4 minutos de leitura
19 de julho de 2017

Inspirando Carreiras: Aluno IPOG conta sobre suas experiências profissionais e atuação na área de Perícia Digital

Ciências Forenses

As Ciências Forenses tiveram uma expansão muito significativa nos últimos anos no Brasil. Atualmente, com a deflagração e investigação de diversas operações, entre elas a Lava Jato, a especialização tem ganhado destaque na mídia nacional e conquistado a atenção de profissionais que buscam capacitação para atender as demandas da área.

Por isso, o IPOG conversou com o aluno do curso de pós-graduação Computação Forense e Perícia Digital, Pedro Renan, para compartilhar suas experiencias profissionais e atuação na área. Confira:

Sobre sua trajetória profissional, quando você começou a se identificar com a área de tecnologia?

Pedro Renan: Bom, eu sempre soube que queria trabalhar com computadores. Acho que a minha única dúvida na época do vestibular, foi se eu ia fazer Ciências da Computação ou Engenharia da Computação. E eu escolhi Ciências da Computação, foi o único vestibular que eu prestei. Me formei na Universidade Federal do Tocantins, iniciei o curso no ano de 2003.

Qual a sua experiência com empreendedorismo e tecnologia?

Pedro Renan: Eu tenho uma empresa start-up, chama- se PRTE Tecnologia e Soluções, que está no mercado há mais de 10 anos. Desde muito tempo eu tenho essa veia de querer ter meu próprio negócio e venho trabalhando há algum tempo em projetos grandes, projetos do governo, tanto em Instituições Federais, Estaduais e também projetos em grandes empresas privadas.

Nós atuamos hoje em vários segmentos da área de tecnologia, inicialmente na área da Educação a Distância, com tecnologias educacionais. Trabalhamos também na área de Agronegócio, na área social, na área de criação de aplicativos, front- end, back- end, uma série de áreas na área de TI.

Conte sobre suas oportunidades profissionais e a sua percepção de identificar as necessidades do mercado?

Pedro Renan: Essa área de tecnologia é uma área muito ampla, você pode atuar em vários segmentos e especializar em um só. Mas o importante é você enxergar, que hoje, não vive mais sem tecnologia. A tecnologia pode auxiliar nos processos produtivos das empresas, pode facilitar a vida das pessoas.

Então o que nós fazemos é isso: observamos como o cliente trabalha, vemos o que ele precisa e chegamos com uma solução para auxiliar no trabalho dele. No nosso processo de trabalho, procuramos sentir a dor do cliente, o que está dificultando o seu trabalho, o que precisamos fazer para ajudá-lo. Sempre trabalhamos com tecnologia Open- Source de código aberto no mercado.

Assista ao vídeo completo:

Atualmente, aumentou muito a questão dos crimes cibernéticos. Esse profissional vem justamente para atender essa demanda. Então, há muitas oportunidades nessa área. Quais são suas considerações sobre isso?

Pedro Renan: É uma coisa natural os processos estarem passando do papel, do analógico, para o digital. Por vários motivos, tem o motivo da economicidade, do ganho de tempo, da segurança também, porque é mais difícil você comprometer um documento digital do que um documento físico.

Uma série de coisas tem feito com que isso se popularize. Então naturalmente eu não vou ter mais provas analógicas eu vou ter provas digitais. Assinatura que antes era no papel, com a caneta, agora é feita através do computador. O perito digital, o perito da Computação Forense Digital ele vai conseguir dizer se aquela assinatura é realmente verdadeira, se houve algum tipo de alteração no caminho. Então naturalmente, questão de um crime, de um delito ou até de provar que uma pessoa é inocente, esse perito ele vai conseguir auxiliar nesse ponto, como também em vários outros.

De acordo com a sua experiência, quais são as principais diferenciais do curso de Ciências Computação Forense do IPOG?

Pedro Renan: Olha, o curso de Computação Forense e Pericia Digital do IPOG tem um grande diferencial que são os professores. Sem contar que a ementa do curso é a ementa do concurso da Polícia Federal para perito e de outros concursos também.

Todos os professores são peritos da Policia Federal. Então eles trazem para a sala de aula a experiência que eles têm, fazendo com o que nós entendamos com o quê podemos trabalhar. Em uma aula dessas o professor trouxe um programa que eles desenvolveram na Policia Federal, então não é um programa que está disponível para download na internet, nem foi feito por uma empresa, foi feito por eles.

Como você pretende aplicar seus conhecimentos nos seus negócios?

Pedro Renan: Como temos várias linhas de atuação na empresa, agora teremos também uma área de perícia na área de Segurança Digital. Então a pós-graduação está servindo para que possamos montá-la. Inclusive já estou olhando entre colega de curso que tem interesse de se tornar parceiro ou colaboradores da empresa para que depois eles venham a compor essa grande equipe que vai trabalhar nessa área.

Resuma sua jornada profissional com uma única palavra, com uma frase.

Pedro Renan: Para improvisar é preciso estar preparado.

O que os profissionais do mercado ganham com essa formação?

Pedro Renan: Cada vez mais as pessoas vão utilizar o computador e os meios digitais pra fazer compras, pagamentos, informar suas informações e prontuários de saúde, suas informações de família, enfim, elas vão estar nos meios digitais. E nós precisamos de pessoas na área de computação, pessoas inteligentes, mentes brilhantes que temos aí, para criar ferramentas, programas e soluções que vão garantir a segurança das pessoas.

As pessoas precisam que suas informações estejam seguras. Caso ocorra alguma fralde, haverá pessoas capacitadas para prová-la, de modo que não prejudique ninguém.

Esse mercado precisa de profissionais competentes e honestos que tenham ética, que pensem no bem comum de todos. Existem pessoas atuando diariamente para criar problemas, roubar informações, roubar dinheiro dos outros e precisamos de profissionais cada vez mais capacitados para evitar esses incidentes.

 


Artigos relacionados

Conheça a importância da Computação Forense As tecnologias têm causado uma mudança radical na vida da sociedade, seja no ambiente profissional ou pessoal. Passamos cada dia mais a depender de serviços que estão apoiados em computadores ou celulares, ou seja, tudo que envolve o meio online.Com essa c...
Entrevista com Jesus Antônio Velho, autor do livro “Ciências Forenses: uma introdução às principais ... A obra “Ciências Forenses: uma introdução às principais áreas da Criminalística Moderna”, referência para profissionais e estudantes das Ciências Forenses, chegou em sua terceira edição. A publicação apresenta os fundamentos e a inter-relação de Ciências Foren...

Sobre Pedro Renan

APGeano, Empreteco e bacharel em Ciências da Computação, fundador da PRTE - Tecnologia Educacional e Soluções e aluno do curso de Ciências Forenses e Perícia Digital do IPOG.

Comentários