Boiada digital, não seja mais um!
2 minutos de leitura

Boiada digital, não seja mais um!

IPOG, Digital, Marketing

Mais do mesmo, essa é a nova tendência do mundo corporativo na internet. Novas tecnologias, ferramentas poderosas com um alto poder de segmentação para quê?

O importante é seguir a boiada, não ter originalidade, fazer o convencional. Em meados de 2013 quando comecei a aprofundar meu conhecimento sobre marketing digital fiquei espantado com as informações que os grandes players como Google e Facebook detinham das pessoas. Imaginava o nível de personalização de comunicação que poderíamos chegar, a humanização do conteúdo por parte das empresas e uma nova proposta de publicidade não invasiva e apaixonante.

Porém segue ano, passa ano e grande parte das empresas continuam a se alimentar do padrão e não olhar a capacidade de conteúdo interna que podem produzir, preferem utilizar de e-mails prontos, e não enxergar que o principal segredo na comunicação digital é a originalidade empresarial.

É claro que isso não representa em totalidade o mundo corporativo, existem casos fantásticos de negócios que usam e abusam da rede de forma extremamente criativa, empresas como Nubank, Netflix e Giraffas que transmitem muito bem a sua identidade digital. E identidade significa traços próprios, empresas são como pessoas, para gerarem confiança precisam ter personalidade.

A presença na internet no mundo corporativo não é medida pelo número de publicações e sim pela qualidade do conteúdo e engajamento das pessoas. Redes sociais não foram criadas simplesmente para estarem ali, existe um porquê da escolha desses canais.

O principal benefício da internet para os negócios é o estreitamento das relações empresa e consumidor, é um meio de comunicação de mão dupla, rápido e acessível para todo cidadão. O meio corporativo deve abraçar essa bandeira e fornecer o que as pessoas estão buscando na internet, esses dados estão disponíveis na rede, bastando apenas lapida-los. Precisamos entender que pessoas as vezes não estão preparadas para comprar, a ideia é instigar com conteúdo e gerar percepção e lembrança de marca.

A propósito, a internet para as empresas não se restringe aos canais sociais, estamos vivendo o que chamamos de “internet das coisas“, tudo está conectado e gerando informações. O futuro da comunicação é imprevisível em qualquer área do conhecimento. Dispositivos vestíveis, inteligência artificial, tradução em tempo, realidade virtual e outras novas inovações que estão revolucionando o estilo de comunicar das empresas. Quem vai ter sucesso nessa história? Aqueles que souberem adicionar originalidade utilizando as novas tecnologias.

Artigos relacionados

5 passos essenciais para realizar a perícia forense em celulares Em janeiro de 2018, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registrou no Brasil mais de 236,2 milhões de celulares. Esse grande número de aparelhos disponíveis e o desenvolvimento de novos recursos tecnológicos em dispositivos móveis trouxeram desafios...
Como é realizado o trabalho de perícia em local de crime? A perícia em local de crime é considerada o “berço” da Criminalística. É geralmente o ponto de partida de uma investigação e é o espaço que se encontram vestígios que se transformam em provas para condenar ou inocentar um suspeito. No local de crime, seja ele ...
O que esperar do mercado de Tecnologia em 2023? É importante estar atento às tendências do mercado de tecnologia, pois elas impactam muito os negócios. Entendendo melhor quais são as expectativas para o próximo ano, você consegue analisar a situação ao seu redor e planejar os próximos passos de uma maneira...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo IPOG. Responsável : Bruno Azambuja - Gerente de Marketing - bruno.azambuja@ipog.edu.br