Boiada digital, não seja mais um!
2 minutos de leitura
24 de novembro de 2016

Boiada digital, não seja mais um!

IPOG, Digital, Marketing

Mais do mesmo, essa é a nova tendência do mundo corporativo na internet. Novas tecnologias, ferramentas poderosas com um alto poder de segmentação para quê?

O importante é seguir a boiada, não ter originalidade, fazer o convencional. Em meados de 2013 quando comecei a aprofundar meu conhecimento sobre marketing digital fiquei espantado com as informações que os grandes players como Google e Facebook detinham das pessoas. Imaginava o nível de personalização de comunicação que poderíamos chegar, a humanização do conteúdo por parte das empresas e uma nova proposta de publicidade não invasiva e apaixonante.

Porém segue ano, passa ano e grande parte das empresas continuam a se alimentar do padrão e não olhar a capacidade de conteúdo interna que podem produzir, preferem utilizar de e-mails prontos, e não enxergar que o principal segredo na comunicação digital é a originalidade empresarial.

É claro que isso não representa em totalidade o mundo corporativo, existem casos fantásticos de negócios que usam e abusam da rede de forma extremamente criativa, empresas como Nubank, Netflix e Giraffas que transmitem muito bem a sua identidade digital. E identidade significa traços próprios, empresas são como pessoas, para gerarem confiança precisam ter personalidade.

A presença na internet no mundo corporativo não é medida pelo número de publicações e sim pela qualidade do conteúdo e engajamento das pessoas. Redes sociais não foram criadas simplesmente para estarem ali, existe um porquê da escolha desses canais.

O principal benefício da internet para os negócios é o estreitamento das relações empresa e consumidor, é um meio de comunicação de mão dupla, rápido e acessível para todo cidadão. O meio corporativo deve abraçar essa bandeira e fornecer o que as pessoas estão buscando na internet, esses dados estão disponíveis na rede, bastando apenas lapida-los. Precisamos entender que pessoas as vezes não estão preparadas para comprar, a ideia é instigar com conteúdo e gerar percepção e lembrança de marca.

A propósito, a internet para as empresas não se restringe aos canais sociais, estamos vivendo o que chamamos de “internet das coisas“, tudo está conectado e gerando informações. O futuro da comunicação é imprevisível em qualquer área do conhecimento. Dispositivos vestíveis, inteligência artificial, tradução em tempo, realidade virtual e outras novas inovações que estão revolucionando o estilo de comunicar das empresas. Quem vai ter sucesso nessa história? Aqueles que souberem adicionar originalidade utilizando as novas tecnologias.

Artigos relacionados

Como é realizado o trabalho de perícia em local de crime? A perícia em local de crime é considerada o “berço” da Criminalística. É geralmente o ponto de partida de uma investigação e é o espaço que se encontram vestígios que se transformam em provas para condenar ou inocentar um suspeito. No local de crime, seja ele ...
“Ciências Forenses uma introdução às principais áreas da Criminalística Moderna” A obra “Ciências Forenses: uma introdução às principais áreas da Criminalística Moderna”, referência para profissionais e estudantes das Ciências Forenses, chegou em sua terceira edição. A publicação apresenta os fundamentos e a inter-relação de Ciências Foren...
Perícia Forense: confira como Juliana Neris se prepara para seguir carreira A preparação para obter melhores oportunidades de trabalho no segmento da tecnologia passou a ser mais que necessária e desafiadora. O cenário atual demonstra que o ambiente virtual se tornou um dos principais meios de comunicação e informação para a sociedade...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários