Seu plano de Marketing vai gerar resultados estratégicos?
2 minutos de leitura
18 de janeiro de 2017

Seu plano de Marketing vai gerar resultados estratégicos?

IPOG, Marketing, Digital

O planejamento de marketing, por incrível que pareça, na maioria das empresas é negligenciado ou mal feito, sem foco real nos objetivos estratégicos, o que pode tornar o departamento de marketing inócuo ou uma área de publicidade sem o viés necessário para atingir as diretrizes da empresa.

(Conheça o nosso MBA em Marketing e Inteligência Digital e aprofunde seus conhecimentos estratégicos!)

Por isso, mais que um cronograma de datas e ações para monitorar o cliente, concorrência, perfil do público etc., pense também em como esse plano de marketing trará resultados e ponha logo um fim nas métricas de vaidade.

Um dos pontos primordiais para um planejamento que gere resultados é entender qual foi o desempenho do negócio nos últimos 12 meses, ou seja, se você teve indicadores que te demostraram nesse período o desempenho de suas principais metas, ótimo. Do contrário, minha dica é levantar isso antes de qualquer coisa. A partir daí, cultive a alimentação desses indicadores.

Se a sua empresa tem um plano estratégico, esteja em consonância com ele e identifique como foi o desempenho desses objetivos no ano anterior e qual indicador deverá medir esse ano. Em tempos de crise é possível que precise focar em aumento de clientes e fidelização.

Outra dica é: defina apenas uma meta alvo e no máximo dois desdobramentos, como por exemplo:

Meta Alvo: Colaborar no aumento de clientes em no mínimo 8%.

Desdobramento 1: Conquistar ao menos 800 novos leads por mês.

Desdobramento 2: Aumentar minha presença em mídias off/digital/mídia espontânea em no mínimo 6%.

Pense em dois desdobramentos que vão te ajudar a conseguir o seu macro objetivo, seja essencialista e foque no que realmente importa.

Legal, mas agora como descobrir quantos por cento de alguma coisa vou colocar como meta de crescimento? Veja qual é a meta de sua área comercial e analise como poderá ajudá-los, se eles têm uma meta de 10% de aumento, avalie quais recursos você terá para esse desafio: pessoas, investimentos, softwares etc., e só depois defina qual é a sua meta e seu objetivo alvo, mesmo que seus recursos sejam restritos essa definição é importante. Também será necessário deixar claro para as outras áreas e para a direção da organização como o seu planejamento irá colaborar para o resultado geral.

Lembre-se: sempre é hora de repensar seus processos, resultados diferentes vem com ações diferentes.


Artigos relacionados

Por que Juliana esperou 9 anos para cursar um MBA em Marketing Digital? Vale a pena fazer um MBA em Marketing Digital mesmo já atuando na área? O questionamento, válido e pertinente, foi feito pela Juliana Silva em seu LinkedIn, após iniciar o primeiro módulo do MBA em Marketing e Inteligência Digital do IPOG, no fim de junho, ...
A diferenciação com forma de sobrevivência no mercado A sobrevivência de uma empresa diante da concorrência é um fator que domina a mente de empreendedores que buscam fazer suas ideias prosperarem em um cenário acirrado e competitivo. Portanto, estivemos frente a frente com o consultor para Inovação e Diferenciaç...
Trabalhando com os canais digitais Uma dica valiosa para os profissionais de comunicação é entender que os canais digitais são uma importante ferramenta de trabalho. Um diferencial para quem está nesta área é ter conhecimentos complementares, como conta o especialista em mídias digitais, Freder...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários