Curso de Analista Fiscal: como atuar no mercado tributário
5 minutos de leitura
24 de junho de 2021

Curso de Analista Fiscal: conheça o MBA de Contabilidade Digital e Inteligência Fiscal

Com o mercado contábil em plena expansão, o Curso de Analista Fiscal é uma excelente oportunidade para quem pensa em abrir seu próprio negócio ou atuar em pequenas empresas.

Para falar um pouco mais sobre essa especialização e o que esperar do mercado contábil, separamos um artigo completo com dicas que poderão ajudar você na sua carreira de Analista Fiscal.

O que faz o Analista Fiscal?

O Analista Fiscal desempenha funções administrativas ligadas a impostos e taxas entre uma empresa e o governo. Ele lida diretamente com as questões referentes à contabilidade, como folhas de pagamento, emissão de notas fiscais, carga tributária, planejamento tributário, demonstrativos de licitações, entre outros documentos fiscais.

Esse profissional tem um importante papel dentro das empresas, pois é o responsável por lidar com as demandas tributárias, além de analisar os serviços prestados por outros profissionais do setor.

O Analista Fiscal passou a ganhar mais destaque após a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que busca controlar os gastos da União por meio da arrecadação de impostos dos políticos.

Por isso, o Analista passou a atuar diretamente dentro de órgãos públicos de maneira mais efetiva, dando visibilidade a essa lei.

Nessa atuação em órgãos públicos, o Analista Fiscal exerce algumas funções; entre elas estão:

  • Garantia das práticas contábeis em relação à LRF;
  • Auxiliar gestores públicos com dados ligados ao patrimônio público de competência daquele órgão; e
  • Reunir informações e torná-las públicas a respeito dos gastos e uso dos recursos públicos.

Confira também o nosso infográfico:

Conheça as áreas de atuação de um Analista Fiscal

O Analista possui uma atividade inerente a diversos tipos de empresas e escritórios de contabilidade. Por realizar muitas vezes suas atividades em parceria com outras áreas, como a financeira ou a jurídica, há grande procura por esse profissional no mercado.

Por sua função ser muitas vezes primordial para o funcionamento de uma empresa, ele vai atuar não só dentro das organizações, mas também em órgãos públicos ou de forma autônoma, por meio da prestação de serviços.

Já segundo dados fornecidos pelo CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) de cadastro de cada empresa , os segmentos empresariais com maior número de contratações de profissionais com Especialização Analista Fiscal são:

  • contabilidade;
  • serviços combinados de escritório e apoio administrativo;
  • atividades de consultoria e auditoria contábil e tributária; e
  • preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo.

Para atuar nessa área, é imprescindível a formação e a especialização em um Curso de Analista Fiscal, com o qual o profissional vai adquirir as habilidades técnicas necessárias.

Por que investir em um MBA?

Tecnicamente, toda especialização que vem após a graduação é considerada curso de pós-graduação. Mas por que investir em um MBA e não em uma pós?

MBA (Master Business Administration), em tradução literal do inglês, significa Mestre em Negócios e Administração.

Isso não significa que o MBA é apenas para quem quer se especializar em Administração. Esse nome é porque essa especialidade tem como foco a gestão de negócios. Por isso, é um modelo de curso bastante procurado por quem quer se preparar para ser líder ou gestor, sobretudo para aqueles que buscam uma consolidação no mercado.

Quem opta por uma pós-graduação normalmente irá encontrar um aprofundamento maior em uma área específica daquela profissão. Já os alunos de MBA querem iniciar seu próprio negócio ou procuram cargos executivos e buscam um aprimoramento mais específico para a área de atuação.

O que levar em consideração na hora da escolha:

Alguns pontos merecem destaque e relevância na hora de escolher a melhor opção de especialização:

  • Em que fase se encontra na carreira
  • Qual objetivo está buscando para os próximos anos
  • Avaliação das disciplinas do curso, se conversam com seus objetivos a longo prazo
  • Credibilidade da instituição de ensino

Confira o MBA Remoto de Contabilidade Digital e Inteligência Fiscal

O MBA Remoto de Contabilidade Digital e Inteligência Fiscal do IPOG oferece uma grade inovadora, com o conteúdo exato para os profissionais que pretendem se especializar em análise fiscal. Nele, o aluno estará em contato direto com a inovação, sendo possível desenvolver as características exigidas pelo mercado.

O responsável acadêmico pelo MBA do IPOG é o Prof. Msc. Fellipe Matos Guerra. Ele é Contador e especialista em SPED (Sistema Público de Escrituração Digital), além de ter doutorado em Ciências da Informação pela Universidade Fernando Pessoa, em Portugal, e vasta experiência no mercado contábil.

Confira algumas disciplinas disponíveis na grade curricular:

Além disso, o aluno matriculado no curso de formação de analista fiscal e tributário também irá obter conhecimento técnico sobre Simples Nacional e o Estatuto da Micro e Pequena Empresa, Escriturações Fiscais Digitais (EFD ICMS/IPI, EFD Contribuições e REINF), entre outros assuntos importantes para o excelente desempenho da função.

Para quem é este curso?

O curso de Analista Fiscal é voltado para profissionais de diversas áreas, sejam eles empresários, consultores, diretores, gerentes, supervisores ou líderes de projetos que se relacionem nas suas atividades de forma direta ou indireta com a área tributária.

É um curso recomendado também aos profissionais administradores, advogados, contadores, profissionais de T.I. e empreendedores contábeis que buscam adquirir conhecimento por meio de conteúdos práticos de negócios e que resultem em melhor preparo técnico.

Ter uma especialização em MBA no currículo é fundamental para quem sonha com crescimento e reconhecimento profissional. Por ser mais robusto que os cursos técnicos, o MBA oferece uma preparação melhor para o aluno.

Iniciar uma especialização demanda investimento em tempo e também financeiro. Mas é importante salientar que os benefícios conquistados após a conclusão do curso fazem valer o esforço.

Por isso, é necessário criar um planejamento de carreira, com o qual seja possível ajustar a rotina pessoal do dia a dia com estudos, pois em um mercado competitivo, é necessário se manter à frente da concorrência.

Agora que você já sabe a importância de um curso de Analista Fiscal, invista na sua carreira em uma instituição que possa preparar melhor seus conhecimentos técnicos e que tenha credibilidade no mercado.

Para mais informações sobre o curso, entre em contato conosco!

Gostou do artigo sobre o curso de Analista Fiscal? Talvez você possa se interessar por estes outros também:

Este e muitos outros assuntos, você pode conferir no blog do IPOG!

IPOG – Instituto de Pós-graduação e Graduação

Instituição de ensino com nome e reconhecimento de excelência no mercado e por seus alunos, o IPOG fará total diferença no seu currículo.

O IPOG conta com diversos cursos de ensino superior e tem em seu quadro de docentes professores de excelência e renome no mercado. A proposta do IPOG é de um ensino humanizado, que estimule o desenvolvimento das potencialidades de cada aluno e otimize o seu plano de carreira e de vida.  

O Instituto está presente em todos os estados do país e no Distrito Federal. Já possui quase 20 anos de experiência na formação de grandes especialistas.

Os projetos pedagógicos realizados na instituição são diferentes dos já existentes no mercado. Isso fez com que alcançássemos o status que temos hoje.

Não deixe de investir no seu futuro e se tornar o profissional com que sempre sonhou!

Artigos relacionados

Auditoria Fiscal: por que a especialização é tão importante? Que profissional nunca se sentiu atraído por estabilidade empregatícia e altos salários? A área de auditoria fiscal oferece isso e é um trabalho dos sonhos para muitas pessoas. Contadores, em especial, tem muito a ganhar investindo nessa carreira, pois alé...
Saiba mais sobre as sanções políticas tributárias As sanções políticas tributárias, também conhecidas como meios indiretos coercitivos de cobrança, são quaisquer imposições ou limitações de ordem administrativa, ainda que estabelecidas em lei, que obstem o exercício de direitos das pessoas físicas ou jurídica...
Contabilidade Trabalhista: descubra as novas regras na CLT e soluções empresariais O que você sabe sobre contabilidade trabalhista? A Lei da Reforma Trabalhista está em vigor desde novembro 2017 e trouxe uma série de mudanças nas relações entre empregados e empregadores. Cerca de um ano e meio após sua implantação, muitos profissionais de ...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários