Aprenda a dobrar os lucros em Engenharia usando o BIM
4 minutos de leitura

Aprenda a dobrar os lucros em Engenharia usando o BIM

O BIM representa mais um dos investimentos para melhoria dos processos da construção civil, principalmente quando o assunto é uma visão mais clara da estrutura do empreendimento, do uso de materiais e dos custos.

No entanto, apesar de ser um sistema com alguns anos de existência no mercado, muitos profissionais não o utilizam para desenvolver os seus projetos, focando ainda usar softwares ultrapassados e terceirizando as outras etapas da construção.

Esse comportamento pode resultar em erros, alto índice de retrabalho e, especificamente, baixo aproveitamento do potencial que a tecnologia tem a oferecer ao setor de construção civil.

Neste artigo, o IPOG detalha tudo o que você precisa saber sobre BIM e como é possível usar melhor o sistema para ajudá-lo a dobrar os lucros em sua profissão. Confira!

O que é o BIM e como ele é usado na engenharia?

O BIM é uma plataforma de modelagem dos dados da construção. O sistema comporta, basicamente, todos os aspectos de um projeto, permitindo a criação de plantas digitais que podem ser editadas em tempo real, além da inserção de dados, como metragens e espessura em um só lugar.

É bom destacar que o BIM não é um programa. Ele é uma espécie de plataforma em que se operam outras ferramentas como softwares para editar e ler informações, tais quais os programas como Revit, Archicad, TQS, entre outros.

Vantagens de usar o BIM em projetos e construções

Além da flexibilidade que o BIM oferece à gestão de projetos de construção, ele pode melhorar e muito o resultado do trabalho, assim como a produtividade da obra.

Entre as principais vantagens desse sistema estão:

  • menos erros nos documentos;
  • redução de tempo de trabalho;
  • otimização de custos;
  • menos retrabalho;
  • racionalização da obra;
  • maior integração da equipe envolvida no projeto.

Como aplicar o método BIM no canteiro de obras?

O BIM permite a operação de diferentes programas, além de possibilitar que várias pessoas o editem ao mesmo tempo. Ou seja, é o sistema ideal para quem precisa administrar diferentes frentes de uma obra.

A seguir, entenda como aplicá-lo no canteiro de obras.

Gestão de processos

Para administrar os processos que envolvem as atividades da obra, o BIM se torna uma alternativa viável, pois garante que diferentes profissionais ofereçam sua contribuição ao projeto.

Sendo assim, desde a etapa inicial, é possível fornecer informações e analisar o que outros membros da equipe estão fazendo na construção e quais foram suas conclusões.

Gestão de tempo

O BIM pode ser uma ótima plataforma para a gestão de tempo, pois é possível modelar objetos que já estão inseridos no sistema, prevenindo contra erros em etapas futuras ou evitando a necessidade de repetir fórmulas.

Além disso, é um ótimo sistema para a prevenção de riscos, já que oferece a visualização do projeto na prática, auxiliando a equipe a ver se uma ideia poderá dar certo ou não.

Gestão de projetos

O BIM reúne muitas informações relevantes para o desenvolvimento do projeto. Isso auxilia a gestão a não perder o foco no progresso, já que a plataforma não permite que os mesmos dados sejam inseridos de forma duplicada.

Além disso, é possível fazer plantas inteligentes que compartilham informações técnicas com o desenho. Dados como rendimento e potência, que são atrelados à parte elétrica da construção, podem ser inseridos sem problema.

Gestão de equipes

Por fim, quando se trata de organizar a equipe e monitorar as atividades, o BIM é uma plataforma bastante eficaz. Ela permite um fluxo de trabalho completamente aberto, além de possibilitar que os membros façam as suas modificações sem utilizar o mesmo software.

Como dobrar os lucros usando o BIM?

Deu para perceber como o BIM é uma plataforma que facilita bastante o trabalho da gestão de diferentes etapas de uma obra. Contudo, quando se trata do financeiro, principalmente para a engenharia, ele é capaz de oferecer algumas oportunidades não só de economia, mas de multiplicação dos lucros.

Confira, a seguir, como ele pode otimizar os custos das obras, fazendo com que os lucros possam ser maiores.

Melhoria do tempo de entrega

Como na plataforma é possível ter uma visão panorâmica do projeto e editá-lo nas suas diferentes etapas, essas vantagens permitem que o engenheiro economize tempo na entrega.

Dessa forma, mesmo com o projeto quase finalizado, se notar que há alguma espécie de erro, é possível corrigir apenas aquela falha, sem a necessidade de ter que refazer todo o trabalho.

Menor índice de retrabalho

A facilidade de uso dessa plataforma ajuda a equipe a fazer diferentes edições sem a necessidade de recomeçar a uma etapa. Além disso, o sistema tem mecanismos que impedem que dados sejam reinseridos, diminuindo a necessidade de repetições das informações.

Ao final, o BIM fornece um projeto mais próximo da realidade e com um índice de erros bem menor, reduzindo as chances de retrabalho em alguma etapa.

Maior previsibilidade

Quando se trata da gestão de risco, essa plataforma é uma grande aliada para se precaver perante os problemas que aparecem no período de construção de um empreendimento.  

Como ela fornece uma visão bastante ampla e de vários ângulos do projeto, é possível antecipar os custos e os cálculos das medições, além de poder ver como a obra ficará em sua etapa final.

Conheça o IPOG

O IPOG é uma instituição de ensino com mais de 20 anos de experiência e que oferece cursos de curta duração, MBA e pós-graduação em diversas áreas, dentre elas a de Engenharia e Arquitetura.

Com a temática BIM, você pode se matricular em:

O objetivo dos cursos é a metodologia que foca a prática para que o profissional saia apto a aplicar os conhecimentos adquiridos. Além disso, o IPOG oferece grade curricular atualizada para acompanhar as últimas tendências do mercado.

Conheça nossos cursos e invista em seu sucesso profissional!

Gostou deste conteúdo? Leia também outros artigos em nosso blog:

Artigos relacionados

10 dicas incríveis para uma boa gestão do seu escritório de arquitetura Um dos sonhos mais comuns entre estudantes e profissionais da Arquitetura é abrir o seu próprio escritório. Mas a final, como realizar uma boa gestão do seu escritório de arquitetura? Assim como qualquer outra empresa, abrir um negócio é burocrático, mas não é...
Projetos em BIM: aprenda a desenvolver projetos de interiores modernos e sustentáveis A metodologia BIM tem sido considerada essencial para os profissionais de engenharia, arquitetura e design de interiores que desejam se atualizar com as tendências do mercado de trabalho. Por meio de softwares, é possível ter maior previsibilidade dos proj...
Setor industrial deve abrir mais de 50 mil vagas em tecnologia, engenharias e gestão até 2025 Sabe-se que a indústria é indispensável para a competitividade comercial do país. Do ponto de vista empresarial, um setor competitivo gera resultados melhores, e, para o profissional, isso aumenta a quantidade de postos de trabalho e melhora os salários entre...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo IPOG. Responsável : Bruno Azambuja - Gerente de Marketing - bruno.azambuja@ipog.edu.br