Estudo sobre depressão: como é a atuação do psicólogo?
5 minutos de leitura

Estudo sobre depressão: como é a atuação do psicólogo nos diagnósticos?

estudo sobre depressão

O estudo sobre depressão é uma área da Psicologia que busca entender os diversos fatores que podem levar ao surgimento e ao desenvolvimento dessa doença.

A depressão afeta milhões de pessoas em todo o mundo e é um problema de saúde pública relevante. Dentro desse contexto, a atuação do psicólogo é fundamental, já que o diagnóstico da doença envolve uma avaliação cuidadosa e criteriosa do paciente.

Quer saber mais sobre o tema, aprofundar seus conhecimentos sobre o estudo da depressão e construir uma carreira na Psicologia?

Neste artigo, você entende desde os princípios básicos da depressão até qual é o melhor curso de Psicologia para se graduar. Confira!

O que é depressão?

A depressão é uma doença que afeta a maneira como uma pessoa pensa, sente e age. Ela é caracterizada por sentimentos persistentes de tristeza, desesperança, desamparo e perda de interesse nas atividades cotidianas.

Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde, a depressão é a principal causa de incapacidade em todo o mundo e estima-se que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades, sofram com esse transtorno.

Embora necessite de um diagnóstico mais detalhado por profissionais de saúde, é sabido que ela pode ser desencadeada por fatores biológicos, genéticos, psicológicos e ambientais.

Contudo, é uma doença tratável, e a busca por ajuda profissional é fundamental para o diagnóstico e o tratamento adequados.

Quais são as cinco fases da depressão?

De acordo com a Classificação Internacional de Doenças (CID-10), as cinco fases da depressão são:

  • Fase de humor depressivo: caracterizada por sentimentos persistentes de tristeza, desesperança, desamparo e perda de interesse nas atividades cotidianas.
  • Fase de lentificação psicomotora: o paciente apresenta lentidão no pensamento, na fala e nos movimentos.
  • Fase de perda de energia: há uma sensação constante de fadiga, cansaço e falta de energia, mesmo após períodos de repouso.
  • Fase de distúrbios cognitivos: a pessoa pode apresentar dificuldade de concentração, atenção e memória, além de pensamentos negativos e pessimistas.
  • Fase de ideação suicida: caracterizada por pensamentos recorrentes sobre morte, podendo evoluir para planos ou tentativas de suicídio.

Qual é o papel do psicólogo no estudo sobre depressão?

O papel do psicólogo no estudo sobre depressão é fundamental. Ele tem a tarefa de avaliar, diagnosticar e tratar os sintomas da doença, além de oferecer suporte emocional ao paciente durante todo o processo.

Por isso, é preciso que o profissional esteja bem preparado, com uma formação sólida e atualizada em Psicologia Clínica, para poder identificar os diferentes tipos de depressão e escolher a abordagem terapêutica mais adequada.

Atuação do profissional nos diagnósticos

A atuação do psicólogo nos diagnósticos pode ajudar os pacientes a superar a depressão e retomar a qualidade de vida.

Para tanto, é necessário realizar uma avaliação cuidadosa e criteriosa do paciente, com o objetivo de identificar os sintomas e compreender o impacto que a doença tem na vida do indivíduo.

Nesse caso, o psicólogo pode utilizar diversas ferramentas, como questionários, entrevistas clínicas e observação comportamental. A partir daí, é possível fazer um diagnóstico preciso e escolher a abordagem ideal.

Além disso, é preciso acompanhar o paciente de perto, oferecendo suporte emocional e ajustando o tratamento de acordo com as necessidades individuais de cada caso.

Como estudar sobre depressão?

Para o estudo sobre depressão, é necessário considerar diversas abordagens e metodologias de pesquisa. Uma das formas mais eficazes é por meio da graduação em Psicologia, que oferece uma base teórica e prática para a compreensão dos transtornos mentais, incluindo a depressão.

Além disso, participar de grupos de estudos pode contribuir significativamente para o conhecimento sobre o assunto. Eles possibilitam a discussão e o aprofundamento de temas específicos, enquanto as pesquisas permitem a coleta de dados e a análise de resultados relevantes para a compreensão dos transtornos mentais.

Participar de pesquisas científicas e ler conteúdos acadêmicos sobre o tema também são pontos fundamentais para que o psicólogo ofereça um acompanhamento eficaz.

Graduação em Psicologia: tenha uma atuação sólida nos diagnósticos

O curso de Psicologia abrange diversas áreas de atuação para o mercado de trabalho, e no IPOG elas são contempladas com excelência e dinamismo.

O objetivo dessa graduação, em linhas gerais, é formar psicólogos capazes de atuar com diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças mentais, como o estudo sobre depressão, mas também distúrbios de personalidade, emocionais e outros aspectos do comportamento humano.

Grade curricular

A grade curricular segue um sequenciamento lógico das disciplinas com o objetivo de preparar os estudantes para atuar em diversas áreas de conhecimento da Psicologia.

Alguns dos assuntos que você vai estudar:

  • A história e os fundamentos epistemológicos da Psicologia
  • Fenômenos e processos mentais: a relação entre Psicologia e outros campos (Filosofia, Sociologia, Neurologia etc.)
  • Diferentes abordagens teóricas e metodológicas da psicoterapia (Humanista, TCC, psicanálise, gestalt, entre outras)
  • Campos de atuação (Psicologia organizacional, infantil, educacional, entre outros)
  • Ferramentas e técnicas diversas para a prática profissional (avaliação psicológica, psicotestes, terapia de grupo etc.)
  • Metodologia da investigação científica

Mercado de trabalho

O campo da Psicologia é muito amplo e oferece diversas oportunidades de trabalho em diferentes áreas e contextos. Com a crescente preocupação com a saúde mental, a procura por serviços psicológicos aumentou, o que torna a área ainda mais promissora.

Possibilidades de atuação

Como profissional da área, o psicólogo tem um vasto campo de possibilidades para atuar. As principais áreas da Psicologia são:

  • clínica: atendimento psicológico a pacientes em consultório particular, clínicas, hospitais e outras instituições de saúde mental;
  • escolar: orientando alunos, professores e pais, realizando avaliações psicológicas e desenvolvendo projetos pedagógicos;
  • organizacional: atuação em empresas, auxiliando na gestão de pessoas, no treinamento e no desenvolvimento de equipes, seleção de pessoal, entre outras atividades;
  • social: trabalho em projetos sociais, ONGs, hospitais e outras instituições que trabalhem com pessoas em situação de vulnerabilidade social;
  • jurídica: atuação em tribunais, auxiliando em processos de adoção, tutela, separação, divórcio, guarda de filhos, entre outros;
  • esportiva: trabalho em clubes esportivos, auxiliando atletas no desenvolvimento de habilidades psicológicas, como a concentração e o controle emocional;
  • acadêmica: atuação em universidades, como pesquisador ou professor, orientando alunos e desenvolvendo pesquisas na área de Psicologia;
  • hospitalar: atendimento em hospitais, auxiliando no tratamento de pacientes internados ou em tratamento ambulatorial.

Por que escolher o IPOG para se graduar?

O IPOG oferece uma infraestrutura completa e de alta qualidade para que você possa obter os melhores resultados em seus estudos, com laboratórios de anatomia e prática clínica, além de uma clínica-escola que possibilita a vivência prática da profissão.

Tudo isso contribui para a formação de profissionais qualificados e preparados para atuar em um mercado de trabalho cada vez mais exigente.

Instituição de referência

O IPOG é referência em ensino no Brasil. A instituição conta com excelência acadêmica e qualidade em todos os cursos, sejam eles cursos de curta duração, graduação ou pós-graduação.

Além disso, o estudante conta com uma equipe altamente capacitada, professores de renome no mercado e uma infraestrutura completa e moderna para recebê-los.

Unidades em todo o país

Atualmente, são mais de 50 unidades em todo o país para estudar. Dessa forma, moradores de todos os estados têm acesso a cursos de qualidade e um leque de opções de áreas para se graduar e especializar.

Laboratórios de anatomia e prática clínica

Os laboratórios de anatomia e prática clínica oferecem uma experiência de aprendizado prático e realista para os alunos, complementando a formação teórica. Isso contribui para a preparação na atuação profissional, proporcionando uma formação completa e sólida.

Professores renomados

O IPOG conta com professores renomados em suas áreas de atuação, que trazem consigo uma vasta experiência prática e acadêmica, contribuindo para a excelência dos cursos oferecidos pela instituição.

Isso garante que os alunos tenham acesso a conteúdos sempre atualizados de acordo com as demandas do mercado de trabalho. Além disso, a troca de experiências pode garantir melhor atuação profissional desde os primeiros passos após a graduação.

Metodologia inovadora

As aulas estabelecem uma conexão entre teoria e prática por meio da aplicação de metodologias ativas, estudos de casos, grupos de estudos e laboratórios clínicos. Essa abordagem põe o aluno como o centro do processo de aprendizagem, que proporciona uma formação mais completa e efetiva.

Invista certo: fale com nossos consultores de carreira

Faça sua graduação em Psicologia no IPOG e torne-se apto a compreender o ser humano de forma ampla. Ao final do curso, você poderá contribuir significativamente para a melhoria da qualidade de vida de indivíduos, grupos, organizações e comunidades.

Quer ter mais informações sobre como o IPOG pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos?

Entre em nosso site, preencha o formulário e fale com nossos consultores de carreira.

Artigos relacionados

O que esperar da área de Psicologia em 2023? Diante de cenários instáveis, como foi a pandemia de covid-19, a saúde mental e o bem-estar da população ganharam maior destaque e discussões amplas em diversos setores, especialmente na Psicologia. Quando nos deparamos com situações assim, o profissional ...
Especialização em Neuropsicologia: conheça a profissão que tem alta procura por profissionais prepar... Quer investir em uma das áreas mais promissoras da Psicologia? A especialização em Neuropsicologia veio para que profissionais possam aprofundar seus conhecimentos técnicos e procedimentos de avaliação cognitiva e comportamental. A área segue em plena expa...
Checklist dos fundamentos e normas elaboração de documentos psicológicos A elaboração de documentos psicológicos gera dúvidas entre profissionais recém-formados e até mesmo entre veteranos. Isso porque, nos últimos anos, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) trouxe novas regras que afetam a atuação dos psicólogos. A Resolução ...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo IPOG. Responsável : Bruno Azambuja - Gerente de Marketing - bruno.azambuja@ipog.edu.br