Jobs e Millennials: descubra como escolher a capacitação profissional que visa o futuro
5 minutos de leitura
10 de janeiro de 2020

Jobs e Millennials: descubra como escolher a capacitação profissional que visa o futuro

Capacitação profissional

Os millennials querem tudo (e para ontem!). A geração que está saindo da faculdade e ingressando para valer no mercado de trabalho quer dinamismo e tem pressa para alcançar logo o sucesso.

Por isso, eles já procuram uma nova capacitação profissional, no entanto, essa rapidez pode ser um tiro no pé para quem tem muita pressa e pouca certeza.

Pela maior variedade de cargos e funções e o menor apego com a estabilidade, as possibilidades para o futuro profissional se tornam realmente amplas e, como dissemos, eles querem tudo.

Se você faz parte dos nascidos no final dos anos 80 até meados dos anos 90, sabe do que estamos falando! Neste artigo, vamos entender o que o mercado espera dos millennials e como fazer a melhor escolha para o futuro.

O que você verá neste artigo:

  • geração millennials: como o mercado está se adaptando;
  • o que os empregadores procuram nos profissionais que estão chegando ao mercado;
  • desafios profissionais enfrentados pelos millennials;
  • o que os millennials devem levar em consideração na hora de escolher a capacitação profissional;
  • capacitação profissional como chave para o futuro.

Geração Millennials: como o mercado está se adaptando a eles

Se antes era confortável para o empregador saber que aquele colaborador permaneceria na empresa por ao menos 10 anos, hoje, é um desafio fazer com que essa nova geração de trabalhadores permaneça pela metade desse tempo.

Em um estudo feito pela PwC, 95% dos millennials entrevistados afirmaram que ter equilíbrio entre o trabalho e vida pessoal é crucial quando pensam em qualidade de vida e futuro.

Além disso, a pesquisa também mostra que sucesso e satisfação estão relacionados com o vínculo de confiança entre gestor e colaborador. 

Outro dado observado na pesquisa é em relação a progressão de carreira: 52% das pessoas responderam que na hora de procurar uma oportunidade, a possibilidade de crescer é o maior ponto a ser considerado. A escolha ficou até mesmo a frente de salários altos, que foi apontado por 44% dos entrevistados.

Com isso, é fácil perceber que o mercado não é mais o mesmo. A nova geração é motivada pelas causas e espera que o seu trabalho seja relevante e impactante para a sociedade.

Cultura organizacional tem se popularizado nas empresas

Por isso, é cada vez mais comum encontrar empresas preocupadas com uma cultura organizacional atrativa e plano de carreira para seus colaboradores.

Além disso, os processos seletivos estão delimitando menos as suas vagas. Se antes um profissional de engenharia trabalhava apenas com isso, por exemplo, hoje ele pode atuar em outras funções.

Os empregadores entendem que a nova geração é engajada e multicultural, estão mais dispostos a sair da zona de conforto e se sentem desafiados com novidades.

Contudo, isso não quer dizer que dominar um conteúdo não seja mais importante, muito pelo contrário! Acompanhe, a seguir, o que os empregadores procuram.

O que os empregadores procuram nos profissionais que estão chegando ao mercado?

Assim como os millennials procuram experiências diferentes que os seus antecessores, gestores também trazem novos requisitos para o preenchimento de vagas.

Justamente pela agilidade e dinamismo característicos da geração, os perfis mais esperados e procurados são de profissionais que tenham iniciativa, sejam inovadores e não tenham medo de grandes desafios.

Uma característica das empresas é aumentar a horizontalidade e diminuir o abismo entre empregadores e empregados. Por isso, eles desejam que profissionais sejam mais independentes e direcionados para a resolução de problemas.

Além disso, habilidades analíticas tendem a ser valorizadas no mercado profissional. O futuro do trabalho está associado diretamente a análise de dados e a prova disso são os diversos cargos voltados somente para essa análise.

Outra característica fortemente procurada são pessoas que tenham um currículo plural e vontade genuína de absorver novas experiências. Por isso não é incomum que profissionais com cursos extracurriculares, programas de voluntariado e habilidades diferenciadas estejam entre as primeiras opções.

Os empregadores veem nessa vontade de aprender uma porta para trazer inovação e uma grande vontade de conhecimento para o ambiente de trabalho. 

Quais são os desafios profissionais enfrentados pelos millennials?

O primeiro grande desafio que os millennials vão precisar enfrentar é a alta na taxa do desemprego, que aumentou desde 2015 em toda a América Latina e Caribe. Esse ponto dialoga com a falta de profissionais com habilidades necessárias a vaga.

Isso porque a geração Millennial tem vontade de aprender coisas novas, mas a dinamicidade impede o tempo necessário para isso. Assim, correm o risco de buscarem formações superficiais ou o autodidatismo, que às vezes pode não ser o bastante.

Millennials precisam quebrar estereótipos da geração

Para além das limitações, a Geração Millennial é conhecida por ser mimada, não gostar de compromissos, não acreditar em hierarquias e dificuldade em lidar com frustração. Características que são desvalorizadas por gestores por fazerem parte do ambiente de trabalho.

Assim, ainda que essa geração traga benefícios, o quesito comportamental pode pesar negativamente em sua trajetória de carreira. Afinal, os Millennials não se adaptam facilmente ao ambiente tradicional corporativo e têm alta rotatividade em empregos.

As pessoas que conseguem contornar os aspectos negativos citados e ainda possuem capacitação profissional são aquelas que estarão à frente da concorrência!

O que os millennials devem levar em consideração na hora de escolher a melhor capacitação profissional para o futuro?

A vontade de aprender tudo pode ser uma barreira no momento de escolher a melhor capacitação profissional, portanto, os millennials devem exercer o autoconhecimento para entender exatamente suas necessidades e vontades.

Pelo fato de o mercado hoje ser abrangente no que diz respeito a áreas de atuação, profissionais não precisam ficar presos apenas a sua área de formação. Por isso, é ainda mais importante pesquisar os benefícios daquele curso de especialização para a sua carreira e as necessidades que o mercado pede.

Atualmente, por exemplo, habilidades relacionadas a análise de dados/indicadores, neuromarketing e skills de gestão são valorizadas em diversos cargos. Assim, profissionais de diferentes formações podem se beneficiar com isso.

A nossa dica para esse tópico, portanto, é elaborar um plano de carreira antes de optar por uma capacitação profissional. Pesquise os cargos e empresas que gostaria de trabalhar, áreas de interesse e mercado de trabalho para essa função. Vale pesquisar também sobre profissões em alta para o futuro.

Quais são as qualificações e capacitações mais desejadas?

Para o futuro, algumas carreiras estarão em alta no mercado. Marketing Digital, Gestão de Pessoas/RH e Tecnologia são as que representam grandes oportunidades já que possui um grande leque de atuação.

Veja, a seguir, qualificações desejadas pelo mercado em diversos segmentos:

Capacitação profissional é chave para futuro bem-sucedido

Como mencionado, a instabilidade econômica do país fez com que os millennials entrassem no mundo profissional tendo que superar a barreira do desemprego. Ao contrário do que lhe foi prometido no início da graduação, ter uma formação não é garantia para o futuro.

Nesse sentido, a capacitação profissional é a aposta para recém-graduados que precisam se destacar e, também, para profissionais que já estão no mercado. Assim, eles podem se atualizar quanto às tendências e não ficar para trás em relação a nova geração.

Além disso, se atualizar através de eventos da área, pesquisas de mercado publicadas e acompanhar o que os grandes do segmento estão fazendo são essenciais. 

Esse tipo de conhecimento, somado ao domínio de um tema, fará com que o profissional tenha tudo o que é procurado e esperado dessa geração: pluralidade, dinamismo e coragem para enfrentar grandes desafios.

Agora que você já sabe qual caminho percorrer para o escolher o melhor para o seu futuro, que tal dar um passo em direção ao sucesso profissional? Para saber mais sobre os nossos cursos de especialização, entre em contato conosco!

Se você gostou desse artigo, aproveite para ler nossos outros conteúdos:

Até a próxima!

Sobre Curadoria - Cyndia Bressan

Mestre em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de Brasília/UnB. Possui graduação e licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará/UFC. Atualmente é docente, coordenadora dos cursos: MBA Gestão de Pessoas por Competências e Coaching; MBA Gestão de Pessoas por Competências, Indicadores e Resultados do IPOG

Comentários