Conheça Anne: economista que encontrou no Direito a oportunidade de mudar de carreira aos 41 anos
3 minutos de leitura
11 de junho de 2018

Conheça Anne: economista que encontrou no Direito a oportunidade de mudar de carreira aos 41 anos

Você já se imaginou jogando tudo para o alto e recomeçando a sua trajetória profissional? Mudar de carreira aos 41 anos de idade? É, pode ser que, para muitos, essa reviravolta não seja tão atraente nesse faixa etária da vida, mas não há porquê tornar isto um empecilho, não é mesmo?

Foi exatamente isso que Anne Grayce de Oliveira fez! Economista pela Universidade Federal do Acre, ela se sentia desmotivada com a rotina de trabalho exercida, como se algo lhe faltasse para completar sua vida profissional.

Nesse momento crítico de sua caminhada, ela encontrou no IPOG o que chama de “retorno à vida”. Sem dar muita credibilidade a instituição, Anne se matriculou na Pós-Graduação em Ciências e Legislação do Trabalho para atender um desejo antigo: estudar e aprofundar os conhecimentos na área trabalhista.

Um retorno apaixonante ao Direito

“Eu estava acomodada e desmotivada. Voltar a estudar estava fora dos meus planos”. O medo de não se adaptar e de se decepcionar com o curso era grande, mas foi justamente a dificuldade e a curiosidade em entender e aprender as matérias que levou motivação à Anne. “Quando conheci os módulos e os professores, tudo me encantou”.

Começava então um mundo de descobertas para ela. “Nunca me esqueço que foi ali, na primeira aula, que voltei a me interessar pelo Direito e resolvi que seria a hora de retornar ao curso que eu havia deixado para trás, em meados de 2003”. Essa mudança de vida profissional era inimaginável para ela.

O efeito transformador do Direito em sua vida

Apesar de ter continuado os trabalhos na empresa do esposo, Anne se afastou muito das atividades profissionais e dedicou seu tempo aos estudos para, enfim, trabalhar com a assessoria em assuntos mais voltados ao Direito. O objetivo era oferecer aos clientes serviços mais qualificados e fundamentados, bem como mais direcionados à área trabalhista.

O objetivo foi alcançado. Hoje, por meio da pós em Ciências e Legislação do Trabalho, Anne consegue oferecer serviços especializados, fidelizar clientes e, graças ao networking gerado no curso, ela também consegue indicar bons profissionais da advocacia aos clientes da empresa de contabilidade em que trabalha.

Para além disso, Anne também destaca os conhecimentos adquiridos sobre Direito do Trabalho, o que proporcionou uma elevação de sua autoestima e confiança. Mudanças essenciais que a levaram a retornar ao curso de Direito, em janeiro de 2015.

OAB e os planos para o futuro

E os benefícios não param por aí! Em 2017, Anne passou na primeira fase da OAB e na segunda fase em Direito do Trabalho, no entanto, por ter atuado como treineira e por ainda faltar alguns períodos até a formatura, ela não pôde assumir.

No entanto, este ano –  e agora pra valer! – Anne já alcançou a aprovação na primeira fase do Exame da OAB e os planos para 2018 ainda são muitos! “Tive que me afastar do escritório pois tenho que cumprir estágio, TCC, Simulados, ENADE e estou aguardando a segunda fase que farei em Direito do Trabalho, minha matéria preferida”, diz.

Ainda para o futuro, ela vislumbra abrir sua sociedade unipessoal e atuar no mercado de trabalho como advogada. Inclusive, Anne já tem uma sala reservada e um projeto pronto, por isso seu foco está em sua aprovação e conclusão do curso.

Não engavete seus sonhos!

Acreditar que é possível transformar, reinventar e enveredar por outros caminhos em prol da realização e satisfação profissional é algo fundamental. Ter cursado uma pós sobre a área de conhecimento mais apaixonante para Anne foi essencial para torna-la uma pessoa mais feliz, realizada e grata.

Mãe de dois filhos, Anne já atuou como servidora pública concursada pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre, como professora de matemática em escolas particulares, economista e, agora, como especialista em Ciência e Legislação do Trabalho.

Daqui um tempo trabalhará como advogada e, dentre todas as escolhas profissionais, esta, com certeza, é a mais gratificante. “Não esquecerei dos ensinamentos que o IPOG me trouxe e da vida nova que me proporcionou! A gratidão é eterna.”

Às pessoas que também desejam trocar de trabalho, profissão e conhecer novas possibilidades, Anne aconselha: vá em busca! “Eu que me achava velha para voltar a estudar, conheci colegas muito mais velhos que eu no IPOG e muito mais jovens também. Percebi que idade não significa nada quando você decide voltar ao ensino”.

“Eu sempre fui muito estudiosa e leitora, sempre busquei novos conhecimentos e era justamente isso que faltava para completar a minha vida. Hoje me sinto completa! Tenho família, trabalho, estudo e este ano concluo o curso de Direito. Ano que vem terei meu escritório de Advocacia para atuar na área trabalhista e tributária. Depois quero fazer um mestrado e continuar me especializando sempre e sempre.”

Inspiradora a história de Anne, né? Se gostou deste conteúdo, leia também outros cases disponíveis no blog sobre profissionais que encontraram na especialização o caminho para o sucesso e crescimento da carreira.


Artigos relacionados

Fique de olho nas profissões que estão em alta em 2017 O ano de 2016 terminou e muita gente não conseguiu encontrar uma vaga de emprego. Com os orçamentos reduzidos, algumas empresas continuam tentando diminuir os gastos e equilibrar as contas. Mas, de acordo com uma pesquisa da revista Exame.com, o ano de 2017 já...
Saiba mais sobre as sanções políticas tributárias As sanções políticas tributárias, também conhecidas como meios indiretos coercitivos de cobrança, são quaisquer imposições ou limitações de ordem administrativa, ainda que estabelecidas em lei, que obstem o exercício de direitos das pessoas físicas ou jurídica...
Empresas: é preciso muita cautela para se adequar à Reforma Trabalhista Uma das mudanças mais profundas e polêmicas feitas no governo Temer passa a vigorar nesse próximo sábado, 11 de novembro: a Reforma Trabalhista. Trata-se da Lei nº 13.467, que altera mais de 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e modifica as r...

Sobre Anne Paiva

Brasileira, casada, economista/UFAC, pós-graduada em Metodologia e Didática do Ensino Superior-FEC, especialista em Ciência e Legislação do Trabalho-IPOG, acadêmica do 5º. Ano de Direito da FAAO, mãe do Igor e do Vitor, esposa do Franklin, nascida em Rio Branco/Acre no dia 06/12/1974, tendo portanto, 43 anos de idade, muito feliz e cheia de sonhos a realizar. E o meu trabalho hoje é estudar e assessorar nossos colaboradores e clientes da empresa ROOSEVELT CONTABILIDADE E ASSESSORIA, na área trabalhista. E em breve, pretendo ser advogada da minha própria sociedade unipessoal.

Comentários