Qual a relação entre empregabilidade e Metodologia Ativa?
2 minutos de leitura
16 de julho de 2018

Qual a relação entre empregabilidade e Metodologia Ativa?

empregabilidade e Metodologia Ativa

Em outro texto do nosso Blog explicamos a relação entre Metodologia Ativa e Nativos Digitais. Considerando esse universo de novas Metodologias de Aprendizagem, como elas podem te beneficiar em relação ao seu campo de trabalho?

Pois então, o professor Gabriel Elmor – que tem ministrado palestras e oficinas de capacitação docente relacionadas aos temas de Metodologias Ativas e Sala de Aula Invertida, considera que se você deseja sair na frente na hora de encontrar o seu emprego, ter formação com metodologias ativas é um grande diferencial.

Nesse método é notório a aplicação de atividades que incentivam:

O emprego está ligado a multifatores que determinam a qualidade de vida no trabalho e o salário que você receberá pela prestação de serviço.

Dependendo da profissão, por exemplo, o principal critério para determinar sua rentabilidade é o contexto econômico do país em que se vive.

No entanto, o profissional que possui formação baseada nas metodologias ativas desenvolverá não apenas a parte técnica, mas também importantes habilidades pessoais e interpessoais”, considera o professor Gabriel Elmor.

Evoluir ou Financiar o diploma?

No mundo acadêmico, você estudante, já observou que existem vários tipos de colegas de classe? Entre eles dois se destacam:

Para o primeiro ponto, é preciso saber que o objetivo de financiar o seu diploma te deixará atrasado no mercado de trabalho. É como ir até a aula, mas não aprender nada.

As metodologias ativas fazem com que o aluno mantenha a matéria em dia e perca o hábito de estudar apenas nas vésperas das avaliações.

Dessa maneira, a melhor opção é buscar se desenvolver em uma instituição que utilize tais metodologias para formar profissionais com visão, que estejam em constante evolução, descobrindo suas maneiras de se destacar no mercado.

Conheça então um pouco mais sobre: Por que a Metodologia Ativa é tão importante no processo de aprendizagem e, não deixe de conhecer também o curso de Formação de Professores em Didática e Gestão Educacional do IPOG.

Gostou de conhecer algumas das vantagens da aplicar as Metodologias Ativas no ensino? Conte para nós o que considera mais importante no processo de aprendizagem nos comentários abaixo.


Artigos relacionados

Formei! E agora, por que devo fazer uma especialização? A experiência adquirida em uma graduação há um bom tempo deixou de ser o principal motivo para conseguir um bom cargo nas organizações e até mesmo para ingressar no mercado de trabalho. Hoje em dia, os recrutadores dão vantagens para aqueles que possuem algum ...
Aprenda como combater a procrastinação nos estudos A palavra procrastinar tem origem latina, sendo que “pro" significa para, diante, adiante, ou em favor de, e “crastinus", quer dizer do amanhã. Há muitos sinônimos para esse fenômeno: adiar, tardar, demorar, enrolar, espaçar, transferir para outro dia, ou seja...
Fique de olho nas profissões que estão em alta em 2017 O ano de 2016 terminou e muita gente não conseguiu encontrar uma vaga de emprego. Com os orçamentos reduzidos, algumas empresas continuam tentando diminuir os gastos e equilibrar as contas. Mas, de acordo com uma pesquisa da revista Exame.com, o ano de 2017 já...

Sobre Gabriel Elmôr

Engenheiro formado pelo Instituto Militar de Engenharia (IME) e Doutor em Ciências pela UFRJ. Acadêmico de longa data no IME, onde foi Diretor de Departamento de Ensino e Pró-Reitor. Tem experiência marcante em EAD, tendo desenvolvido diversos cursos e ambientes virtuais nesta modalidade. É Avaliador Institucional e de Cursos do Ministério da Educação (MEC) e também, professor do IME. Tem ministrado palestras e oficinas de capacitação docente relacionadas aos temas de Metodologias Ativas e Sala de Aula Invertida (“FLIPPED CLASSROOM”). Atua como Consultor Educacional no Grupo Editorial Nacional (GEN), onde coordena o desenvolvimento de disciplinas e objetos educacionais online. Foi o idealizador da Plataforma de Reforço Online para alunos de Engenharia (PROENGE), que visa diminuir a reprovação e evasão de alunos dos cursos de engenharia. Tem participado ativamente em Palestras e Treinamentos em congressos, seminários e Instituições de Ensino, nos Temas Metodologias Ativas, Blended Learning, Sala de Aula Invertida e EAD.

Comentários