Construções metálicas: inove em projetos de engenharia com um MBA
5 minutos de leitura

Construções metálicas: aprenda a inovar em projetos de engenharia com um MBA

As construções metálicas oferecem diversas vantagens para projetos de engenharia, dentre elas podem se destacar a maior flexibilidade aos projetos e a possibilidade de inovação no mercado.

No entanto, para aproveitar melhor o potencial dessas estruturas na engenharia, é essencial dominar as tecnologias construtivas e a elaboração de projetos com esses materiais. Por isso, a pós-graduação torna-se essencial para quem deseja entrar em um novo campo de atuação e ampliar os horizontes profissionais.

Neste artigo, você vai conhecer de que maneira esse tipo de material pode ser usado na construção civil e os principais exemplos. Além disso, vai conhecer os diferenciais de adotar estruturas metálicas em projetos e descobrir como se especializar para trabalhar com essas estruturas.

Confira!

Quais são as estruturas metálicas para usar na engenharia?

As construções metálicas são elementos usados em diversos tipos de projetos de engenharia civil.

O principal material usado nessas estruturas é o aço, que é formado por um tipo de liga ferro-carbono. A proporção de carbono indica a resistência do material. Por isso, quanto maior a quantidade de carbono, mais durável será o material.

Geralmente, as estruturas metálicas são usadas em projetos de construção industrial e em edificações de grande porte, mas também podem ser utilizadas em outros empreendimentos.

Quais são as vantagens da estrutura metálica para construções?

Ao optar por trabalhar com projetos e construções metálicas, é possível enumerar diversos benefícios, dentre eles a versatilidade, o melhor aproveitamento de materiais, a liberdade criativa e o potencial sustentável.

Conheça mais essas vantagens a seguir.

Versatilidade

As estruturas de aço são feitas de peças pré-fabricadas. Assim, são capazes de assegurar versatilidade e rapidez à obra, porque é necessário montá-las apenas no momento da construção.

Menos desperdício

A flexibilidade desse tipo de estrutura também permite que o canteiro de obras seja mais enxuto, com menos fluxo de materiais. A utilização de aço influencia o quesito padronização e diminui o desperdício.

Liberdade na criação

Outro ponto positivo do uso de estruturas metálicas é a liberdade para criação de projetos. A versatilidade desse tipo de material possibilita a elaboração de construções mais modernas e com uma característica arquitetônica marcante.

Compatibilidade com diversos materiais

A construção em aço é compatível com qualquer material de fechamento, seja vertical ou horizontal. Com isso, admite os materiais mais tradicionais, a exemplo de blocos, tijolos e lajes moldadas in loco, bem como componentes pré-fabricados, como painéis drywall e lajes de concreto.

Sustentabilidade

As construções metálicas também são consideradas menos agressivas ao meio ambiente. Além de reduzirem o consumo de madeira nas obras, diminuem a emissão de material particulado.

A capacidade de reciclagem do aço também é alta e as estruturas podem ser reaproveitadas.

Processo construtivo com estruturas metálicas 

Ao trabalhar com estruturas de aço, o arquiteto deve definir se será aparente ou revestida. 

A maioria das obras em aço no exterior é concluída com aço revestido. A solução pode implicar a diminuição de custos de pintura e a proteção contra incêndios.

Além disso, é importante fazer um bom detalhamento do projeto estrutural, levando em conta eventuais interferências com instalações de ar-condicionado, hidráulicas e elétricas. Um dos cuidados que pode ser tomado é evitar regiões com deposição de resíduos e acúmulo de água.

O processo construtivo também deve delimitar o sistema de ligação a ser adotado. Entre os elementos, estão as vigas, os pilares e os contraventamentos. Nesse ponto, é necessário que os materiais apresentem resistência mecânica compatível com o aço utilizado.

Estruturas metálicas x concreto armado

Ao comparar as construções metálicas e o concreto armado, é possível pontuar algumas diferenças em termos de elasticidade e tração. Assim, as estruturas de metal são mais seguras.

Outra diferença importante é que o concreto precisa ser produzido no momento em que é aplicado. As estruturas metálicas, por sua vez, são pré-fabricadas e montadas no local da obra.

Em relação ao material, o concreto armado requer produtos, como cimento, brita, areia, água, aditivos, entre outros. Já as construções metálicas exigem apenas a necessidade de materiais, como parafusos e tintas especiais, além de aço.

Exemplos de construções com estruturas metálicas para usar

A aplicação das construções com estruturas metálicas pode ser feita em diversas obras, com maior custo-benefício, rapidez e alto potencial produtivo.

Conheça alguns exemplos da aplicação prática:

  • edifícios de escritórios;
  • edifícios residenciais;
  • habitações populares;
  • pontes;
  • passarelas;
  • viadutos;
  • postos de gasolina;
  • aeroportos;
  • ginásios esportivos;
  • torres de transmissão.

Como se preparar para esse novo cenário? 

O profissional que tem interesse em desenvolver projetos com estruturas metálicas precisa conhecer as características dessas construções e entender as especificidades que os projetos requerem.

Nesse sentido, uma especialização na área desenvolve o conhecimento técnico necessário para atender às demandas do mercado.

Por isso, o profissional deve optar por um curso em uma instituição de referência, com módulos atualizados com as necessidades do mercado e que ofereça espaço para a prática construtiva, fugindo apenas dos conhecimentos teóricos.

Especialize-se na área com o MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira

O MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira do IPOG é a melhor opção para quem deseja atuar no setor.

O curso foi desenvolvido para atender às novas demandas do mercado, explorando todo o potencial de sustentabilidade, modernidade e otimização de custos na construção civil para formar profissionais aptos a atuar nesse mercado.

Confira, a seguir, alguns detalhes sobre o MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira do IPOG.

Módulos do curso

  • Sistemas Estruturais em Aço
  • Dimensionamento de Perfis Formados a Frio
  • Fundamentos de Estruturas de Madeira
  • Dimensionamento e Detalhamento de Estruturas de Madeira Serrada
  • Dimensionamento e Detalhamento de Estruturas de Madeira Engenheirada e Sistemas Wood Frame e Light Wood Frame
  • Ligações em Estruturas de Aço
  • Análise Estrutural
  • Utilização do Software SCIA Engineer para Estruturas Metálicas
  • Projeto e Construção de Edificações Comerciais em Estruturas Metálicas
  • Detalhamento de Estruturas Metálicas com BIM
  • Projeto e Construção de Galpões
  • Projeto e Construção de Estruturas Light Steel Framing
  • Estruturas Mistas de Aço e Concreto
  • Projeto e Construção de Pontes e Viadutos em Estruturas Metálicas
  • Projeto de Prédios com Múltiplos Pavimentos em Aço, Lançamento, Montagem e Sistemas Complementares de Estruturas de Aço
  • Dimensionamento de Vibrações em Estruturas Metálicas
  • Falhas e Patologias em Estruturas Metálicas
  • Dimensionamento, Segurança nas Estruturas Metálicas, Proteção contra Incêndio e Corrosão

Formação voltada para a prática

O MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira é uma formação voltada essencialmente para a prática profissional. O IPOG conta com uma metodologia que dá uma visão sistêmica da área e desenvolve competências para lidar com desafios cotidianos da carreira.

O estudante é constantemente desafiado e convidado a propor soluções para problemas do dia a dia das obras. Além disso, ele pode desenvolver projetos de construções metálicas para pôr em prática todo o conhecimento aprendido em sala de aula.

Curso inovador para engenheiros

O curso também é inovador para profissionais de engenharia, porque é atualizado com as principais tendências do mercado. Na pós-graduação, você entende as principais ferramentas tecnológicas que são aliadas para o projeto e para a construção.

Assim, o engenheiro é convidado a pensar em projetos inovadores, que fujam do óbvio, e que possam revolucionar a prática construtiva no dia a dia.

Preparação para o futuro

A formação prepara os profissionais para o futuro da engenharia. Por serem mais sustentáveis e gerarem menos desperdício nas obras, as construções metálicas estão em alta e o seu uso deve continuar em crescimento.

Dessa forma, o profissional adquire uma visão diferenciada e que permite que ele explore o potencial das construções metálicas para aplicar hoje e futuramente, ganhando um potencial competitivo ainda mais forte para a profissão.

Invista no futuro de sua profissão com o MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira

Saia do óbvio e conquiste o tão sonhado reconhecimento profissional.

Invista em uma pós-graduação que oferece potencial de crescimento para agora e para o seu futuro como engenheiro.

Visite a página do MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira, preencha o formulário e fale com nossos consultores de carreiras.

Gostou deste conteúdo? Leia também outros artigos em nosso blog:

Artigos relacionados

Dia da Engenharia: Dicas de leitura para os profissionais da área Os profissionais de engenharia são geradores de ideias, sempre aplicando métodos e técnicas economicamente viáveis, com auxílio da matemática e das ciências. Buscam aliar as melhores condições de segurança ao menor custo, sendo requisitados em todas as áreas, ...
Projetos em BIM: aprenda a desenvolver projetos de interiores modernos e sustentáveis A metodologia BIM tem sido considerada essencial para os profissionais de engenharia, arquitetura e design de interiores que desejam se atualizar com as tendências do mercado de trabalho. Por meio de softwares, é possível ter maior previsibilidade dos proj...
Otimização do custo da construção civil: o curso que prepara você para o melhor planejamento da obra... O custo da construção civil pode ser otimizado adotando algumas medidas, a exemplo de tecnologias construtivas e um planejamento eficiente. Por isso, é importante que o profissional da área conheça as melhores práticas de redução de custos, a fim de oferecer ...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo IPOG. Responsável : Bruno Azambuja - Gerente de Marketing - bruno.azambuja@ipog.edu.br