Graduação em Psicologia: entenda o curso e o mercado
4 minutos de leitura
02 de junho de 2021

Graduação em Psicologia: conheça o curso e o mercado de trabalho

A mente, o comportamento e o desenvolvimento humano sempre despertaram o fascínio de estudiosos em diversas áreas do saber. Assim, não surpreende que todos os anos milhares de estudantes apostem na graduação em Psicologia como carreira.

Nos dias atuais, a Psicologia ocupa um lugar ainda mais conhecido em virtude da crescente abertura na sociedade para tratar dos problemas de saúde mental. Percebidas sob forte estigma ao longo da história, doenças como a depressão, por exemplo, afetam milhões de pessoas no mundo e trazem muitos impactos sociais.

Contudo, quando se fala em transtornos e doenças mentais, a imagem recorrente é a de um psicólogo clínico, atuando em consultório. No entanto, é importante ressaltar que fazer uma graduação em Psicologia abre um leque de possibilidades muito maior para o profissional.

Há demandas por psicólogos em empresas, escolas, hospitais, institutos de pesquisas etc. Esse cenário é resultado da própria expansão da Psicologia como área que, na interface com outros tipos de conhecimento, tem propiciado avanços e benefícios importantes para a sociedade.

Neste artigo, faz-se um panorama da área e do mercado de trabalho, respondendo a dúvidas recorrentes sobre a graduação e alguns detalhes sobre o curso do IPOG, ideal para quem está pensando em se capacitar para essa carreira. Boa leitura!

Como é a graduação em Psicologia?

O curso superior em Psicologia normalmente tem duração de 5 anos e está estruturado entre as opções de bacharelado e licenciatura.

O objetivo dessa graduação é, em linhas gerais, formar psicólogos capazes de atuar com diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças mentais, mas também distúrbios de personalidade, emocionais e outros aspectos do comportamento humano.

A diferença entre bacharel e licenciado é que este último  capacita-se para a docência em instituições de ensino.

Em qualquer das duas modalidades, nos semestres finais da graduação o estudante realiza estágios obrigatórios, normalmente supervisionados, sobre os quais apresentará relatório, e um trabalho de conclusão de curso (TCC) para obtenção do título.

É nesses estágios que os graduandos adquirem habilidades práticas para a atuação profissional.

Frequentemente, os alunos que ingressam na faculdade de Psicologia são pessoas interessadas em contribuir com o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Muitos, inclusive, já têm graduação em outra área e fazem da segunda formação a realização de um sonho.

O que se estuda na graduação em Psicologia

A grade curricular de um curso de Psicologia pode variar levemente entre as faculdades, mas geralmente traz:

  • a história e os fundamentos epistemológicos da Psicologia
  • fenômenos e processos mentais
  • a relação entre Psicologia e outros campos (filosofia, sociologia, neurologia etc.)
  • diferentes abordagens teóricas e metodológicas da psicoterapia (Humanista, TCC, psicanálise, Gestalt, entre outras)
  • campos de atuação (Psicologia organizacional, infantil, educacional, entre outros)
  • ferramentas e técnicas diversas para a prática profissional (avaliação psicológica, psicotestes, terapia de grupo etc.)
  • metodologia da investigação científica

Algumas das principais áreas de atuação profissional

O psicólogo graduado pode atuar na área de:

  • Psicologia Clínica: um dos grandes campos de atuação desse profissional, abrange o atendimento de pacientes individualmente ou em grupo.
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho: atua em processos seletivos e apoio ao departamento de recursos humanos e gestão de pessoas nas organizações, contribuindo também para as relações saudáveis e o bem-estar no ambiente laboral.
  • Psicologia Hospitalar: trabalha oferecendo atendimento e apoio psicológico a pacientes e familiares em hospitais, notadamente em contexto de internação.
  • Psicologia Jurídica: opera utilizando seu conhecimento especializado no âmbito do Direito, mas também das perícias judiciais.
  • Psicologia Escolar e Educacional: atua com orientação e suporte psicológico para a comunidade escolar (estudante, pais, professores e administração) ou leciona disciplinas com foco no desenvolvimento integral humano e temas transversais.

Além dos campos citados, o profissional pode atuar em Psicologia Esportiva, de Trânsito, Orientação Profissional etc. 

[newsletter]

O mercado de trabalho para quem faz faculdade de Psicologia

O mercado de trabalho para os egressos da graduação em Psicologia é amplo, com oportunidades em clínicas, hospitais, escolas, centros esportivos, institutos de pesquisa e empresas. Há trabalhos de carteira assinada, mas também concursos públicos e espaço para empreender, especialmente em consultoria.

A atuação profissional está condicionada à titulação de nível superior obtida ao final da graduação e à inscrição no Conselho Regional de Psicologia (CRP).

No contexto atual, o profissional de Psicologia tem sido valorizado como estratégico dentro das organizações, tanto pelo aspecto que envolve saúde quanto pelo conhecimento sobre aspectos comportamentais, como as soft skills e o desenvolvimento das potencialidades humanas.

Durante a pandemia, a busca por psicólogos teve crescimento expressivo – uma resposta às tensões sobre saúde, emprego, isolamento, home office.

No entanto, percebe-se também que, com a instabilidade financeira do momento, muitas pessoas abriram mão da psicoterapia a fim de priorizar as condições de subsistência. A expectativa é que, com a melhoria da situação, a demanda por profissionais se intensifique.

Apesar do cenário favorável nos últimos anos, especialmente no que diz respeito ao cuidado com a saúde mental, a profissão ainda esbarra em mitos, preconceitos e desinformação.

Muita gente ainda confunde psicólogo e psiquiatra, outros acreditam que o profissional é apenas para quem apresenta transtornos e distúrbios, como ansiedade e depressão.

Na verdade, a terapia é benéfica em muitos aspectos da vida humana, como na construção de autoconhecimento, melhoria das relações interpessoais, em processos de impacto, como momentos de crise social, luto, divórcio etc.

Entenda como a Terapia Cognitivo-Comportamental pode auxiliar no tratamento de pessoas com depressão e ansiedade e quais são seus efeitos comprovados!

O IPOG, instituição de ensino superior com 20 anos de experiência no mercado nacional, oferta um curso de graduação em Psicologia reconhecido pela excelência na capacitação profissional.

Essa graduação prepara o estudante para uma compreensão assertiva do ser humano no âmbito da Psicologia em diálogo com vários campos do conhecimento. É uma formação de ponta a ponta alinhada com as expectativas do mercado por um profissional competente, ético, reflexivo, crítico e versátil.

A graduação IPOG está disponível apenas na unidade de Goiânia-GO!

Grade curricular

Os componentes curriculares estão distribuídos em 10 semestres, nos quais o estudante irá estudar:

  • Saúde Mental
  • Psicologia da Personalidade
  • Psicopatologia
  • Psicanálise
  • Psicologia da Saúde
  • Psicologia Análitica
  • Neurociência
  • Psicofarmacologia
  • Psicologia e Deficiência
  • Técnicas Psicoterápicas
  • Técnicas de Avaliação Psicológica

[Clique aqui para ver lista completa de disciplinas] 

Destaque ainda para a disciplina de Empreendedorismo, que auxilia o estudante a se desenvolver profissionalmente para ter o seu próprio negócio.

Além disso, essa graduação tem como diferenciais o corpo docente, composto de profissionais especialistas, mestres e doutores, e o foco na preparação para a realidade do mercado de trabalho, com conteúdos sempre atualizados.

Há duas áreas às quais o graduando pode dar ênfase: gestão organizacional e intervenção clínica. Também há estágios para adquirir competências práticas:

  1. Estágio 1 – Institucional (hospital, ONG, empresa)
  2. Estágio 2 – Saúde mental
  3. Estágio 3 – Aconselhamento psicológico e psicodiagnóstico
  4. Estágios 4 e 5 – Na área de ênfase

Apostar em uma instituição de ensino experiente e de qualidade é o caminho certo para quem deseja se destacar no competitivo mercado atual.

O curso do IPOG é interdisciplinar, abrangente, centrado no estudante e no seu engajamento, tendo sempre como meta a consistência da formação. Antes de escolher uma instituição, fale conosco e descubra as vantagens de ser nosso aluno.

Gostou deste artigo sobre a graduação em Psicologia? Confira mais 3 títulos que podem interessar:

Artigos relacionados

Gerenciamento hospitalar: conheça mais sobre essa atuação e destaque-se no mercado O Brasil tem o oitavo maior mercado de saúde do mundo e ocupa a nona posição no ranking de maiores gastos públicos na área — os recursos correspondem a 8,5% do PIB do País.  De acordo com um levantamento feito pela Agência Nacional de Saúde Suplementa...
A Prescrição Farmacêutica dos Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs) A prescrição farmacêutica dos Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs) causa impactos positivos na saúde pública, diminuindo custos e demandas no Sistema de Saúde. O alcance dessa prática é muito válido, pois além de tratar doenças com menor gravidade, ter ma...
A necessidade da experiência do estágio durante a graduação Não é segredo que um dos grandes desafios dos brasileiros recém-formados na graduação é a dificuldade de ingressar no mercado de trabalho. Assim, nos cursos de bacharelado ou de licenciatura, os estudantes encontram nos estágios, obrigatórios ou não, a cha...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários