A Gestão de Custos em Saúde é destaque para profissionais
6 minutos de leitura
27 de junho de 2019

Entenda os principais desafios e por que é tão importante se especializar em Gestão de Custos em Saúde

A Gestão de Custos em Saúde é destaque para profissionais

O setor financeiro tem importância singular em qualquer empresa. O gerenciamento adequado pode elevar o porte do empreendimento, ajudar na organização e otimização de gastos e prever possíveis crises.

Por esse motivo, a gestão de custos em saúde tem sido bastante procurada por profissionais e executivos. Eles desejam incrementar seus conhecimentos em administração financeira e melhorar os resultados de hospitais, clínicas, laboratórios e demais empreendimentos médicos.

Outro motivo da procura é o reconhecimento que o profissional vem ganhando, afinal, os serviços particulares têm perdido cada vez mais adeptos e os públicos precisam enfrentar altos cortes orçamentários.

Para entender melhor a atuação desse profissional, preparamos este artigo com os principais problemas enfrentados na gestão de custos hospitalares, a importância dessa especialização e como ela irá impulsionar a sua carreira.

Aproveite a leitura! 

Principais desafios financeiros enfrentados pelo gestor hospitalar

Já é do conhecimento de todos os problemas enfrentados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar do investimento corresponder a quase 4% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, esse valor ainda está abaixo do aplicado por muitos países.

Esse número parece especialmente pequeno se pensarmos que 70% dos brasileiros não têm plano de saúde particular e dependem do SUS.

PEC dos Gastos Públicos 

A crise fez com que gastos precisassem ser revistos. Por esse motivo, a pauta prioritária do governo de Michel Temer foi a PEC dos Gastos Públicos, ou PEC 241. Nela, fica acordado que os gastos da União serão congelados por 10 anos, contados a partir de 2016, podendo ser prorrogado por mais 10 anos após o vencimento, caso seja aprovada.

Essa nova resolução irá impactar diretamente o investimento na saúde, que já sofre com o subfinanciamento. 

Além do pouco investimento, a burocracia no setor público é um grande entrave para os gestores. Cada pequena atividade precisa ser aprovada em diversas instâncias, tornando o sistema lento como um todo.

Saúde privada

Se no sistema público o problema é a grande quantidade de usuários, na rede particular o impasse é o oposto: cada vez menos pessoas investem em planos de saúde e consultas privadas.

Os custos de um hospital são muito altos: é preciso dar conta de leitos, medicamentos, equipamentos tecnológicos, geradores e ainda de mão de obra especializada.

Outro desafio enfrentado por gestores da área da saúde privada é o modelo de gestão que não dialoga com as necessidades do país e a pouca abertura para inovações nesse sentido.

 


Por que é importante se especializar em gestão de custos em saúde?

As dificuldades e os desafios da gestão hospitalar no Brasil são complexos, afinal, mexe com estruturas sólidas, em processos muitas vezes burocráticos.

Por lidar com problemas de alto grau de dificuldade, o profissional que tem a intenção de trabalhar com gestão de custos em saúde deve saber que é necessário entender de técnicas específicas da área, softwares e ainda desenvolver visão analítica e inteligência de mercado.

Todos esses atributos serão necessários para melhorar a tomada de decisão, tão importante no cargo, e habilitar o profissional para o momento de traçar estratégias e planejamentos futuros.

A especialização irá oferecer ao profissional uma visão sistêmica. Assim, será possível estruturar um modelo de gestão efetivo e sustentável.  

Além disso, é importante que o profissional entenda de política e economia mundial. Dessa forma, será possível antever possíveis crises e elaborar planos contingenciais, diminuindo os impactos. 

Também é relevante pensar que melhorias não significam, necessariamente, analisar os indicadores em uma periodicidade constante. Para garantir as metas e objetivos que o um gestor almeja, é importante estudar o processo.

Isso só pode ser feito a partir de uma mudança de cultura que deve ser provocada nas organizações de saúde. Além disso, também é importante a preocupação com os seus colaboradores.

Essas observações devem ser salientadas para que o profissional entenda a complexidade do cargo e a necessidade de um conhecimento especializado. 

Como a especialização em gestão de custos em saúde irá incrementar a minha formação?

Os aspectos citados anteriormente já dão uma dimensão dos conhecimentos técnicos adquiridos na especialização em gestão de custos em saúde. Contudo, além desses ganhos, uma pós ou MBA representa também outros benefícios.

Alcançar cargos estratégicos

Você sabia que alguns cargos só podem ser ocupados por quem tem uma especialização no currículo? Não só pelo título, é claro, mas existem posições que necessitam de mais conhecimento e habilidades do que uma graduação pode oferecer.

Além do mais, se estamos falando exclusivamente do MBA, é uma especialização voltada para o mundo dos negócios. Isso significa dizer que independente da área escolhida o estudante aprenderá assuntos do ramo de business.

Atualização na área

Pós-graduação e MBA mais específicos são cursos geralmente realizados após alguns anos da formação superior. Dessa forma, pode ser que o seu conhecimento em determinados temas esteja defasado ou, ainda, que o mercado já tenha disponibilizado ferramentas mais modernas que irão facilitar e otimizar o seu trabalho.

Muitas pessoas têm procurado as especializações como forma de atualização na área ou iniciar a transição de carreira.

E o melhor, uma especialização pode aumentar em até 53,7% do salário. Isso influencia diretamente no profissional que gostaria de realizar uma pós ou MBA em gestão de custos em saúde.

Quem procura por essa especialização?

A especialização em gestão de custos em saúde é procurada, principalmente, por profissionais de saúde que desejam ocupar altos cargos em unidades médicas.

Podem ser:

  • empresários;
  • coordenadores;
  • executivos;
  • profissionais que desejam ingressar na gestão de unidades de saúde. 

Como se especializar em gestão de custos em saúde?

Se você deseja ter expertise na área, pode optar por um curso de pós-graduação, MBA, mestrado ou doutorado. Entretanto, é mais comum encontrar cursos da área nas duas primeiras opções.

Para ser considerado uma especialização, o Ministério da Educação (MEC) tem diretrizes bem definidas, como, por exemplo, o mínimo de 360 horas em aulas.

Além disso, a instituição de ensino precisa ser reconhecida por esse órgão. Caso contrário, existe o risco do diploma não ser validado.

O que as instituições de ensino solicitam

Cada lugar possui regras próprias, por isso, para saber exatamente o que é necessário, entre em contato com o local e pergunte por todos os documentos.

No momento de escolher o curso que mais adequa ao seu perfil, não se esqueça de pesquisar pela qualidade e reputação da instituição de ensino. Isso contará pontos para o seu currículo.

Depois de ter entendido a importância do conhecimento financeiro para a gestão de um hospital, convidamos você a conhecer o nosso MBA Executivo em Gestão de Saúde.

Conheça o MBA Executivo em Gestão de Saúde do Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG)

Principais desafios e por que é tão importante se especializar em Gestão de Custos em Saúde

O IPOG entende que a gestão hospitalar adequada é de grande relevância para a sobrevivência de uma unidade de saúde, ainda mais no contexto atual.

Por esse motivo, idealizou o MBA Executivo em Gestão de Saúde, que tem como objetivo discutir a complexidade da saúde e seus impactos, os novos modelos de gestão e promover o entendimento de liderança e planejamento estratégico para a função.

Na grade curricular, você verá disciplinas como: governança corporativa, desenvolvimento do potencial humano, gestão de qualidade e auditoria em saúde e, claro, gestão de custos em saúde.

Para aliar teoria e prática de qualidade, o corpo docente possui experiência comprovada na área e vivência nas disciplinas cursadas. Além disso, no MBA, terão simulações, exercícios e estudos de casos.

O profissional que possui essa qualificação no currículo detém valor diferenciado no mercado de trabalho, impulsionando a carreira e chegando mais rápido aos seus objetivos e sucesso profissional.

 

Gostou do material? Então confira mais três artigos que podem te interessar:

Para mais informações sobre o curso, entre em contato conosco!

Até a próxima!

Conheça o IPOG – Instituto de Pós-graduação e Graduação

Um estabelecimento de ensino com nome e reconhecimento no mercado faz total diferença no currículo. De que vale ter um curso de especialização em um local não valorizado por recrutadores e executivos?

O IPOG realiza diversos cursos de ensino superior e tem em seu quadro docentes de excelência e renome no mercado. A proposta é de um ensino humanizado, que estimula o desenvolvimento das potencialidades de cada aluno.  

O IPOG está presente em todos os estados do país e no Distrito Federal. O instituto conta com quase 20 anos de experiência na formação de grandes profissionais.

O contentamento do aluno tornou a sua marca registrada. A prova disso é o índice de satisfação discente, que chega a 97,14% em todo o país.

Os projetos pedagógicos realizados na instituição são diferentes dos já existentes no mercado. Isso fez com que o IPOG  alcançasse o status que tem hoje.

Não deixe de investir no seu futuro e se tornar aquele profissional que sempre sonhou.

Entre em contato conosco para mais informações. E para manter-se por dentro das dicas e novidades, siga o nosso perfil no Instagram e página no Facebook!

Antes de ir embora, não deixe de conferir o nosso material gratuito Como se Planejar Financeiramente para Fazer Uma Pós-Graduação. Basta acessar o link e realizar o download. 

Artigos relacionados

15 dicas rápidas para gerenciar custos em uma unidade de saúde Gerenciar os cursos de uma unidade de saúde não é uma das tarefas mais fáceis. A ordem do atual cenário econômico é economizar. Os gestores de instituições de saúde encaram diariamente o desafio de gerenciar custos dos hospitais para garantir a sustentabilidad...
4 carreiras para especialistas em Saúde Pública Foi-se o tempo em que concluir uma graduação era sinônimo de sucesso profissional. Cada vez o mercado de trabalho fica mais exigente e, para acompanhar o ritmo e não ficar de fora, é necessário se manter atualizado e tornar-se especialista em determinado assun...
Psicanálise como chave para o tratamento do autismo O autismo é um tema que a cada dia se torna mais claro para a população. Se antes, até para os próprios profissionais, era algo difuso, hoje, já existem mais informações, tanto em relação ao diagnóstico quanto ao tratamento do autismo. No entanto, quando f...

Sobre Gilvane Lolato

Graduada em Administração de Empresas UGF, MBA Gestão em Saúde, Controle de Infecção pela INESP, Especialista em Qualidade e Segurança do Paciente pela Universidade Nova de Lisboa, Portugal. Atua na gestão da qualidade em saúde há mais de 10 anos onde também é docente. Gerente de Educação da ONA. Fellowship ISQua. Mestranda no Instituto Avedis Donabedian – Espanha. Professora do IPOG

Comentários