Growth marketing: o que é, vantagens e por que se especializar
5 minutos de leitura
12 de novembro de 2020

Growth marketing nas empresas: o que é, quais as vantagens e por que se especializar

Você está capacitado para desenvolver estratégias de growth marketing e impactar o mercado?

Crescimento, inovação e resultados de qualidade são metas essenciais para qualquer negócio, mas, no mundo atual tão competitivo e digital, alcançar esses objetivos requer a busca e o desenvolvimento de novas estratégias, e é preciso expertise para chegar lá.

O chamado growth hacking, termo proposto pelo empresário americano Sean Ellis, tem sido a resposta mais eficaz para auxiliar as empresas a crescerem de forma acelerada no ambiente 4.0 e de transformação digital. Negócios estabelecidos e novos, empresas tradicionais e startups têm se beneficiado dessa abordagem.

O mercado pós-pandemia já se desenha com a reabertura das economias, e mais do que nunca a gestão empresarial com foco em crescimento vai investir em maturidade digital de ponta a ponta, estratégias de marketing inovadoras e profissionais capazes de conduzir a mudança como Sean Ellis nas startups.

Elaboramos este artigo pensando em auxiliar profissionais a entender melhor o growth marketing, suas diretrizes e como se especializar na área. Boa leitura!

O que é growth marketing?

Growth marketing ou marketing de crescimento é uma abordagem focada em possibilitar o crescimento exponencial e acelerado dos resultados de marketing e vendas de um negócio a partir da identificação de oportunidades e pontos-chave.

É muito comum a confusão entre os termos growth marketing e growth hacking, que  são inadequadamente usados como sinônimos, o que é compreensível, dado que ambos estão relacionados com a gestão de negócios.

Em linhas gerais, o marketing de crescimento pode ser entendido como uma ramificação do growth hacking. Este último pode ser adotado nos processos de negócio como um todo. Com as brechas/hacks, é possível otimizar e escalar diversos aspectos de uma empresa.

O growth marketing está baseado nessa mentalidade do growth, que envolve o desenvolvimento de uma visão estratégica e planos de ação que são elaborados seguindo o seguinte ciclo:

levantamento de hipóteses/ideação -> validação das hipóteses/priorização -> experimentos/testes -> análise de resultados e ações

É nesse ciclo proposto no growth hacking que o marketing também se orienta, avalia resultados com métricas e inteligência de mercado, descobrindo oportunidades e formas inteligentes de crescer.

Nessa abordagem para o marketing, há sempre a eleição de KPIs norteadores, que são definidos segundo o que a empresa e o perfil do negócio entendem como crescimento, e toda a estratégia é desenvolvida com foco nesse sentido.

O funil em growth 

Muitos profissionais consideram o marketing de crescimento uma evolução do inbound, mas, na prática, é uma mudança de mindset e foco, especialmente se pensarmos no funil da jornada do cliente e no relevo que se dá à retenção do consumidor.

Enquanto no marketing tradicional o funil é concebido nas conhecidas fases de descoberta, consideração, conversão, o funil do growth é mais abrangente. Vejamos:

1) Awareness: como os usuários conhecem/descobrem a sua marca.

2) Aquisição: refere-se à conversão, isto é, à fase em que as pessoas se convertem em leads.

3) Ativação: trata-se da criação de um momento “aha” do cliente com seu produto, também uma conversão em trial ou venda.

4) Retenção: para manter os clientes existentes ativos, a qualidade do produto e a satisfação são essenciais.

5) Recomendação: ações para que seus consumidores indiquem e tragam outros clientes. 

6) Receita: conjunto de ações para gerar monetização recorrente, envolve compreender quais usuários/consumidores do seu produto estão no ponto de equilíbrio para a lucratividade e quais não estão.

A atenção maior do growth marketing está nas fases de awareness, aquisição, ativação e retenção.

O que faz o profissional de growth?

Quando Sean Ellis foi contratado como growth hacker em empresas como a Dropbox, sua função consistia em hackear oportunidades e estruturar o processo de crescimento para que os negócios tivessem:

O growth hacker do marketing é um profissional com uma visão mais aprofundada para fazer crescer o negócio. Não se trata em absoluto de se limitar apenas a vender, gerar e qualificar leads.

O perfil profissional aqui precisa ser altamente criativo, ágil, competitivo, estratégico e data driven. Além do estritamente teórico-prático na área de marketing, é crucial dominar:

A partir do alinhamento desses conhecimentos, é possível descobrir os hacks e gatilhos que realmente vão impactar as ações da empresa e o mercado.

Por que fazer growth marketing?

Negócios digitais, startups e empresas voltadas para a inovação têm muito a ganhar com a adoção do marketing de crescimento. Confira algumas vantagens:

Vários pontos de crescimento

Crescer da noite para o dia é raro, então o growth marketing torna possível encontrar vários pontos de melhorias reais que, unidas, vão contribuir para o crescimento efetivo e exponencial do negócio.

Experimentação 

A cultura de experimentação permite rodar testes simultâneos, como os testes A/B, por exemplo, que geram dados importantes e soluções de melhor custo-benefício e auxiliam uma tomada de decisão mais ágil e assertiva, ou seja, é possível experimentar antes de adotar a estratégia de growth.

Aprendizado

No growth marketing, os equívocos são oportunidades de aprendizado, de acumulação de conhecimento e fomenta o pensar em novas formas de fazer melhor.

Por que se especializar para atuar na área de growth?

No âmbito do growth, é possível unir diversas táticas, porque, como dissemos, é muito mais uma mentalidade do que descartar práticas existentes. Assim, o marketing de conteúdo e outras práticas já conhecidas e eficazes podem ser trabalhados no plano de marketing de crescimento.

O grande desafio do profissional é estar capacitado para pensar fora da caixa, identificar oportunidades inexploradas, otimizar conversões, adotar ferramentas com assertividade e buscar meios de atingir as metas com os melhores processos, com menor custo, contribuindo para a escalabilidade e sustentabilidade do negócio.

Diante do desafio de fazer mais do que branding e redes sociais, de atuar mais no campo estratégico e da expertise, é preciso investir em especialização focada na elaboração desse perfil profissional diferenciado.

Pensando nessa demanda, o IPOG criou o MBA Digital Strategy Leadership, que é estruturado justamente para formar as lideranças da estratégia e inovação nas empresas. Para saber mais detalhes sobre tudo o que esse curso pode agregar na sua formação, fale conosco!

Conheça o IPOG – Instituto de Pós-graduação e Graduação

Uma instituição de ensino com nome e reconhecimento no mercado, que faz total diferença no currículo.

O IPOG – Instituto de Pós-graduação e Graduação – oferece diversos cursos de Ensino Superior e tem em seu quadro de docentes professores de excelência e renome no mercado. A proposta é um ensino humanizado que estimula o desenvolvimento das potencialidades de cada aluno.

O IPOG está presente em todos os estados do país e no Distrito Federal e conta com quase 20 anos de experiência em formar grandes profissionais.

A satisfação do aluno se tornou a sua marca registrada: o índice chega a 97,14% em todo o país. Os projetos pedagógicos realizados na instituição são diferentes dos já existentes no mercado, o que fez com que a instituição alcançasse o status que tem hoje.

Gostou deste artigo sobre growth marketing? Confira mais três títulos que podem interessar:

Até a próxima!

Artigos relacionados

A tendência do streaming: os impactos da Disney Plus e do live action Mulan Netflix, Amazon Prime Video, HBO Go, Globoplay e outros serviços de streaming estão cada dia mais populares, deixando os usuários com numerosas opções em entretenimento e ditando tendências de mercado. O streaming é uma tecnologia de transmissão de dados m...
Importância de se dominar a Supply Chain e aproveitar as oportunidades de mercado Na Supply Chain, ou cadeia de suprimentos, é feita a análise desde a extração da matéria prima até a entrega do produto final ao consumidor. Todos os processos pelos quais aquela matéria prima passa estão previstos na cadeia de suprimentos, e no seu desenho lo...
Native ads: descubra a prática que vai mudar a sua forma de ver a publicidade “Compre batom, compre batom!” Sim, esse foi um ótimo slogan e rendeu bons resultados para a marca. Mas isso nos anos 80! Nos tempos em que a tecnologia faz cada vez mais parte da vida das pessoas, o velho uso de imperativo nas propagandas não convence mais, nã...

Sobre Eduardo Aníbal Lopes Marreiros

Farmacêutico desde 1997, atuou em drogarias, laboratórios e hospitais em Boa Vista. Foi bioquímico da prefeitura de Boa Vista e do Estado de Roraima, foi conselheiro regional do conselho de farmácia de Roraima e atualmente é conselheiro federal suplente do CFF pelo estado de Roraima. É perito criminal desde 2009 e especialista em Perícia Criminal e Ciências Forenses pelo IPOG.

Comentários