Você sabe quais são as 10 profissões em alta em 2018?
4 minutos de leitura
01 de fevereiro de 2018

10 profissões em alta em 2018. Confira!

O ano de 2018 promete ser de retomada na economia. Mesmo em passos lentos, o mercado volta a reaquecer. E as empresas anseiam por isso para retomar com a contratação de funcionários. Por isso, se você está por aí em busca de uma vaga de trabalho ou até mesmo procurando uma área para se especializar, é bom ficar de olho nas profissões em alta em 2018.

Destaque para áreas ligadas à Gestão de Pessoas, TI e Finanças. Quer saber mais? Então confira as dicas da coordenadora do MBA Gestão de Pessoas por Competências, Indicadores e Coaching do IPOG, Cyndia Bressan.

Profissões em alta em 2018

1) Analista de Desenvolvimento Humano e Organizacional

Este profissional assessora gestores da empresa, a partir do RH, tanto no desenvolvimento de pessoas como no alcance dos indicadores e metas da organização. Ele também colabora nas avaliações de desempenho por competências e no mapeamento de profissionais de alta performance, por exemplo.

É um profissional de extrema importância nesse momento em que as empresas ainda operam com quadro reduzidos de colaboradores, mas precisam de alto rendimento. Não apenas atrair, mas principalmente, reter talentos é fundamental!

2) Analista de Remuneração

Não é à toa que esse profissional está entre as profissões em alta em 2018. Ele trabalha a remuneração como uma maneira de tornar a empresa mais competitiva. A remuneração é importante para que o indivíduo sinta-se reconhecido pelo seu esforço e dedicação, mas ao mesmo tempo, a empresa precisa ver o ganho de ter aquela pessoa em seu quadro de colaboradores.

A partir dessa relação ganha-ganha, é possível gerar ganhos concretos para a empresa. O Analista de Remuneração vai indicar como os dois lados podem sair satisfeitos. Ele implementa, a partir do perfil do profissional, maneiras de remunerá-lo e ter uma maior produtividade (remuneração fixa, variável, etc.).

3) Business Partner

Trata-se de um profissional de RH voltado para a estratégia da empresa e não para a execução, o que é uma tendência, segundo a coordenadora do MBA no IPOG. Segundo ela, esse profissional vai atuar cada vez mais com o olho fora do mercado agregando talentos, trazendo ações inovadoras pra gestão de pessoas e também, dando suporte para todas as áreas na execução da estratégia da empresa e dos colaboradores.

4) Diretor Financeiro ou CFO

É um profissional responsável por supervisionar as atividades e operações financeiras da empresa. No entanto, além do conhecimento técnico sobre finanças, também possui competências de gestão. A maioria destes profissionais têm formação e experiência em contabilidade ou finanças. Clique e saiba mais sobre a função.

5) Controller

O Controller estava na lista de 2017 e continua sendo uma das profissões em alta em 2018. E não é pra menos. Chama atenção a capacidade desse profissional de extrair e consolidar informações relevantes, confiáveis e oportunas, gerando relatórios que vão auxiliar as tomada de decisões dos gestores de cada área da empresa, bem como para a diretoria da organização.

Este profissional também é conhecido como Gerente de Controladoria da empresa. E é responsável por garantir a execução dos recursos da empresa da forma mais rentável possível. Uma espécie de defensor dos interesses dos acionistas da companhia. Cabe ao controller ser a balança entre risco e remuneração de capital da empresa.

6) Analista de Investimentos

É o profissional que oferece suporte à àrea financeira da empresa. Faz análises, demonstrações financeiras e auxilia na tomada de decisão sobre qual o melhor investimento a se fazer. Também é muito importante em momentos de readequação, em que é preciso fazer mudanças e identificar melhores oportunidades de negócios. Um dos alunos do IPOG recebeu certificação ANBIMA na área.

7) Agente de Mudança Organizacional

O mundo está mudando e a empresa também precisa acompanhar essa evolução. Ter uma pessoa para estar atenta a essas mudanças é fundamental! O papel desse profissional será cuidar dos objetivos, processos para esses avanços aconteçam na organização. Por isso essa é uma das profissões em alta em 2018.

8) Gestor de Endomarketing

Para tornar o trabalho do Agente de Mudança Organizacional mais eficaz, a presença do gestor ou até mesmo do Analista de Endomarketing também é muito importante. Ele cuida para que os funcionários fiquem cientes do que está acontecendo, das mudanças, das estratégias, para que possam se engajar cada vez mais, realizando o papel que a empresa espera deles: trazer resultados. Ao mesmo tempo em que se sentem satisfeitos em fazer parte disso. Conheça ações de Endomarketing que revolucionaram uma empresa.

9) CIO

Também conhecido como Diretor de TI, esse profissional auxilia a empresa diante da transformação digital que vivemos. Ele dirige as atividades de tecnologia da informação. Acompanha o levantamento das necessidades dos usuários e direciona a empresa a ter uma boa performance no mundo da tecnologia da informação.

10) Conselheiro Executivo

Para encerrar a nossa lista de profissões em alta em 2018, tá aí uma boa oportunidade pra quem acha que não encontra mais espaço no mercado. Esse é um cargo para um profissional Sênior, que pode contribuir muito com a organização a partir da sua experiência, história, visão de mercado e, principalmente, do seu pensamento estratégico. Pessoas mais velhas podem ter preferência para essa função. Esse profissional define estratégias, e contribui para pensar também sobre a missão e visão da empresa.

E aí, se identificou com alguma das profissões em alta em 2018? Então aproveite as chances para se destacar no mercado. No próximo texto vamos falar sobre o perfil do profissional que tem maiores chances de se destacar no esse ano. Vamos juntos?


Artigos relacionados

Metodologia BIM: aplicação a projetos de infraestrutura de transportes A moderna metodologia BIM – Bulding Information Modeling – que foi inicialmente desenvolvida para ser utilizada em projetos ligados à construção civil - começa a ser adotada em obras de maior porte, como as de infraestrutura rodoviária, por exemplo. O MBA I...
Como abrir falência da sua empresa em dois anos e em três passos Antes de falarmos sobre os passos para falir a sua empresa, pense num mundo alternativo, no qual o ambiente de negócios não sofra mudanças econômicas, políticas ou sequer tecnológicas. Um mundo no qual não tivéssemos tido Einstein ensinando sobre a relatividad...
Logística: entenda a diferença entre o planejamento estratégico, tático e operacional Responsável por movimentar produtos em toda a cadeia produtiva, a área de logística, quando bem estruturada, contribui diretamente com o crescimento da organização através do aumento das vendas, e impacta diretamente no planejamento estratégico, tático e opera...

Sobre Cyndia Bressan

Mestre em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de Brasília/UnB. Possui graduação e licenciatura em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará/UFC. Atualmente é docente, coordenadora dos cursos: MBA Gestão de Pessoas por Competências e Coaching; MBA Gestão de Pessoas por Competências, Indicadores e Resultados do IPOG

Comentários