8 profissões forenses de sucesso para os próximos anos
4 minutos de leitura
06 de outubro de 2020

8 profissões forenses de sucesso para os próximos anos

8-profissões-forenses-de-sucesso-TOPO

Quando pensamos em profissões forenses inevitavelmente recordamos as dezenas de personagens de seriados policiais como “CSI”, “Law & Order”, “Criminal Minds”, entre outros.

Além dos locais de crime e laboratórios que aparecem nas séries de televisão, os especialistas que trabalham na investigação forense têm um bom leque de opções para atuar no mercado de trabalho.

Os conhecimentos de ciências forenses estão cada vez mais em alta no setor jurídico, e sua importância tende a aumentar ainda mais. 

Apesar de a Justiça ser baseada em leis, são muito frequentes as situações em que a compreensão dos casos depende de conhecimentos técnico-científicos ligados aos mais diversos campos do conhecimento. 

Tratam-se de situações em que a aplicação e até a interpretação das leis dependem de conhecimentos oriundos de ciências complementares. 

Como exemplo desses saberes que apoiam a execução das leis, podem-se citar: informática; contabilidade; diversos tipos de engenharia; medicina (e demais ciências biomédicas); biologia; química; farmácia; geologia; documentoscopia; balística; e diversos outros campos.

Pensando neste cenário, elaboramos este artigo com 8 profissões forenses que são campo promissoras para os próximos anos e insights sobre cursos nas áreas. 

Boa leitura!

A importância da perícia forense

Os conhecimentos ligados às carreiras forenses e periciais são úteis para praticamente todos os profissionais do mundo jurídico. 

Eles servem para auxiliar o trabalho de juízes, promotores, advogados e delegados de polícia, pois, como citado anteriormente, muitos dos casos exigem conhecimentos técnico-científicos para que possam ser compreendidos e para que os dispositivos legais possam ser postos em prática. 

A especialização é fundamental para os profissionais de perícia (peritos judiciais, assistentes técnicos, peritos criminais e outros), já que esses repertórios técnico-científicos serão utilizados como ferramentas de trabalho. 

Em última instância, o trabalho de cada uma das profissões forenses é relevante às pessoas que recorrem à justiça para ter os seus direitos preservados e aos que esperam o esclarecimento da verdade, com o auxílio de laudos e pareceres emitidos por especialistas.

8 profissões forenses em alta que você precisa conhecer!

Faltam peritos para lidar com a quantidade de casos e processos existentes tanto no eixo criminal quanto judicial. Assim, este é um mercado sempre aquecido e há muitas expectativas.

Confira alguns tipos de profissões forenses:

1. Perito forense digital ou de computação

Em tempos de frequentes cybercrimes, fraudes on-line cada dia mais inovadoras e também considerando a iminente implementação da LGPD, lei de proteção de dados que regula a responsabilidade de empresas sobre coleta e segurança de dados, a área de perícia digital e informática é mais que necessária.

Análises de sites, mídias de armazenamento, computadores, celulares, ataques de hackers e localização de criminosos on-line são algumas das funções desse profissional.

2. Perito contábil e financeiro

Outro profissional importante é aquele especializado em perícias contábeis e financeiras. Graças ao trabalho desse profissional é possível elucidar crimes tributários, crimes contra as finanças públicas, lavagem de dinheiro e muitos outros.

Diante da tendência do compliance e da Lei Anticorrupção, bem como da atuação de peritos de contabilidade em operações famosas, como a Lava Jato, há cada dia mais preocupação em prevenir e investigar fraudes financeiras.

3. Perito em documentoscopia e grafotécnica

Documentos digitais e físicos fazem parte do dia a dia das pessoas e estão presentes nos mais diversos processos cotidianos, como abrir conta em banco e assinar contratos, por exemplo. A questão é que todos esses registros documentais podem ser questionados em juízo, e a documentoscopia investiga fraudes nesse campo.

4. Perito em química forense

Especialmente nos locais de crime, há, frequentemente, a presença de substâncias, a exemplo de drogas, fármacos, bebidas, fluidos biológicos, combustíveis e outros que, com a devida análise do profissional da perícia em química, oferecem elucidações importantes aos processos.



5. Perito em meio ambiente

O crescimento da atenção social sobre a sustentabilidade e o meio ambiente se reflete também na busca por elucidação de crimes que envolvem a fauna, a flora e os recursos naturais e arqueológicos como um todo.

Dessa forma, queimadas, poluição e invasão de áreas preservadas são alguns dos focos de investigação criminal da rotina desse profissional.

6. Perito em engenharia

Esse profissional se ocupa da investigação sobre diferentes aspectos em obras públicas ou não, como superfaturamento, descumprimento de contrato de construção, falha em normas de segurança que causam acidentes etc. 

Podem atuar também em outros eixos da engenharia, como nos acidentes aéreos e também em avaliações para o mercado imobiliário. 

7. Perito em balística

Infelizmente, a criminalidade e os índices de violência no Brasil crescem a olhos vistos, assim também acontece com o uso de armas de fogo.

No contexto desses crimes e na busca por provas, o trabalho da perícia em balística é fundamental para entender a origem, o papel e muitos outros aspectos sobre armas e munições.

8. Perito em medicina e odontologia forenses

Os peritos da área de medicina são talvez os profissionais forenses mais conhecidos. Estão presentes sempre que é preciso determinar e documentar danos físicos em pessoas vivas ou mortas. Auxiliam em reconhecimento de arcadas dentárias, causa e hora de óbitos, coleta de evidências de agressões etc.

Onde estudar cursos da área para se especializar em profissões forenses?

O IPOG possui um segmento de cursos específicos para o campo pericial, chamado IPOG FORENSE

Este setor conta com equipe de coordenadores e professores peritos da Polícia Federal e perícias estaduais, com vasta experiência profissional e acadêmica. O setor tem como foco a produção de cursos nas áreas mais relevantes e de maior mercado nas Ciências Forenses.

Neste momento, existem diversos cursos ofertados. Vejamos alguns:



Em breve, outras áreas serão oferecidas, sempre com foco na aplicabilidade do conhecimento e inserção dos alunos no mercado de trabalho. Em regra, os cursos não possuem pré-requisitos para sua realização.

Algumas vantagens de se especializar:

  • Para quem deseja atuar como perito judicial ou prestar concurso para perito criminal, os cursos agregam conhecimento consistente e baseado nas técnicas e ferramentas mais aceitas pela comunidade científica e sistema jurídico;
  • Rede profissional multidisciplinar; e

  • Para os outros profissionais do mundo jurídico, os cursos fornecem uma excelente visão das diversas áreas de perícia, para que eles possam compreender as aplicações e os limites dos métodos.

Se você deseja ingressar na área forense, mudar de carreira, empreender ou conhecer mais sobre este segmento, fale conosco e descubra todas as opções em cursos que o IPOG oferece aos seus estudantes.

Gostou deste artigo sobre profissões forenses? Confira mais 3 títulos que podem interessar:

Artigos relacionados

Carreira de Perito Criminal: conheça o que faz esse profissional Você sabe o que faz um perito Criminal? Esse profissional analisa cenas, corpos e outros elementos que envolvem crimes, sempre se baseando em vestígios e evidências suspeitas. Para os amantes da série de televisão americana CSI: Investigação Criminal, a profi...
Como o trabalho da Perícia Criminal atua na resolução dos Cybercrimes De acordo com um relatório emitido em 2019 pela empresa de segurança digital McAfee, entidades brasileiras chegam a perder 10 bilhões de dólares por ano em cybercrime.  O alto número abarca diversos crimes virtuais. Alguns exemplos são roubos de valor, propri...
Qual o esforço computacional necessário para quebrar uma chave criptográfica? Atualmente, a criptografia moderna se baseia na premissa de que os algoritmos criptográficos são públicos e chaves criptográficas são protegidas. Quanto maior for a chave criptográfica, maior será o esforço computacional para sua quebra. Por exemplo, se tiv...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários