Ferramentas BIM: 5 soluções que você precisa conhecer
5 minutos de leitura
25 de setembro de 2020

5 ferramentas BIM que você precisa conhecer

5 ferramentas BIM que você precisa conhecer

A Modelagem de Informação da Construção Civil, ou Building Information Modelling BIM, está ganhando terreno no mercado nacional. Contudo, a sua implementação esbarra, especialmente, na falta de qualificação profissional para o trabalho com esse processo baseado em banco de dados e tecnologia.

Há dezenas de ferramentas BIM no mercado, mas o domínio da maior parte delas ou mesmo o conhecimento para fazer escolhas ainda carece de especialização

Esse cenário não apenas compromete o perfil profissional como também gera perda de vantagem competitiva, já que o uso de tecnologia, de forma estratégica, é cada dia mais imprescindível para estar na frente com melhor produtividade, resultados e valor agregado.

Com os decretos nº 10.036 e nº 9.983, o Brasil entra em uma onda de implementação gradual do BIM na execução direta ou indireta de obras e serviços de engenharia, realizada pelos órgãos públicos federais. Portanto, a expectativa é que a demanda por Building Information Modelling aumente nos projetos de construção em geral. 

Pensando nisso, elaboramos este artigo comentando alguns benefícios e ofertando algumas dicas sobre ferramentas BIM. Boa leitura!

5 ferramentas BIM que você precisa conhecer

Benefícios da tecnologia BIM na construção civil

O uso de ferramentas BIM tem sido justificado pelas vantagens e por sua versatilidade de aplicações nas 4 etapas centrais dos projetos/obras: planejamento, concepção, construção e operação.

Vejamos alguns dos benefícios de utilizar o BIM de acordo com cada fase e seguindo os usos catalogados no The BIM Project Execution Planning (2011).

Modelagem de Condições Existentes (Planejamento)

Um benefício importante nesta etapa é ser capaz de gerar modelos 3D de uma região, antes da concepção, com o objetivo de levantar informações precisas, fundamentais e que orientem as tomadas de decisões para a fase seguinte. 

O modelo pode ser feito com o Laser Scanning 3D, por exemplo, fornecendo dados importantes sobre a topografia.

Estimativa de Custos (Planejamento)

Um desafio constante nas obras é a questão do custo. Em um ambiente BIM, é possível realizar estimativas sobre os custos durante todo o projeto. 

Por meio das ferramentas BIM, é possível conectar-se a uma planilha de custos e ter controle atualizado desse aspecto, identificando inclusive o que é mais viável do ponto de vista econômico.

Planejamento de Fases 4D (Planejamento)

Por meio de um modelo 4D (3D + dimensão do tempo) é possível visualizar, sequenciar e compreender com maior precisão todas as fases e planos de construção, o que é ideal não apenas para os engenheiros como também para os demais stakeholders, a exemplo do proprietário do empreendimento.

Ainda na fase de planejamento, a delimitação e a avaliação do escopo, bem como a  análise de terreno, são outras vantagens da tecnologia BIM. 

Análise Estrutural (Concepção)

O sistema estrutural tem muita importância em qualquer empreendimento, por isso existem softwares de modelagem analítica e cálculo estrutural para realizar simulações e fornecer informações úteis para otimização do desempenho e segurança das instalações.

Validação Normativa (Concepção)

Embora ainda com um desenvolvimento e uso restrito, a expectativa na indústria de design é que se amplie o uso de software BIM para analisar os parâmetros do modelo específico em relação às normas regulatórias nacionais vigentes – lembrando que a ABNT já possui oito normas técnicas referentes ao BIM.

Coordenação 3D (Construção)

O BIM se orienta por uma perspectiva de integração de informações e colaboração multidisciplinar. Assim, há programas utilizados no processo de coordenação para identificar e corrigir conflitos a partir da comparação entre os sistemas elétrico, hidráulico, estrutural etc. antes da instalação. Tudo isso evita retrabalho e mais custos.

Na fase de construção, ainda merece destaque a opção de fazer o planejamento de canteiro de obras, com suas instalações perenes e temporárias, bem como a conexão ao cronograma de atividades.

Cronograma de Manutenção (Operação)

É possível, com o auxílio de um programa BIM de manutenção, fazer a gestão da estrutura do projeto e das diversas instalações, melhorando sua performance, o que diminui os reparos e os custos operacionais.

O BIM existe e tem se desenvolvido para reduzir a fratura entre os processos nas obras. Ao promover colaboração e interação das disciplinas, gera resultados com maior valor agregado, modelagens mais eficazes, do design à aplicação de concreto até a edificação final, tudo ocorre com melhor documentação e coordenação.

Ferramentas BIM mais utilizadas no mercado

O universo de softwares BIM tem se ampliado para atender às necessidades profissionais e mercadológicas da era 4.0

Essas ferramentas facilitam a rotina e permitem uma gestão de projetos mais data driven, assertiva; no entanto, de nada serve um leque de softwares inovadores se não há profissionais com expertise para fazer o melhor uso deles.

A fim de ofertar um norte sobre o que está em alta no mercado, elaboramos esta lista com 5 programas BIM.

Revit

Este programa da Autodesk é um dos mais conhecidos e usados no mundo. É um software pago, com opção de avaliação, voltado para a modelagem de componentes e informações de um projeto.

Além disso, ele é capaz de avaliar e fazer simulações de sistemas e estruturas, importar, exportar e vincular dados de outros softwares nos formatos (IFC, DWG™ e o DGN). É capaz de gerar visualizações 3D com eficácia e impacto.

ArchiCAD

Outro conhecido programa do mercado, usado normalmente na projeção, documentação e colaboração em projetos de obras. Gera visualizações em 3D, excelentes renderizações e permite a criação de projetos arquitetônicos virtuais diversos. Trata-se também de um software pago, com licença especial para estudantes.

Autodesk BIM 360

Esta solução em BIM opera conectando informações em nuvem e está organizada em um combo de aplicações, a exemplo do BIM 360 Docs, BIM 360 Field e o BIM 360 Glue.

Conforme os nomes sugerem, essas aplicações permitem a gestão de documentos e tarefas e a integração com os documentos Revit, CAD e Navisworks para uma compreensão ampla do projeto.

Navisworks

Esta é a solução da Autodesk para o BIM 5D, isto é, aquele em que os elementos do modelo são relacionados aos custos/orçamentos. Basicamente, este programa vai compilar as informações registradas e gerar orçamentos.

Synchro 4D

Já quando o assunto é integrar os modelos com os cronogramas, o Synchro é uma ótima solução, pois permite ter uma visão do que foi feito em relação ao planejamento, alterar o cronograma, avaliar impactos das mudanças e tomar decisões para entregas eficientes.

Delimitar uma estratégia BIM e escolher as aplicações adequadas depende bastante do tipo do projeto, dos objetivos e do perfil da equipe envolvida e do domínio do time sobre a metodologia. Por isso, conhecimento é fundamental nesse contexto.

Especialização em Processos BIM, Operação e Gestão do IPOG

Diante da crescente adoção da metodologia BIM nos projetos nacionais de diversos portes, incluindo as diferentes etapas de desenvolvimento e construção, investir em formação para atualizar e aprofundar o conhecimento neste segmento se torna uma demanda a ser preenchida quanto antes.

Afinal, mais e mais oportunidades no campo surgirão com essa abordagem e só quem tiver plenamente capacitado estará em melhores condições de competição para atuar no mercado.

Pensando no atual cenário de desafios que o desenvolvimento e a gestão de projetos em construção civil impõem aos profissionais da engenharia e da arquitetura e do urbanismo, o IPOG, instituição de ensino reconhecida pela qualidade de suas formações, criou a especialização em Processos BIM, Operação e Gestão.

Trata-se de uma especialização completa, estruturada em 12 disciplinas que contemplam a utilização do BIM de ponta a ponta nos projetos, além de módulos para gestão de pessoas, marketing BIM e empreendedorismo. As aulas são realizadas em tempo real por meio da internet.

Se você quer alcançar sucesso profissional e se destacar no mercado com o domínio das melhores práticas de gestão e das ferramentas BIM com a solidez de uma pós-graduação, fale conosco e descubra tudo o que o IPOG oferece aos seus estudantes!

Gostou deste artigo sobre ferramentas BIM? Descubra mais 4 títulos que podem interessar:

Artigos relacionados

Professor IPOG realiza palestra em Congresso europeu sobre análise de riscos O coordenador do MBA Projeto, Dimensionamento e Modelagem de Estruturas e Fundações do IPOG, Flávio Sohler, é um dos participantes da 30ª Conferência Europeia de Investigação Operacional, evento que ocorre em junho, na Irlanda, com a temática “Pesquisa Operaci...
4 pilares para se diferenciar na Engenharia. Você já conhece? No nosso último texto sobre este assunto, conversamos sobre a necessidade de compreender que independente do cenário econômico do país, a Engenharia carrega características próprias como o fato de apresentar períodos cíclicos de altos e baixos, sendo que cada ...
O que é Eficiência Energética? E o que engloba? Eficiência energética é a relação entre o resultado da utilização de um determinado equipamento comparado ao seu consumo de energia. Por exemplo, vamos considerar uma lâmpada: a sua eficiência energética é a relação entre a quantidade de luz emitida e o consum...

Sobre Alan Araújo

Arquiteto e Urbanista pela UFPB. Mestre em BIM e Realidade Virtual/Realidade Aumentada. Técnico em Edificações pelo ETFPB (2002). Membro do Comitê ABNT para criação da CIE-134 – BIM. Elaborador do template ABNT para Revit. BIM Manager e diretor/sócio no Grupo Bloco e na ProjetoAcg. Trabalha com Projetos em BIM, treinamentos e palestras por todo o Brasil. Certificado Autodesk – Profissional e proprietário da ProjetoAcg como Centro Autorizado Autodesk.

Comentários