Farmácia oncológica: entenda o que faz esse profissional e como está o mercado de trabalho
4 minutos de leitura
05 de novembro de 2020

Farmácia oncológica: entenda o que faz esse profissional e como está o mercado de trabalho

farmacia-oncologica-entenda-o-que-faz-esse-profissional-e-como-esta-o-mercado-de-trabalho

O tratamento dos diversos tipos de câncer envolve sempre uma complexa rede de especificidades, e, quando se tratam de medicamentos, isso não é diferente. Desse modo, cada vez mais os profissionais especializados na área de farmácia oncológica ganham espaço no mercado.

O farmacêutico oncologista tem, diante de si, um leque de possibilidades de atuação, do empreendedorismo ao campo hospitalar, e suas atividades costumam incluir a gestão de atividades administrativas e logísticas referentes aos produtos e medicamentos, assim como assistência aos pacientes com outros profissionais.

Especialmente na farmácia clínica em oncologia, o profissional é crucial para avaliar a prescrição médica, realizar manipulações e padronizar medicamentos, sendo uma fonte especializada de informação e auxílio em todo o processo da terapia antineoplásica.

Além de ter um âmbito profissional regido por diversos órgãos reguladores, incluindo, obviamente, o Conselho Federal de Farmácia, a classe conta com o suporte da Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia (Sobrafo).

A fim de auxiliar quem está buscando uma pós-graduação em farmácia oncológica, este artigo apresenta insights importantes para alcançar sucesso profissional no mercado de trabalho e detalhes da especialização IPOG nessa área. Boa leitura!

Quais são as áreas de atuação para o profissional com formação em farmácia oncológica e como funciona o mercado de trabalho?

O mercado na área de farmácia oncológica busca um perfil profissional cuja capacitação alinhe qualidade e adaptabilidade para as diversas atividades diárias.

As principais áreas de atuação do farmacêutico oncologista são:

  • hospitais públicos e privados
  • clínicas
  • indústria farmacêutica voltada para a oncologia
  • empresas de treinamento e capacitação nesse segmento
  • área comercial
  • distribuidoras e drogarias

De maneira geral, o mercado está bem receptivo em todos os eixos, havendo vagas nesse setor, seguindo o curso já ascendente da área de farmácia, especialmente no mercado institucional, considerando também o fato de que o número de pacientes com câncer só aumenta.

A última estimativa sobre Incidência de Câncer no Brasil, realizada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), informa que são previstos mais de 600 mil novos casos oncológicos no Brasil no triênio 2020-2022. Vale lembrar que essa projeção foi realizada antes da pandemia de Covid-19, portanto ainda sem considerar o impacto desse fator.

Dessa forma, há necessidade de profissionais comprometidos, que saibam seguir normas, garantir segurança, aferir qualidade dos medicamentos, bem como de todos os processos relacionados à farmacoterapia.

A remuneração* na área é compatível com as responsabilidades. De acordo com o site vagas.com.br, um farmacêutico nessa área pode ganhar até R$ 4.956. Já o site salario.com.br indica um teto salarial de R$ 7.205,35. No site Glassdoor, os salários estão entre R$ 4.000 e R$ 6.000 em grandes hospitais.

Obviamente, esses valores mudam em função da unidade federativa, do tipo e porte da empresa, além da experiência e da especialização.

*Valores consultados em setembro de 2020.

Como esse profissional pode ter uma carreira promissora?

A trajetória profissional para atuar como farmacêutico oncologista tem sua primeira etapa com a graduação em farmácia. Desde esse momento, é possível direcionar a busca por estágios, especialmente no âmbito da farmácia hospitalar.

Concluída a graduação, o profissional pode buscar residência na área, mas, sobretudo, deve cursar uma especialização em oncologia farmacêutica, afinal o curso de pós-graduação é um dos requisitos dispostos pelo Conselho Federal de Farmácia para atuação nessa área.

Além da experiência e da habilidade técnica, os profissionais devem procurar sempre atualizar seus conhecimentos e fortalecer suas soft skills e outras competências do segmento em que atua, para continuar avançando no plano de carreira.

Conheça a pós-graduação em Farmácia Oncológica e Hospitalar do IPOG

Com o objetivo de fornecer uma opção de qualidade nessa área, o IPOG, instituição de Ensino Superior com ampla experiência na formação para o mercado de trabalho, idealizou o curso de pós-graduação em Farmácia Oncológica e Hospitalar.

Trata-se de uma capacitação com carga horária ampla, mas que pode ser concluída em 12 meses. Os docentes são profissionais com vasta experiência profissional na área oncológica e hospitalar, o que agrega um diferencial para a formação do estudante.

Além disso, o IPOG é uma instituição reconhecida na formação em Farmácia, o que fortalece as chances de novos profissionais ingressarem no campo e, aos que já têm uma carreira, solidificar sua trajetória profissional.

Confira essa super grade curricular

1) Organização Farmacêutico-Hospitalar: Estruturação, Logística, Sistemas de Distribuição, Padronização e Dispensação de Medicamentos e Produtos para a Saúde.

2) Ferramentas da Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica.

3) Farmacovigilância: Segurança do Paciente Focada nas Reações Adversas, Interações Medicamentosas e Erros de Medicação.

4) Farmacocinética Clínica Aplicada à Farmácia Oncológica e Hospitalar.

5) Fisiopatologia do Câncer e Biologia Molecular das Doenças Neoplásicas.

6) Terapia Baseada em Medicamentos Biológicos e Biossimilares.

7) Farmacoterapia e Cuidados ao Paciente Oncológico.

8) Antibioticoterapia e Controle de Infecção Hospitalar.

9) Farmacoterapia das Doenças Prevalentes em Instituição Hospitalar.

10) Central de Manipulação I: Quimioterápicos e Terapia Nutricional.

11) Central de Manipulação II: Quimioterápicos e Terapia Nutricional.

12) Desenvolvimento Integral do Potencial Humano.

Essa formação curricular é completa, aborda da logística ao administrativo e a parte clínica e hospitalar. Assim, o profissional se capacita e pode escolher em quais segmentos investir. Além disso, as aulas são remotas, isto é, ministradas ao vivo, online, com o máximo de comodidade, mas com a qualidade de sempre.

Se você deseja dar um upgrade ou mudar de carreira para esse campo, fale conosco antes de escolher a sua pós e descubra tudo o que o IPOG oferece aos seus estudantes.

Gostou deste artigo sobre farmácia oncológica? Confira mais três títulos que separamos para você:

Estudar em casa: 6 superdicas para superar os desafios e melhorar seus resultados

5 questões polêmicas sobre a pós-graduação a distância

A pós-graduação que incentivou Marinette Borges a abrir o seu próprio consultório farmacêutico

Artigos relacionados

Conheça as principais áreas de atuação do profissional especializado em Farmácia Clínica O profissional especializado em farmácia clínica tem sido cada vez mais procurado e valorizado pelo mercado da saúde. É uma área em plena expansão em hospitais, farmácias, drogarias e indústrias farmacêuticas.  O foco de atuação desse profissional será sempre ...
Conheça os benefícios da especialização em Psicologia Positiva O século XXI trouxe novos modos de agir e pensar. Hoje, os adultos dessa geração estão mais preocupados com o bem-estar do que antes. Eles priorizam a qualidade de vida no ambiente afetivo e profissional, o equilíbrio emocional e financeiro, além de valorizare...
Cirurgia plástica estética: conheça as principais orientações preventivas A busca pela transformação da aparência física por meio da cirurgia plástica estética aumenta mediante as novas técnicas cirúrgicas, aos resultados surpreendentes, ao maior acesso à classe média e pelo desejo das pessoas em alcançar o ideal da beleza e não fic...

Sobre Marcelo Polacow Bisson

Doutorado e Mestrado em Farmacologia e Terapêutica pela Faculdade de Odontologia de Piracicaba (UNICAMP). Farmacêutico pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP. Especialista em Farmácia Hospitalar pela Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar - SBRAFH. Membro da SBRAFH e membro da International Society for Pharmacoeconomics and Outcome Research (Brazilian Chapter). Ganhador de menção honrosa no Prêmio Nacional de Incentivo à Promoção do Uso Racional de Medicamentos (edição 2010). Presidente Nacional da Sociedade Brasileira de Farmácia Hospitalar (gestão 2014/2015) e atual Diretor Técnico-científico da SBRAFH (gestão 2016/2017). Consultor de empresas de insumos para o ramo da Nutrição Clínica, Estética e Esportiva. Coordenador da pós-graduação Nutrição Clínica, Estética, Esportiva & Prescrição de Fitoterápicos do IPOG.

Comentários