Construção modular: como se especializar para aderir às novas práticas do mercado
4 minutos de leitura
03 de novembro de 2020

Construção modular: como se especializar para aderir às novas práticas do mercado

Construção modular: como se especializar para aderir às novas práticas do mercado

Embora a área de construção civil seja um tanto resistente à mudança, os sistemas construtivos estão em transformação mais intensa, nos últimos anos, devido ao surgimento de novas tecnologias e novos materiais, além das diferentes necessidades e dos valores que são atrelados às edificações no mundo atual.

É nesse cenário que está a construção modular, uma tendência que consiste em uma metodologia na qual os módulos são projetados e, em seguida, fabricados industrialmente, tendo a montagem como etapa final da obra.

Embora a lógica da construção modular pré-fabricada exista há muito tempo no âmbito da arquitetura e engenharia, o boom desse sistema construtivo é relativamente recente e tem a China como um expoente, cheio de cases de sucesso.

No Brasil, esse método — que alinha qualidade, agilidade e tecnologia — é uma tendência em crescimento, especialmente nas construções com estruturas em aço. No entanto, falta qualificação profissional para atuar no segmento, o que gera perda de oportunidades importantes.

Pensando em entender melhor o mercado em construção modular e auxiliar quem está em busca de sucesso profissional na área, elaboramos este artigo. Boa leitura!

Construção modular no Brasil e ao redor do mundo

O concreto, o aço, a madeira e outras matérias-primas podem ser utilizados na construção modular e pré-fabricada. Isso deixa ver um pouco sobre a versatilidade do sistema. Além disso, o setor comporta várias técnicas e possibilidades de acabamento, dando origem a diferentes estruturas e ambientes.

Como mencionado, a China é uma das especialistas no sistema de construção modular. Nas primeiras semanas de Covid-19, o país, mais uma vez, demonstrou expertise nesse segmento ao erguer, em dez dias, uma unidade hospitalar com capacidade para mil pacientes.

Antes, em 2015, outro projeto chinês que chamou a atenção foi a construção de um edifício chamado Mini Sky City, com 57 andares, 180.000 m², 800 apartamentos e escritórios gigantescos. Quatro painéis de vidro revestem o prédio, que foi erguido em apenas 19 dias.

Saindo da China, temos a empresa japonesa Toyota, que também trabalha com a construção modular. Destacamos os projetos residenciais que, além do design arrojado, evidenciam um ótimo domínio do lean construction e contam com excelente performance sísmica, um item fundamental em um país com tantos terremotos.

No Brasil, a modulação nos projetos construtivos também está crescendo e conta com empresas especializadas. São escolas, hotéis, restaurantes, cozinhas industriais, unidades hospitalares e muitos outros tipos de construções.

Recentemente, o time de futebol Vasco da Gama ganhou um novo centro de treinamento com infraestrutura completa, contendo sala de fisioterapia, academia etc., tudo feito com módulos habitacionais.

Ao contrário do que muita gente pensa, as construções modulares têm a mesma segurança e qualidade das construções em concreto armado e alvenaria.



Quais as vantagens da construção modular? 

De acordo com relatório da Data Bridge Market Research, a expectativa é que o mercado de construção modular alcance o valor estimado de US$ 191,36 bilhões até 2027. Podemos citar como fatores na base desse crescimento a preocupação com a sustentabilidade e a segurança do trabalho.

Vejamos alguns dos pontos benéficos da construção modular.

Integração com a metodologia BIM

Quando se fala em softwares e soluções atuais na área de engenharia, arquitetura e design de interiores, sem dúvida a tecnologia BIM domina os projetos. As construções em módulos podem ser desenvolvidas nesse domínio com eficácia, agregando otimizações importantes quanto às instalações e aos processos.

Mais sustentabilidade

O desenvolvimento de construções com módulos é preciso, passando pela etapa de fabricação industrial e de acordo com as especificidades do projeto. Assim, a geração de entulho e o desperdício de material são muito menores.

Além disso, tanto o processo construtivo (seco) quanto as construções em si podem ser mais eficientes no consumo de água e energia. É possível instalar painéis voltaicos e outras soluções green building com facilidade, o que diminui o impacto no meio ambiente.

Agilidade

A principal característica da construção modular é a rapidez (lean). Os módulos de uma edificação podem ser produzidos enquanto outras etapas da obra são realizadas, acelerando os processos. Ademais, já que parte da construção é realizada dentro das fábricas, a obra é menos impactada por intempéries.

Qualidade e controle

Esse método construtivo envolve linhas de montagem; portanto, há maior controle sobre recursos, custos da obra e modificações.

Vale mencionar também que, assim como as construções tradicionais, esse sistema obedece a padrões de qualidade rigorosos e normas de segurança.

Flexibilidade

Como mencionado, a construção modular pode exercer inúmeras funções, porém não é restrita quanto à personalização. Edificações fixas ou móveis, lojas, casas, espaços, grandes ou pequenos, luxuosos ou simples, há muitas possibilidades disponíveis. O profissional que tem conhecimento é capaz de entregar projetos de qualidade.



Pós-graduação é um diferencial importante para atuar nesse ramo

Especialização é um fator essencial para quem vai atuar com construção modular, porque isso implica desenvolver um arsenal tanto teórico quanto prático mais sólido. É um conhecimento que vai trazer práticas mais assertivas, mais criatividade e um olhar diferenciado sobre as possibilidades.

Tem-se, assim, um perfil profissional mais atualizado, valorizado pelo mercado, que pode escolher melhor suas oportunidades e que tem condições de entregar resultados de melhor qualidade, únicos e inovadores de verdade.

No IPOG, os profissionais interessados em dar um upgrade na carreira profissional têm a opção do MBA em Projeto e Construção de Estruturas Metálicas e de Madeira.

Uma formação completa em 12 disciplinas, com o que há de mais inovador na área, para atuar em diversas frentes. As aulas são remotas, ao vivo, pela internet, o que possibilita investir na formação com comodidade e segurança.

Se você quer avançar no seu plano de carreira, fale conosco e descubra mais detalhes sobre esse MBA.

Gostou deste artigo sobre construção modular? Descubra mais três títulos que podem interessar:

Conheça o MS Project: uma ferramenta de gestão de projetos capaz de otimizar processo

Ecodesign: conceito, técnicas, tendências e aplicações

Energia fotovoltaica para construções: como definir a viabilidade econômica

Artigos relacionados

O gerenciamento de projeto é o segredo de um bom designer A gestão de projeto é determinante para uma execução projetual bem feita e principalmente para obter uma diferenciação de mercado. O ato de gerenciar um projeto se trata de aplicar conhecimentos, habilidades e técnicas que visam garantir o sucesso do mesmo, en...
Lean Manufacturing: o que é, técnicas e usabilidade Responsável pelo sucesso de grandes empresas como 3M, Embraer e DELL, o modelo de gestão Lean Manufacturing mudou o jeito como indústrias passaram a produzir e pensar seus processos.  Também chamado de Sistema Toyota de Produção e Manufatura Enxuta, esse si...
A Engenharia não está em crise, afirma professor do IPOG O objetivo do Webinar Diferenciais críticos do profissional de Engenharia em tempos de mercado desafiador, realizado pelo IPOG no dia 25 de junho, foi mostrar como os diferenciais que o profissional apresenta e a sua preparação são cruciais para o seu desempen...

Sobre Assessoria de Comunicação

Equipe de produção de conteúdo.

Comentários